Hotel-contêiner para Copa



De olho na Copa do Mundo, grupos de empresários estudam a construção de hotéis-contêineres nas 12 cidades-sede.

Os dois primeiros serão em São Paulo e Recife, o terceiro no Rio, o quarto em Fortaleza. Em seguida, Porto Alegre e Salvador, mais adiante, a vez das demais sedes.

O preço de cada hotel, cujo número de quartos deverá variar de 80 a 140, é estimado em 7,5 milhões de reais, sendo que o tempo de construção não passa de seis meses.

Utilizando conceitos de sustentabilidade, os hotéis-contêineres são uma opção aos hostels _ou albergues da juventude_ que começaram a ganhar espaço em São Paulo e no Rio, atingindo um público que não quer pagar tão caro por uma noite. O preço da diária por casal não deve ultrapassar os 140 reais, ficando abaixo dos chamados hotéis três estrelas.

Com a Copa de 2014, a ideia é atingir torcedores e viajantes europeus e brasileiros que estejam mais preocupados com o evento e os jogos do que com o conforto propriamente dito.

Se der certo no Mundial, novas unidades deverão ser construídas para atrair mais e mais turistas. Brasileiros ou não.



MaisRecentes

Nova caminhada



Continue Lendo

O desabafo de Cuca (ainda)



Continue Lendo

As críticas de Cuca



Continue Lendo