A disputa pelas seleções



Os estados brasileiros seguem com campanha para atrair as principais seleções que deverão estar na Copa de 2014.

A mais cobiçada é a Espanha, atual campeã mundial, que já foi procurada por Bahia, Ceará, Pernambuco, Minas Gerais, São Paulo, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte e Rio Grande do Sul.

Os espanhóis, no entanto, mostraram interesse em ficar concentrados em Santos, o que voltou a ser manifestado durante o Mundial de Clubes no Japão.

A Itália pretende ficar em São Paulo e tem mantido contato com a direção palmeirense, mas também tem sido muito assediada pelos paranaenses.

O São Paulo, que investiu forte no CT de Cotia, não é opção oficial para a Copa do Mundo devido a divergências com os organizadores, mas já foi procurado por seis seleções, entre elas a França e a Inglaterra.

Os países escandinavos _Dinamarca, Noruega e Suécia_ receberam sondagens de seis estados, inclusive de alguns que não terão jogos da Copa, como Alagoas e Espírito Santo, o mesmo acontecendo com Portugal, que tem sido muito procurado por Natal e Recife.

Recife, aliás, reforçou na semana passada o convite para receber os holandeses, que estudam ficar por lá se se classificarem para o Mundial.

Os alemães têm convite de catarinenses, gaúchos e paranaenses.

O Brasil estuda ficar em Minas, no Rio ou em São Paulo, usando as instalações do Corinthians. A ideia iniciar era manter a concentração no Rio, mas não foi batido o martelo até porque a seleção corre o risco de não jogar para os cariocas caso não vá à final do Mundial.

Enfim, essa corrida promete…



MaisRecentes

Lucas Lima abalado



Continue Lendo

Rodriguinho fora?



Continue Lendo

A aposta do Santos



Continue Lendo