A avaliação da Fifa



A Copa do Mundo no Brasil será tão complicada quanto a da África do Sul. A avaliação é da Fifa, que fez visita oficial ao país agora em janeiro e até 2014 irá acompanhar mais de perto os preparativos para o próximo Mundial.

Apesar de ter coberto os sul-africanos de elogios, especialmente por ter faturado muito com o evento de 2010, enquanto os anfitriões tiveram dificuldades para fechar as contas, a Fifa avalia que a Copa passada ficou abaixo das expectativas. E que os brasileiros seguem o mesmo caminho.

Para a Fifa, os dois maiores problemas na África do Sul foram hotelaria em primeiro lugar e segurança em segundo. No Brasil, as duas maiores preocupações são aeroportos e hotelaria.

A cúpula da Fifa avalia que a situação aeroviária no Brasil é caótica e que não tende a melhorar até 2014. Também aponta como preocupante a falta de acomodações para turistas com diferentes orçamentos para a viagem.

Por outro lado considera positivos os projetos e as preparações dos estádios para 2014 e não se inquieta com segurança nem com o transporte dentro das cidades até porque o governo já anunciou que nas datas de jogos haverá feriado nas sedes que os abrigarem. Quanto à segurança lembra que em grandes eventos o Brasil sabe fazê-la bem.

Outra preocupação da Fifa diz respeito ao desencontro entre governo e Comitê Organizador Local. Jérôme Valcke, secretário-geral da entidade que dirige o futebol mundial, teria ficado chocado com o despreparo tanto de Aldo Rebelo, ministro do Esporte, quanto de Ronaldo, representante do COL, nas reuniões que tiveram na semana passada. E também com a falta de sintonia entre os dois.



MaisRecentes

Nova caminhada



Continue Lendo

O desabafo de Cuca (ainda)



Continue Lendo

As críticas de Cuca



Continue Lendo