Judiciário



Muito tem se falado das falhas do Executivo e do Legislativo, agora entrou em foco também o Judiciário, o que é bom, pois apresenta uma série de irregularidades tanto que o Conselho Nacional de Justiça (CNJ) resolveu investigar o Tribunal de Justiça de São Paulo e ensaiava fazer o mesmo com outros espalhados pelo país.

Por corporativismo e por conta de uma liminar de associação que não quer ver o trabalho levado adiante, teve que interromper o processo.

Não discuto se foi certo ou não alguns juízes terem recebido privilégios a que teriam direito antes de outros, alguns em parcelas, uma minoria de uma vez só, tendo levado vantagem sobre os demais.

Discuto o passivo trabalhista, que é dos anos 90, e não entendo o porquê de juízes aposentados terem de receber auxílio-moradia se não atuam mais em tribunais e moram em casa própria. O mesmo vale para desembargadores que não atuam fora de suas cidades e têm moradia própria, diferentemente do Legislativo, que exige a ida ao Distrito Federal de deputados federais e senadores.

Mas muita coisa não dá para entende. Vivemos um teatro do absurdo.

Quantas vezes Ricardo Teixeira não presenteou juízes que poderiam julgar ações ligadas à CBF a jogos da seleção, aqui e no exterior?

Conheço alguém que “virou” sócio de uma empresa sem saber e começou a responder por processos ligados à mesma que datam de quase duas décadas… Só foi chamado a se defender passados mais de dez anos… Até pagam eventuais passivos _que nem sei se são justos_ para ele não ter que desembolsar um centavo, mas e a dor de cabeça? Os prejuízos morais? O dano à saúde?

Remete-me a um livro que já citei de Mário Prata, “Os Viúvos”, seu segundo romance policial e uma forma de colocar para fora a ira contra a Justiça que não faz justiça e não analisa cada caso como deveria.

Remete-me também às obras de Franz Kafka (1883 – 1924), que atacava com fina ironia o sistema burocrático e as mazelas e injustiças da vida no início do século passado. Sistema que permanece aí até hoje e tem de ser atacado. Embora lutar contra às vezes canse…



MaisRecentes

Elogios a Felipão



Continue Lendo

Os rivais do São Paulo



Continue Lendo

O discurso de Tite



Continue Lendo