Hotel-contêiner para Copa



De olho na Copa do Mundo, grupos de empresários estudam a construção de hotéis-contêineres nas 12 cidades-sede.

Os dois primeiros serão em São Paulo e Recife, o terceiro no Rio, o quarto em Fortaleza. Em seguida, Porto Alegre e Salvador, mais adiante, a vez das demais sedes.

O preço de cada hotel, cujo número de quartos deverá variar de 80 a 140, é estimado em 7,5 milhões de reais, sendo que o tempo de construção não passa de seis meses.

Utilizando conceitos de sustentabilidade, os hotéis-contêineres são uma opção aos hostels _ou albergues da juventude_ que começaram a ganhar espaço em São Paulo e no Rio, atingindo um público que não quer pagar tão caro por uma noite. O preço da diária por casal não deve ultrapassar os 140 reais, ficando abaixo dos chamados hotéis três estrelas.

Com a Copa de 2014, a ideia é atingir torcedores e viajantes europeus e brasileiros que estejam mais preocupados com o evento e os jogos do que com o conforto propriamente dito.

Se der certo no Mundial, novas unidades deverão ser construídas para atrair mais e mais turistas. Brasileiros ou não.



  • Rodrigo

    Tá aí uma coisa positiva para a Copa. Se o Brasil investir em projetos economica e ecologicamente sustentáveis pode gerar emprego e aumentar o turismo interno e externo. Ficar em hotel hoje tá muito caro. Moro em Minas, quando tenho que ir a SP ou RJ gasto muito mais que 140 mangos por dia. Não sei se você fala em quarto individual ou duplo, mas mais em conta do que a média. Mais barato até que hotel duas estrelas, Janca

    • janca

      Em tese a Copa tem muito a contribuir para o Brasil e até por isso sempre fui favorável à sua realização por essas bandas daqui. O problema é como ela tem sido conduzida pelas autoridades, sejam elas do governo, sejam elas da CBF ou do COL. Abs.

      • janca

        Ah! Sobre o preço, Rodrigo, não passaria de 140 reais o quarto duplo. Era a ele que me referia. Grande abraço, Janca

  • Dutra

    Se a Copa gerar boas idéias será um ganho. Poderíamos pensar em coisas assim para moradias populares. Muita gente desabrigada por causa das enchentes. Abs. A. Dutra

    • janca

      Em relação à possibilidade de gerar boas ideias, sim, mas repito que o grande nó é a falta de planejamento para um evento que há mais de quatro anos sabemos oficialmente que será no Brasil. E no tocante a moradias populares há muita gente sem um teto não apenas por causa das enchentes. Se todo dinheiro desviado pela (ou para a) corrupção tivesse sido investido em habitação popular, educação, saúde e mobilidade urbana seríamos hoje um país muito melhor. Abs.

      • Paulo

        Tem uma ONG muito boa que trabalha com isso. Um Teto para Meu País. ONG chilena que chegou ao Brasil. Vale conhecer o trabalho deles.

  • Leandro

    Lamentável, Janca!
    A idéia é boa, mas não passa de gambiarra, pra variar. Até quando vamos tapar o sol com a peneira?
    Sabe o que é que pega? Por mais competente que seja o individuo, seu tempo, seja ele quem for, é um só, e fazer coisa errada da muito, mas muito trabalho, então consome muito tempo, ai não sobra tempo nem pra pensar no que realmente deveria ser feito. Lamentável… Continuo achando que não será positiva essa copa para nós.
    Abraço, e vamos continuar de olho!!!

    • janca

      É, Leandro, infelizmente do jeito que as coisas estão ainda a Copa para a gente pode ser um desastre. Mas se fossem conduzidas de outro jeito _e apesar de faltar pouco tempo para o Mundial, caso ainda sejam, o que duvido_ a história poderia/poderá ser outra. Abração pra você, Janca

    • nilú

      Oi Leandro, Janca

      Pois é Leandro, da maneira como as coisas estão correndo por aqui, tenho que concordar com vc, não tenho muita certeza se essa Copa trará mais coisas positivas do que negativas, mas, vamos que vamos, agora não é mais possível retroceder, eu acho?
      E a idéia desses hotéis-contêineres pode ser um boa alternativa para acomodações menos custosas, aqui perto de casa, fizeram um bar assim, eu nunca fui, mas é bem interessante, foi feito rapidamente e é até agradável aos olhos, a única que deve ser levada em conta, é a escolha , e a localização dos terrenos onde serão montados, porque é isso, são literalmente montados, tipo “LEGO”.
      Torço que encontrem as melhores maneiras para a realização dessa Copa, e que nossos bolsos, sejam um pouco , pelo menos, poupados!! Boa tarde de sexta, muito quente pro meu gosto_rs. Nilú

      • janca

        Oi Nilú, também vejo como boa alternativa, mas a escolha dos terrenos e a localização são itens importantes. Não mexendo em nossos bolsos e fazendo um trabalho legal, não sou contra os hotéis-contêineres, não. Como não sou contra arquibancadas removíveis, o pior é deixar elefantes brancos. Bom final de tarde pra você também, com ou sem calor, João

  • Carlos

    Nada a ver isso mostra o quanto nos falta em condições para realizarmos um evento desse porte é lamentavel nem na Africa isso foi feito agora querem literalmente tapar o sol com a peneira. Quem não tem competencia não se estabelece.

