Roberto Szidon



Fui surpreendido com a notícia de que morreu no último dia 21, na Alemanha, o pianista brasileiro Roberto Szidon.

Não por ser véspera de Natal, data mais associada ao consumismo desenfreado da sociedade capitalista do que a qualquer outra coisa, prefiro falar dele a falar de Ricardo Teixeira, sobre quem não tenho novas informações e segue sendo apertado aqui e acolá. Inclusive pelo “Jornal Nacional”, o único programa que dizia temer, embora (ou talvez também por isso) agora tente se reaproximar da Record.

Conheci Szidon no final dos anos 70, início dos anos 80, quando ainda garoto vi uma apresentação sua no Festival de Inverno de Campos do Jordão.

Tenho duas gravações dele, uma das quais ouvi dias antes de saber de sua morte. Uma traz obras de Franz Liszt, a outra, de Aleksandr Scriábin.

Radicado na Alemanha desde o final dos anos 60, Szidon há muito tempo mal era mencionado no Brasil, país que se esquece de seus artistas em vida. E na morte. País que fala sempre dos mesmos e deixou de lado um Szidon, como já deixara de lado uma Yara Bernette, dama do piano brasileiro que fez brilhante carreira internacional, tendo se “exilado” por anos e anos também na Alemanha onde hoje ainda é lembrada. Inclusive pelo brilhante trabalho acadêmico que fez, formando leva de alunos que seguem aí, na ativa. Vivos e fortes.

Boas festas a todos, João



  • Dani

    Oi João, de preferência com pouco consumismo (hehe) um feliz Natal pra você e pra todos aqueles que mais assiduamente escrevem no seu blog, como Nilú, Lily, Johannes, Maltrapa e não partem pra baixaria, né? Porque o que as pessoas brigam quando o assunto é futebol não está escrito nem aqui nem na China, João. Não conhecia o Szidon, mas vou ver se encontro uma obra dele. Os músicos se eternizam por seus trabalhos e podem nos acalentar por anos e anos com as gravações que deixaram. Mas como o Brasil esquece mesmo de seus artistas, né? No máximo um obituário aqui e depois a volta ao ostracismo. Nós, do público, podemos mantê-los vivos escutando, quando quisermos, suas gravações. Um beijo pra você, Dani

    • janca

      Oi Dani, boas festas pra você também e pra todos os que frequentaram e frequentam o blog, com ou sem baixaria _rs. De preferência, sem… Sobre o Szidon, foi um grande músico, sim, e espero que as obras dele fiquem acessíveis ao público brasileiro porque o que há de obras perdidas de pianistas brasileiros da geração anterior à dele não está escrito. João

      • Lily Martins

        Boas festas pra você também, João. E pra você, Dani, tudo de bom. Gosto muito do Natal, mesmo tendo virado o que virou, tento pensar em outros tipos de presente. Daqueles que não custam dinheiro. Bjs. pra vocês todos, Dani

        • Johannes

          Penso sempre no Natal como um oportunidade de abraçar pessoas queridas e manifestar meu apreço por elas, é uma época que gosto, pois apesar do consumismo, as famílias acabam se reunindo e compartilhando seu tempo, coisa muitas vezes raras durante o resto do ano e, assim vou bem na linha do que disse a Lily. Portanto meu abraço a todos e desejo um Feliz Natal.

          • janca

            Obrigado pela mensagem e pelos votos de um feliz Natal, Lily e Johannes. Desejo o melhor pra vocês também. Grande abraço, consumismo de lado (rs), João

  • Barcelusa 2012

    Oi Janca. Feliz Natal pra você e continue dando notícias da Lusa. O Paulista vem aí e 2012 será nosso como foi 2011. Ganhamos à Série B, voltamos pra A (a Lusa), e batemos o Santos na final do Mundial (o Barça). Abraços do Barcelusa 2012

    • janca

      Obrigado, Barcelusa, bom Natal pra você também e que a Lusa em 2012 fique mais pra Barça do que pra Santos. Abração, Janca

  • Fernando Pacheco e Silva

    Enorme satisfação a minha de ler bonita homenagem e eterna lembrança a um dos melhores músicos deste país. Em blog de esporte. Um abraço afetuoso com o respeito e a admiração de Fernando Pacheco e Silva, amante de música (dita) erudita, ou clássica, como queiram. Parabéns meu caro Janca

  • Fernando Pacheco e Silva

    Com seu exemplo mostra que o Brasil não é só o país do futebol, como acham muitos por aí. Muito pelo contrário. Feliz Natal a todos, Fernando Pacheco e Silva, 72 anos, Curitiba (PR)

    • janca

      Com certeza, Fernando. Obrigado pela mensagem e um ótimo Natal pra você também, Janca

MaisRecentes

Os estádios do Santos



Continue Lendo

Defesa do Palmeiras



Continue Lendo

Grupo rachado



Continue Lendo