Erudição…



Ao ler um livro de psicologia para um curso que faço, veio-me à cabeça que há gente que parece ter necessidade de escrever ou falar de maneira complicada apenas para mostrar erudição. O resultado é que acaba tendo dificuldade para chegar a seu interlocutor. Para que simplificar se podemos complicar?

Fico no exemplo da obra que acabo de ler. O próprio subtítulo mostra que é para poucos. Se para bons, não sei (rs)… Diz ele: “Uma Análise Epistemológica e Hermenêutica da Prática Clínica”.

Poderia dar centenas de exemplos, vou ficar apenas em um.

Página que abro agora por acaso traz o seguinte: “Chiari e Nuzzo, interessadas em favorecer a conversação sobre as ideias construtivistas e construcionistas sociais, elaboraram uma sistematização, dentro do que se poderia chamar de construtivismos psicológicos, justapondo definições de diferentes autores, procurando estabelecer uma diferenciação metateórica, e adotando como critério de diferenciação a relação entre conhecimento/realidade.”

Penso nisso lembrando não apenas de campos como o da psicologia, sociologia, filosofia e afins, mas também o do mundo do futebol.

Muitos técnicos agem como um Rolando Lero ou Conselheiro Acácio, aquele personagem de “O Primo Basílio”, de Eça de Queirós, usado pelo brilhante escritor para caçoar da “intelectualidade” portuguesa, que vivia na mediocridade. Falam, falam, falam e não dizem nada. Tentam usar palavras complicadas para esconder suas fraquezas. Acham que enrolam e de fato enrolam. Mais eles próprios do que os outros.

Isso já aconteceu em 1990 com Sebastião Lazaroni, aconteceu em 2011 com Mano Menezes. Que deveria repensar a postura e sair de um suposto academicismo. O futebol, como a psicologia, é para a sociedade, não para um grupo fechado que se acha detentor da verdade e do poder, mesmo que não vá dizer isso claramente. Mas nas entrelinhas…

A erudição, por mais que pareça, é simples. Não complexa. Enfim, um bom dia a todos, João



MaisRecentes

Nova caminhada



Continue Lendo

O desabafo de Cuca (ainda)



Continue Lendo

As críticas de Cuca



Continue Lendo