Majórica



Li que na semana passada um incêndio destruiu a Majórica, tradicional churrascaria do Rio que ficava no Flamengo.

Inaugurada há cerca de ciquenta anos, era muito mais charmosa do que o Porcão, que virou reduto de jogadores e ponto turístico na cidade.

Nos dois anos em que vivi no Rio fui três vezes no local, sempre levado por bons amigos: os jornalistas Marcelo Barreto, Mario Magalhães e Teixeira Heizer, um dos pioneiros da TV brasileira.

Marcelo Barreto, gente finíssima, todos conhecem do Sportv, e Mario Magalhães se destacou na “Folha” como brilhante jornalista investigativo.

A boa notícia é que em breve sai pela Companhia das Letras a biografia que ele escreve há quase dez anos do militante comunista Carlos Marighella, que combateu a ditadura militar e acabou morto em 1969 em São Paulo.

A outra boa notícia é que parece que a Majórica será reconstruída. Espero que com o mesmo charme daquela que o fogo levou.

Boa semana a todos, João



  • Dani

    Oi João, bom dia pra você. Sabe que tem um filme muito bom sobre o Marighella lançado no ano passado? Foi feito pela sobrinha dele, Isa Grispum Ferraz. Vale ver. Não sabia do livro, boa dica também. Bjs. Dani

    • janca

      Sabia sim, Dani, embora confesse que não tenha visto. Vou esperar o livro. E se me engano o Mario Magalhães foi uma espécie de consultor informal do filme. Bom dia é ótima semana pra você também, João

      • Ricardo Lopes

        O Mário Magalhães é o ex-ombudsman da Folha? Se for é bom, gostava porque colocava o dedo na ferida, os outros eram mais nhenhenhém. Ele cobriu o caso do PC Farias também, Janca. A não ser que seja homônimo.

        • janca

          Isso mesmo, Mario Magalhães é o ex-ombudsman da “Folha”, ex-repórter especial e colunista do jornal, um jornalista competentíssimo. Escreveu um belo caderno sobre o João Havelange quando o brasileiro deixou a presidência da Fifa. Esse livro do Mario deve ser muito bom, muito informativo, ele escreve e pesquisa bem demais. Abs.

  • Marcelo

    No Rio o melhor ponto ainda mais para jornalistas é o Lamas. Conhece?

    • janca

      Não só para jornalistas. É sensacional, pelo menos era entre 2004 e 2006 quando eu volta e meia dava um pulo por lá. E também fica no Flamengo. Abs.

  • Marcelo

    Pra não fazerem confusão a churrascaria fica no BAIRRO do Flamengo, não no clube (hehe).

    • janca

      É isso aí _rs. Abs.

  • inFLAmante

    A Traffic tá fudendo com o Flamengo. O clube tá quites com o pagamento de todos os direitos do Ronaldinho Gaúcho, se a Traffic não pagou os dela não temos nada com isso. O que acha?

    • janca

      Putz, questão complicada, mas pelo que li tendo a ficar ao lado da direção do Flamengo nesta questão, embora Assis, irmão e procurador do jogador, e a própria Traffic tenham entendimentos diferentes. O Fla desrespeitou algum acordo do atleta com a Traffic e por isso o pagamento não foi efetuado? Se sim, a história muda de figura, mas compenso que estou acompanhando o caso à distância. Abs.

      • Ricardo Lopes

        Pelo que sei o Flamengo deve 1,5 milhão em luvas com três jogadores. Como tem dívidas com o elenco não tá tão bem administrado, tô certo? A bagunça é o Luxa incentivando os jogadores a reclamar e brigando com o Levy, que é vice de finanças. No futebol cada um no seu quadrado.

        • janca

          Pelo que sei deve luvas a cinco jogadores e isso não está certo. E bem administrado propriamente não está, a pré-temporada mostra isso com Luxemburgo brigando com o financeiro, jogador reclamando da diretoria… Abs.

  • inFLAmante

    E dessa vez o Luxemburgo tá certo em cobrar a diretoria. Jogador tem que jogar, mas diretoria tem que pagar o que deve.

    • janca

      A diretoria tem que pagar o que deve, sim, e se não tem condições deve estabelecer _ou já deveria ter feito_ uma espécie de teto salarial. Abs.

      • Ricardo Lopes

        O Luxa quer ser manager como sempre quis. Gosta de uma palavra em inglês. É metido. Não tem que incentivar rebelião interna se não gosta da diretoria. Se quer ser diretor seja logo e largue o cargo de técnico. Como técnico há muito não é a mesma coisa.

        • janca

          Concordo que o Luxemburgo às vezes extrapola suas funções, mas não acho errado questionar a diretoria se há atraso em pagamento de luvas a jogadores, por exemplo. Abs.

  • Claudio

    Mudando de pau pra porrete,na vida se perde tanta coisa boa,e as mas permacecem,spbre o seu artigo achei legal,porque as coisas ruins não são dizimadas com o fogo e ficamos a merce de gente despreparada,falo da diretoria do Flamengo,hj ta acontecendo uma coletiva do empresario do Thiago Neves e mais tarde da nossa presidenta..Ela esta vendo que as coisas não estão indo bem pra ele e agora ela aparece em publico,odeio a violencia mas como gostaria de estar presente nessa coletiva,fica em paz Janca.

    • janca

      Oi Claudio, é, a vida é tão curta e a gente perde tanta coisa boa, mas as memórias ficam… Entendo sua irritação com a diretoria do Flamengo, confesso que não acompanho o trabalho da Patrícia Amorim de perto, mas ela já deve estar se pronunciando na Gávea sobre o que se passou com o Thiago Neves e reclamando do empresário dele e do Fluminense. A situação financeira do Flamengo não anda aquelas coisas, ela já pegou o bonde andando, não quero defendê-la, mas o Flamengo não é o único time com dificuldades para se reforçar ou às vezes até para manter seus principais jogadores. Confesso que achava que o Thiago Neves ficaria no Fla… Abração e fique em paz, Claudio, o futebol é cíclico. E tem Libertadores logo mais. Janca

MaisRecentes

A mágoa de Ceni



Continue Lendo

Alerta a Raí



Continue Lendo

Os erros do Verdão



Continue Lendo