    • janca

      De fato falta muita coisa. Em termos de infraestrutura estamos atrasados pacas, mas não acho que isso inviablize ideias como a de construção de estruturas provisórias. Nos estádios dos Estados Unidos isso foi feito _no caso arquibancadas móveis_ em 1994. Abs. Janca

  • Fernando

    Péssima idéia, vejo como um improviso, como tudo no Brasil, Aéroportos precários, transitos precários, planejamento precários, construir estádios em locais sem infra-estrutura leva a empresarios pensarem e projetarem essas besteiras.

    • janca

      À primeira vista parece improviso, sim, mas acho que soluções diferentes e inusitadas podem ser interessantes, inclusive para oferecer preços mais camaradas, digamos assim. Como a ideia dos hostels que têm feito sucesso em São Paulo e no Rio também. Abração, Janca

  • Maurovski

    Bom dia, Janca e a todos. Acho que é uma boa ideia sim, ainda mais com o conceito de sustentabilidade. Vi umas fotos e eles são bem interessantes. Aqui em Fortaleza, segundo estudos do Governo, não teremos falta de quartos para a Copa, porém, alguns desses leitos ainda estão em construção ou são projetos. Quem sabe tem um destes incluído? O melhor desta novidade é o seu tempo de conclusão, já que aqui todas as obras para a Copa, exceto o Castelão, estão atrasadas ou nem saíram do papel, isso não deixa de ser uma boa notícia. Abraços!!!

    • janca

      Boa tarde, Maurovski. Sabe que também vejo como boa notícia? É que diante de tanta coisa ruim ligada à Copa, qualquer coisa que apareça as pessoas tendem a ver com um pé atrás. E é ótimo saber que em Fortaleza não deverá haver falta de quartos para a Copa. Em São Paulo e no Rio a questão da hotelaria anda bem complicada. E como você colocou sendo dentro dos conceitos de sustentabilidade melhor ainda, né? Abração pra você, Janca

  • Felipe Ribeiro

    Também não vejo a ideia como “gambiarra”, acho algo até inovador e, como dito pelo blogueiro, uma ótima opção para quem não tem grana para gastar com os hoteis por aqui. Até porque não é algo organizado pelo governo e sim pela iniciativa privada. Mas claro que não é solução para a falta de quartos nas cidades-sede.

    Valeu João, seu blog é muito legal, especialmente pelo fato de que você responde aos comentários, o que é a essência dos blogs e que foi perdido com o tempo. Poucos fazem isso hoje em dia.

    Abs

    • janca

      Também vejo assim, Felipe, não como uma “gambiarra”. Valeu pelo elogio, sempre que possível tento responder os comentários, sim, mas no meu caso é um pouco mais fácil porque não são tantos comentando assim… Quando entra muita gente complica, ainda mais se entra uma turma que começa a se agredir e a me agredir, às vezes a coisa fica tensa _rs. Abração pra você, Felipe, Janca

      • Fernando

        Vejo sim como uma tremenda gambiara. e no Brasil tudo começa ou pelo menos o discurso é de iniciativa privada, mas quando os projentos passam a ser desenvolvidos o que vimos é, que quem paga a conta é sempre o povo, o melhor exemplo é a construção do Estadio em São Paulo.
        Antes iniciativa privada e agora meu imposto passou a ser utilizado.

        • janca

          Sobre a questão dos estádios, Fernando, você tem todo o direito de reclamar. Mas em relaçã a esses hotéis-contêineres não sei o porquê. Entendo que possa parecer improviso, mas talvez seja só a aparência. E que eu saiba não terá um centavo de dinheiro público, diferentemente do que acontece com os estádios, inclusive o Fielzão, que o Corinthians ganhou de presente com o dinheiro de todos nós. Antes da Copa o Ricardo Teixeira dizia que não haveria um centavo de dinheiro público em arenas privadas, quando só se vê dinheiro público… Inclusive o Maracanã, reconstruído que está sendo com recursos do governo do Rio, antes mesmo de ser reinaugurado deve ser cedido para a iniciativa privada, o que considero uma pena. Ao governo _e aos contribuintes_ o ônus, a um grupo pequeno, o bônus. Aí não dá. Abração, Janca

