Arena Corinthians ou…



… Fielzão, Itaquerão e afins?

Alguns torcedores do Corinthians ficam indignados quando nos referimos ao futuro estádio em Itaquera por apelidos. Dizem que isso vai atrapalhar na hora de negociar os famosos “naming rights”, venda do nome da arena para alguma multinacional…

Mas o que a imprensa tem com isso? Tem que ajudar o Corinthians e não dar nome ou apelido a seu estádio? Mesmo quando (e se) vender o nome para alguma marca de cerveja, banco ou o que for, muita gente continuará se referindo ao estádio como Itaquerão, Fielzão, o que for… E não me refiro só à imprensa, mas ao torcedor também. Vejo pouco torcedor dizendo “Arena Corinthians”…

E acho que será bom assim, chamar o estádio por um apelido, aproxima a galera da arena.

O Atlético-PR vendeu o nome de seu estádio que até hoje segue conhecido como Arena da Baixada. Mesmo que os nomes oficiais sejam outros, caso de Mário Filho para o Maracanã.

Mário Filho foi um sujeito importantíssimo na história do Brasil, baita jornalista esportivo, dá nome ao estádio, mas é de Maracanã que o chamam. E acho bom que seja assim. O povo escolhe.

Eu, particularmente, prefiro Maraca a chamar o estádio do Rio pelo nome de alguma empresa, seja ela qual for.



  • Cássio

    Não cabe à imprensa chamar o Itaquerão de Arena Corinthians só pra ajudar a vender o estádio prum Itaú ou uma Brahma da vida. Alguém chamaria o estádio de Arena Itaú-Corinthians, Arena Brahma-Timão? Não pega. Naming right é balela. Tanto que até o nome vem em inglês, como se fosse coisa de bacana.

    • Handel

      O antigo estadio do palmeiras foi chamado de “Parque Antártica” por muito tempo. Desde que seja feito um trabalho bem feito em cima da divulgação do nome ele pega sim.

  • janca

    Concordo contigo, Cássio. Abs.

  • Oi, Janca! Como você sabe, sou totalmente contrário a esta prática (http://oantropolicomaltrapilho.blogspot.com/2011/09/manifesto-ao-torcedor-pela-memoria-do.html), mas não consigo deixar de rir ao imaginar a galera falando Itaquerão enquanto as tv’s, por obrigação contratual ou por interesses próprios, terão de se referir ao estádio sempre pelo nome gringo – alguém vai estar errado nesta parada; e não será o povo…

    Abração,

    O Maltrapa

    • janca

      É, mas sabe que acho que mesmo a imprensa ficará constrangida se “tiver” que se referir ao estádio com o nome do parceiro? Uma vez ou outra como informação, ok, mas o nome mesmo será o que o povo falar. Como aconteceu no Paraná com o Atlético e como acontece com os maiores estádios do país. Só irmos para Minas e lá temos… o Mineirão. O Maraca é Maraca e ponto final. Nessas horas nem o dinheiro _espero_ fala mais alto. Abração procê, Janca

      • Ricardo

        Comentei no post seguinte, João, não sei se você vai ver essa minha resposta aqui, fico na esperança que sim. Acho que são duas questões diferentes. O manifesto do Maltrapa (não conhecia seu blog, entrei para dar uma olhada e achei bem interessante e profundo) é válido. Trocar o nome de Mané Garrincha, que como ser humano foi melhor que Pelé e como jogador tão bom quanto, ganhou sozinho uma Copa pra gente, pelo de uma empresa não é uma iniciativa que apoio. O que pondero é que, a partir do instante em que isso ocorrer, a empresa passa a ser dona do estádio. Passo seguinte: todos são obrigados a chamar o estádio pelo seu novo nome, seja ele qual for. Panetone Balducco. Se for, fazer o quê? Se a empresa pagou, pagou e tem que levar o que comprou. Imprensa será obrigada a chamar o estádio pelo seu nome. Um abraço para vocês, Ricardo

        • Ricardo

          Para ficar no caso do Corinthians, como o estádio ainda não tem nome acho justa a reivindicação dos torcedores de chamá-lo provisoriamente de Arena Corinthians. Assim vocês nao prejudicam futura negociação. Seria mais justo deixar de lado apelidos como Fielzão ou Itaquerão antes que peguem e prejudiquem futuro comprador e o próprio Corinthians. No caso de Brasília, como o estádio é público (Maltrapa pode informar melhor), seria prejudicar as receitas do governo, que arrecadando mais ao vender o nome do estádio (aqui estou vendo por um outro lado) poderia investir em educação e saúde. Ajudando o povo. Mas seu manifestou é justo porque mudando de nome deixaram de homenagear Garrincha, que vi jogar e de quem sou fã. Não número um porque número um somos quase todos nós. Um abraço para vocês, Ricardo (desculpem minha forma formal de escrever, mas sou das antigas)

          • Fico

            É das antigas e ultrapassado. Muito cheio de regras. Como te disse num comentário anterior (no post sobre o Pacaembu) ninguém é obrigado a nada. Já chega o que o Corinthians ganhou de dinheiro público pra construir um estádio, barbaridade, ainda temos que ajudá-lo a vender naming rights? Vc. ta de brincadeira conosco.