  • CADA VES QUE NOSSOS POLITICOS ENTRAM NA PARADA SO SAI MERDA NE OU ROUBALHEIRA EU TAL DE DINHEIRO NA CUECA EO PAIS NAO TOMA JEITO O QUE DEVEMOS FASER PARA ACABAR COM ISTO SERA QUE ESTES CARAS NAO DEUS NO CORAÇAO PRA QUE TANTO DINHEIRO PRA IR PRO INFERNO SERA QUE PENSAM QUE LA SE COMPRA ALGUMA COISA VAO SE QUEIMAR TODO

    • Ademir Santino de Lima

      Só vai acabar quando o perceber que tem a força, não a força do voto, pois o voto ta tão corrompido quanto os nossos políticos(sem exceção). Mas, sabendo usar a inteligencia e denunciando irregularidades que a toda se apresentam como o caso do desvio de verba do desastre da serra, cidade da música, obra do Maracanâ e tantas outras falcatruas…

      • janca

        É, Ademir, mas até acho que irregularidades têm sido denunciadas, o que há é uma sensação de que nada é feito após as denúncias… Veja o Pan, que foi um escândalo em termos de orçamento estourado e de legado deixado _quase nenhum_, não é que a história parece se repetir agora com a Copa e a Olimpíada de 2016? Abs.

  • Fogão sadio

    agora vai heheheh, era o q faltava p/ a copa/2014 ser um “sucesso” hehhehe

    • janca

      Risos. Claro que não será um (ou 12) hotel-contêiner que fará da Copa um “sucesso”, mas continuo vendo com bons olhos a iniciativa, ainda mais estando dentro dos conceitos de sustentabilidade, Fogão. Abs. Janca

  • Rodrigo

    Fala moçada

    Esse negócio do hotel é algo inteligente. Não há porque montar uma estrutura fixa sendo que a Copa vai durar um mês, iria sobrar um monte de quarto vazio. A primeira vista pensei que seriam dentro do navio, que acho que seria até bem legal (sou meio bicho-grilo, hehe). É o mesmo problema de se ter um estádio em Cuiabá, por exemplo. Até pode ter o estádio, mas as arquibancadas deveriam ser móveis, pra reduzir o custo de construção e manutenção. Quanto a Copa trazer ou não algo de bom, não culpe a Copa. Há 500 anos somos surrupiados, a culpa não é da Copa. Falta de planejamento não é característica da Copa e da Olimpíada, basta ver que no ano passado morreu um monte de gente pq choveu na encosta fluminense e, pasmem, um ano depois as coisas se repetem: pessoas continuam morrendo pq cai água do céu. Um absurdo! Veja então o que tá acontecendo na Cracolândia que, mesmo com prós e contras, percebe-se ausência de visão de médio e até curto prazo.
    A Copa apenas trouxe a incompetência e a ganância para um assunto que estamos mais familiarizados, que é o futebol.
    abraço!

    • janca

      Pô, Rodrigo, você conseguiu colocar no “papel” exatamente o que penso. Também acho um negócio inteligente e interessante isso do hotel-contêiner. E é para pessoas descoladas (pessoal “bicho-grilo” _rs) como você. Abração e um ótimo final de semana, Janca

  • jean casanova

    JANCA, EM QUE ANO E A QUAL CARGO VC PRETENDE SE CANDIDATAR? VC É MTO MORDE E ASSOPRA, E PARECE QUERER FICAR BEM COM TODOS OS INTERNAUTAS. PERCA UM TEMPO E DE UMA LIDA EM SUAS RESPOSTAS E VEJA COMO TI PULA DE GALHO EM GALHO. DECIDA, POR EXEMPLO EM RELAÇÃO A ESSES HOTEIS CONTEINERS: É CONTRA OU A FAVOR E PRONTO, MAS OU É OU NÃO É E PARA DE FICAR COM NHENHENHE…

    • janca

      É óbvio que sou a favor. Mas entendo que há gente que não tem capacidade de entender minha posição. Não preciso gritar ou escrever em maiúsculas para mostrar o que penso. Boas intermediações pra você, Janca

  • Marcelo

    Não conhecia esta possibilidade, achei uma ótima ideia e logo pensei: por que não utilizar esta inovação para abrigar as vítimas da região serrana do Rio de Janeiro (do ano passado), que até hoje sofrem sem ter onde morar.

    • roberto

      Você acha que vão acabar com as tragedias para decretarem estado de emergência e todos ficarem felizes .

  • roberto

    Solução para quartos de hoteis são várias como : Casinha nas árvores; Quartos em casa de família . Areia da praia com barracas; Debaixo de pontes; Banco de praças; Banquetas de botecos e etc.