          • Caro Ricardo, vou ficar do seu lado para empatar esta partida. Acho injustificável a agressividade gratuita, como a demonstrada pelo Fico. Desculpe fugir ao tema, mas está se tornando impossível apresentar um ponto de vista ao público sem que se tome uma garrafada na cabeça, em troca.

            Amigo Fico, ultrapassado e antigo é agir com selvageria, usando palavras para dividir, e não para agregar.

          • janca

            Oi Maltrapa, temos que ter uma paciência… Abração e ótimas festas pra você, Janca

  • janca

    Com todo respeito, Ricardo, nessa questão concordo com seu colega, que assina como Fico. Ninguém é obrigado a chamar o estádio do Corinthians de Arena Corinthians para ajudá-lo a vender os “naming rights”. Tampouco a chamá-lo, se conseguir vender o nome, pela denominação da empresa compradora. Se pegou o apelido Itaquerão (ou Fielzão), já era. Abs.

  • @R9Sal

    Pra mim o Corinthians deve boicotar todos os veiculos de imprensa que não chamarem o Estadio pelos naming-rights.

    Acho que seria um absurdo uma radio, que não paga nada pra transmitir um jogo do Todo Poderoso, estar dentro da Arena Corinthians, fazendo 500 propagandas e ganhando dinheiro durante a partida, falar Itaquerão. Boicote nela! Não entra no Ct, ninguem do clube da entrevistas e etc.

    Um jornal de esportes, que vende porque fala do Corinthians, se falasse do XV de Jau, ficaria encalhado nas bancas, tambem tem a obrigação de ajudar e falar o nome comercial de boca cheia. Caso contrario, boicote total! Vão entrevistar os jogadores do XV de Jau pra ver se vende jornal.

    Tv, sites e etc idem. Nesse caso teriamos duas alternativas. Os que flassem o nome comercial teriam posição previlegiada e vantagem sobre os concorrentes. Ou o clube pode fortalecer a TvCorinthians, o site do clube, só permitir a entrada da Radio Coringão nos jogos, lançar um jornal com suas noticias e etc.

    • janca

      Mas o que fazer com boa parte da sua própria torcida que não chama o estádio de Arena Corinthians? E que talvez não o chame pelo nome escolhido pelo comprador dos chamados “naming rights”? O que o Atlético-PR deveria fazer com seus próprios torcedores que sempre chamaram seu estádio de Arena da Baixada, ignorando o nome do patrocinador? A imprensa reflete a sociedade, Edgard. Abs.

      • @R9Sal

        Pra mim a sociedade reflete a imprensa. E esse estadio do Corinthians é um exemplo classico.

        ******

        Apesar de muitos acharem que o estadio sera doado ao Corinthians, ele tera que ser pago e para isso, os naming rights são fundamentais.

        Quem apelidou o estadio foi a imprensa e a torcida acaba, alguns pela repetição, e muitos por não ter a consciencia da importancia disso, absorvendo. O clube pediu um favor para a imprensa para não rotular um apelido (e chamar de Arena Corinthians provisóriamente) mas não foi atendido.

        E ja que não houve colaboração e outros jornalistas prometem não chamar pelos namimg rights, entendo que o Corinthians deve fazer o que estiver ao seu alcance para que seus torcedores abandonem esses veiculos e esses jornalistas e migrem para aqueles que valorizam o clube e seus patrocinadores.

        Isso acontecera naturalmente se o Jornal X, todo dia tem as melhores noticias do Corinthians e o Jornal Y não.