  • sandrofla

    Janca, sinceramente não sei se após a copa vão dar continuidade ao projeto. Haviam tantas boas soluções para o Panamericano e ao final todas sumiram. O próprio Engenhão quase desmontou como umbrinquedo Lego!

    • janca

      Mas aí há uma diferença. O Engenhão foi feito com dinheiro público, custou uma fortuna aos contribuintes e o Estado depois repassou para o Botafogo, que ganhou um presente. No caso dos contêineres ou dos hotéis, digamos assim, não seria assim. Não haveria dinheiro público. E os investidores têm que ter tino comercial para saber se continuarão viáveis depois. Acredito que sim, pois os hostels em SP e no Rio de que tanto ouço falar parece que estão indo bem. Abração pra você, bom sábado, Janca

  • guilherme

    poxa, que má vontade de um pessoal… primeiro, eu sou totalmente contra a copa do mundo… ela poderia trazer benefícios para o país que é sede? Sim. Mas se eu reformular a frase para: Ela pode trazer benefícios para o Brasil? A minha resposta é não. Em um país desenvolvido com uma população mais honesta e menos egoísta, ela deve trazer diversos benefícios mesmo. Mas para o Brasil, um país com uma população corrupta, onde os políticos são apenas o reflexo da população, ela só serve como combustível para os corruptos. Acho que um país só pode promover uma copa depois de ter suas obrigações básicas cumpridas (saúde, segurança, educação, etc), depois que tudo isso estiver aceitável, pode gastar dinheiro com um evento esportivo. Se um país precisa de uma copa como incentivo para que projetos públicos sejam realizados, é a primeira prova que ele não tem condições e, muito menos prioridade, em ser sede. O incentivo para a realização deste s projetos devem vir da população, afinal, um governo nada mais é que um grupo de pessoas que realizam ações buscando a melhoria da população que ali vive… se isso não ocorre aqui, é por causa da nossa população. Fora que a FIFA é uma das instituições mais corruptas, ou seja, só juntaram a fome com a vontade de comer… país corrupto, com uma instituição tão corrupta quanto… onde a população sai ganhando?? Ela ganha por obras e projetos que estão custando 300 vezes mais do que deveriam? Isso se realmente saírem do papel. Estadio público para copa?? Deveria ser proibido. A iniciativa privada que deveria construir. Dinheiro público é para ações e obras para o bem da população, não para estádio… enfim, teria um monte de coisas para falar que não cabem aqui… mas voltando ao início, mesmo com tudo isso, acho que as pessoas misturam. A ideia destes hoteis é ótima. É um projeto de empresários, eles viram uma oportunidade, não tem dinheiro público. Não estão tapando o sol com a peneira, estão visando uma oportunidade. Tapar o sol com a peneira é fazer essas gambiarras no asfalto, é dar bolsa família, entre outras tantas coisas que o GOVERNO faz… os empresários investem onde acham que terão retorno, e realmente acho um ótimo nicho e carente, ainda mais num país com uma população tão pobre como a nossa.

    • janca

      Penso como você, Guilherme, as pessoas confundem as coisas. Uma coisa é a ideia destes hotéis, que também vejo como uma ótima iniciativa e sem dinheiro público. Outra é a infraestrutura geral para a Copa _mobilidade urbana, aeroportos e estádios, por exemplo_ que anda de mal a pior. Deixando tudo para a última hora os preços vão explodir como já estão explodindo. Vão às alturas e nós pagamos por isso. Dinheiro público deveria ser para saúde, educação, mobilidade urbana, não para estádios particulares ou que depois passem à gestão privada. Apesar dos pesares, grande sábado pra você, abração, Janca

  • Luís Carlos

    A ideia é boa, mas pelo menos os estrangeiros mochileiros, preferem acampar. E no Brasil não existe essa cultura. Seria conveniente alguém pensar nisso também.

    • janca

      Mas tem muito brasileiro que usa hostels na Europa ou mesmo quando viaja pelo Brasil… Abs.

  • rodrigo

    Esse grupo de empresários , vc os representam ? trabalha com isso ? Qual o seu negócio nesta idéia do hotel container ? Estamos com um projeto deste para BH, gostaria de conversar mais um pouco sobre o mercado, montagem, etc. podemos ?

    • janca

      Não. Não tenho projeto nenhum nessa área e nem pretendo ter. Apenas noticiei o que pode ser uma tendência do mercado, assim como a questão dos “hostels” ou albergues da juventude.

MaisRecentes

Del Nero apoia Doria-18



Continue Lendo

A dívida do Verdão



Continue Lendo

O clima para Rodrigo Caio



Continue Lendo