  • SO COLOCAM PALMERENSE E CORINTHIANO NA TV
    RAUL GIL APRESENTADOR DO SBT TIME CORINTHIANS
    LUCIMARA PARISI DIRETORA DO SBT TIME CORINTHIANS
    BETO MARDEN REPORTER DO SBT TIME CORINTHIANS TIME CORINTHIANS
    ISABELLA FIORENTINO APRESENTADORA DO SBT TIME PALMEIRAS
    ROBERTO CABRINI TIME PALMEIRAS
    HELEN GANZANROLLI TIME CORINTHIANS
    LIVIA ANDRADE TIME CORINTHIANS
    HERMANO HENNING APRESENTADOR TIME CORINTHIANS
    CARLOS MASSA O RATINHO TIME PALMEIRAS
    ARNALDO SACCOMANI TIME PALMEIRAS
    CHRISTINA ROCHA TIME PALMEIRAS
    SILVIO SANTOS DONO DO SBT TIME CORINTHIANS
    MARILIA GABRIELA TIME CORINTHAINS
    CELSO PORTIOLLI TIME CORINTHIANS
    MAISA SILVA TIME CORINTHIANS
    MARQUITO HUMORISTA TIME PALMEIRAS
    VALENTINA FRANCAVILLA TIME PALMEIRAS
    JOSEVAL PEIXOTO TIME CORINTHIANS
    RODOLPHO GAMBERINI TIME SANTOS
    YUDI TAMASHIRO TIME CORINTHIANS
    ANDRE VASCO REPORTER DO SBT TIME SANTOS FUTEBOL CLUB
    APRESENTADORES OU APRESENTADORAS
    OU JORNALISTA DA TV BAND
    RENATA FAN TIME INTERNACIONAL
    ADRIANE GALISTEU TIME PALMEIRAS
    DANIELA FREITAS TIME CORINTHIANS
    LUIZE ALTENHOFEN TIME INTERNACIONAL
    NETO TIME CORINTHIANS
    OSMAR DE OLIVEIRA TIME CORINTHIANS
    EDGARD PICCOLI TIME PALMEIRAS
    FELIPE FOLGOSI TIME CORINTHIANS
    BORIS CASOY TIME PALMEIRAS
    JOEMIR BETING TIME PALMEIRAS
    MAURO BETING TIME PALMEIRAS
    JOSE LUIZ DATENA TIME CORINTHIANS
    LUCIANO FACIOLI TIME SANTOS FUTEBOL CLUBE
    RODRIGO HIDALGO REPORTER DO JORNAL DA BAND TIME PALMEIRAS
    SANDRO BARBOZA REPORTER DO JORNAL DA BAND TIME PALMEIRAS
    MARCELO TAS APRESENTADOR DO CQC TIME SANTOS
    RAFINHA BASTOS TIME INTERNACIONAL
    DANILO GENTILLE TIME CORINTHIANS
    DUDU MAGNANI DIRETOR DA BAND TIME CORINTHIANS
    TERENCE PAIVA DIRETOR DA BAND TIME PALMEIRAS
    EDMUNDO COMENTARISTA TIME PALMEIRAS
    PATRICIA MALDONALDO TIME PONTE PRETA
    ANTONIO PETRIN REPORTER TIME PALMEIRAS
    RICARDO BOECHAT TIME FLAMENGO
    OTAVIO MESQUITA TIME PALMEIRAS
    TEO JOSE NARRADOR TIME GOIAS
    ULISESS COSTA TIME PALMEIRAS
    TIME DO CORAÇÃO DOS DOS APRESENTADORES OU APRESENTADORAS OU JORNALISTA DA REDETV
    NELSON RUBENS TIME CORINTHIANS
    GABRIELA PASQUALIM TIME PALMEIRAS
    FLAVIA NORONHA APRESEMTADORA DO TVFAMA TIME CORINTHIANS
    JULIANA CABRAL TIME CORINTHIANS
    RONALDO GIOVANELLI TIME CORINTHIANS
    CRISTINA LYRA TIME FLAMENGO
    BOLA DO PANICO TIME PALMEIRAS
    SABRINA SATO TIME CORINTHIANS
    MILENE DOMINGUES TIME CORINTHIANS
    MARILIA RUIZ TIME CORINTHIANS
    KEILA LIMA APRESENTADORA DO PROGAMA MANHÃ MAIOR TIME CORINTHIANS
    SONIA ABRÃO TIME CORINTHIANS
    RENATA MARANHÃO TIME CORINTHIANS
    PALOMA TOCCI TIME CORINTHIANS
    EMILIO SURITA TIME SANTOS FUTEBOL CLUBE
    KENNEDY ALENCAR TIME SANTOS
    REGINA VOLPATO TIME CORINTHIANS
    FERNANDO VANUCCI TIME BOTAFOGO
    DANIELA ALBUQUERQUE TIME FLAMENGO
    FERNANDO FONTANA REPORTER TIME CORINTHIANS
    ANDREA CORAZZA REPORTER DO PROGAMA TVFAMA TIME SANTOS FUTEBOL CLUBE
    MARIA CANDIDO TIME CORINTHIANS
    TIME DO CORAÇÃO DOS APRESENTADORES
    DA TV RECORD OU APRESENTADORAS
    REYNALDO GOTTINO APRESENTADOR TIME PALMEIRAS
    BRUNO PICCINATTO REPORTER DO ESPORTE FANTASTICO TIME PALMEIRAS
    JOÃO DORA JR APRESENTADOR DO PROGAMA A PRENDIZ TIME SANTOS
    FELIPE SOLARI REPORTER DO PROGAMA LEGENDARIOS TIME CORINTHIANS
    ROBERTA PIZZA APRESENTADORA TIME SÃOPAULO FUTEBOL CLUBE
    EDU GUEDES DO PROGAMA HOJE EM DIA TIME CORINTHIANS
    GIANNE ALBERTONI APRESENTADORA DO PROGAMA HOJE EM DIA TIME PALMEIRAS
    CHRIS FLORES APRESENTADORA DO PROGAMA HOJE EM DIA TIME PALMEIRAS
    CELSO ZUCATELLI APRESENTADOR DO PROGAMA HOJE EM DIA TIME SÃOPAULO
    JOÃO GORDO TIME PALMEIRAS
    TINA ROMA APRESENTADORA DO PROGAMA TUDO AVER TIME FLUMINENSE
    GERALDO LUIS TIME CORINTHIANS
    BRUNO GOMES DIRETOR DO PROGAMA HOJE EM DIA TIME PALMEIRAS
    ANDRE TAL REPORTER DA TV RECORD TIME CORINTHIANS
    FERNANDO NARDINI APRESENTADOR TIME
    ANA RICKMANN TIME GREMIO
    VILDOMAR BAPTISTA DIRETOR TIME CORINTHIANS
    SERGIO HILINSKY DIRETOR DO PROGAMA ESPORTER FANTASTICO TV RECORD TIME PALMEIRAS
    MYLENA CERIBELLI TIME FLAMENGO
    THAIS FURLAN REPORTER TIME CORINTHIANS
    BRUNA DREWS REPORTER DO PROGAMA DO GUGU TIME PALMEIRAS
    WALTER WANDERLEY DIRETOR DO PROGAMA DOMINGO LEGAL NO SBT TIME CORINTHIANS
    DEBORA VILALBA TIME CORINTHIANS
    TIME DO CORAÇÃO DOS JORNALISTA
    OU DAS JORNALISTA
    DA RADIO BANDEIRANTES FM
    SERGIO PATRIK TIME PALMEIRAS
    MAURO BETING TIME PALMEIRAS
    LEANDRO QUESADA TIME CORINTHIANS
    ESTEVAN CICCONE TIME CORINTHIANS
    ANTONIO PETRIN TIME PALMEIRAS
    JOEMIR BETING TIME PALMEIRAS
    MARCELO DUARTE TIME CORINTHIANS
    CESAR SANCHETTO TIME PALMEIRAS
    ALEX MULLER TIME PALMEIRAS
    FRANK FORTES TIME PALMEIRAS
    ZANCOPE SIMOES TIME PALMEIRAS
    CHIARA LUZARTTI TIME PALMEIRAS
    BETO HORA TIME CORINTHIANS
    RICARDO CAPRIOTTI TIME CORINTHIANS
    SILVANIA ALVES TIME PALMEIRAS
    JOSE PAULO DA GLORIA TIME CORINTHIANS
    ULISSES COSTA TIME PALMEIRAS
    JOSE MAIA TIME SANTOS FUTEBOL CLUBE
    LELIO TEXEIRA TIME SANTOS
    SALOMÃO ESPER TIME CORINTHIANS
    RAFAEL COLOMBO TIME CORINTHIANS
    ANDRE LOFREDO TIME CORINTHIANS
    MAURICIO NORIEGA TIME PALMEIRAS
    JOTTA JUNIOR TIME PALMEIRAS
    MILTON LEITE TIME CORINTHIANS
    CARLOS CERETO TIME CORINTHIANS
    ANDRE RIZEK TIME CORINTHIANS
    PAULO BONFA TTIME PALMEIRAS
    MARCO BIANCHI TIME PALMEIRAS
    COLOCAM NENHUM SÃO PAULINO NOS PROGAMAS DE ESPORTES

MaisRecentes

Saída de Lucas Lima



Continue Lendo

Dorival bombardeado



Continue Lendo

A grana de Nuzman



Continue Lendo