Edu x Mano Menezes



Chamada na capa do “Estadão” de hoje, setor “Esportes”: “Barcelona põe futebol do Brasil no divã”.

Pergunto: o futebol não deveria ter ido ao divã mais cedo? Como escreveu o Guilherme ao comentar o post anterior, dando crédito a um jornalista da BBC, o brasileiro tem uma relação bipolar com o futebol. Se o Santos tivesse vencido todos estariam exaltando a atual fase do principal esporte nacional. Como perdeu sem entrar em campo…

Mais interessante, porém, acho o que disse Edu, ex-jogador do Santos, mencionado na capa do jornal paulistano. “Eles só estão fazendo o que a gente fazia, como as seleções de 70 e 82 e o Santos de Pelé. Sempre deu certo aqui, só nós não percebemos.”

É verdade. Eu acrescentaria o Botafogo de Garrincha e… Gostei do “sempre deu certo aqui”. Pois dar certo não é necessariamente vencer. Em 82 o Brasil não venceu, mas convenceu…

Já Mano Menezes, que fala, fala e não diz nada, “declarou”: “Esse grupo (do Barça) veio pra fazer história. Temos de encarar que essa gente está fazendo um trabalho diferente e aceitar, entender e resolver isso.” Ãh?????????????????? Mano, o amigo de Andrés e Teixeira, anda, anda e não sai do lugar… Resolver como, meu irmão? Com o futebol burocrático que você implantou na seleção??? 

Entre Edu e Mano Menezes, sou o velho e bom Edu de 10 a 0. De futebol ele entende. Edu, Mano, pelo jeito, nem tanto.



  • Fábio

    Alguém explica para o Edu que estamos em 2011, quase 2012. O futebol hoje mudou. Tem que ser mais marcador, mais burocrático mesmo, mais veloz, porque os jogadores têm mais preparo físico, vamos deixar o saudosismo de lado.

    • janca

      Mudou mas pode continuar bonito. O Barcelona é prova disso, amigo. Abs.

      • Curinthiano Feliz da Vida

        Vocês têm que explicar pro Ganso e pro Neymar que amarelaram total. O Muricy (quaquaquaquaquaqua)…

  • Fábio

    Comentarista de resultados tem vários, aí você tá certo, Janca. ESPN não, mas Sportv e Globo sim. Galvão puxou o saco do LAOR num programa e depois do Andrés. Depois diz que não recebe dirigentes. A gente finge que acredita.

    • janca

      Não gosto de generalizar, Fábio, mas de fato o presidente do Santos foi muito elogiado por ter conseguido manter o Neymar por aqui, mas agora tem marketeiro que diz que foi um erro. E tem gente que acha que o Dunga tinha razão ao não o levar para o Mundial, já que até hoje o santista não estaria com a cabeça preparada para enfrentar grandes desafios. Discordo. Não vão faltar, como disse, comentaristas de resultados… Abs. Janca

      • Curinthiano Feliz da Vida

        Do Andrés tem que puxar o saco mesmo. Fazer reverência. Eta presidente dos bons. Laor, que coisa é essa?

        • janca

          Presidente do Santos… Abs.

        • janca

          Feliz da Vida o senhor está brincando. Reverência ao Andrés nem aqui nem na Coreia do Norte. Abs.

      • Kanka

        O erro foi manter o Neymar e não compor um elenco. Vcs comentaristas passaram o ano babando ovo para o time do Santos, sem perceber que a zaga é fraca, a lateral é fraca, e o miolo de área depende o Adriano (sem reposição). O elenco é fraco. Não tem reposição. Por isto sofreram no brasileiro qud Neymar e Elano não jogavam. Não basta apenas Neymar.

        • janca

          Vocês torcedores também. Ou você sabia que o Santos levaria de quatro do Barcelona? Falar agora é fácil… Abs.

          • Kanka

            Só a imprensa (e os torcedores do Santos) achavam que o Santos ia ganhar. Barbada.

          • janca

            Outros torcedores também acreditavam na possibilidade, Kanka, não exagere. Abs.

  • SANTOS SEMPRE SANTOS

    Janca, não tô aqui pra brigar com ninguém, me meti num embate no outro post, mas os críticos de plantão estão mesmo enchendo o saco. Um bando de oportunistas. Tem gente que se esqueceu mas o Muricy não é discípulo do Telê?

    • Curinthiano Feliz da Vida

      O Muricy é nota um milhão. Um milhão de alegria pra corinthianos, palmeirenses e são-paulinos. Dá-lhe Muricy, fala agora do técnico do Barça (hehehehehehe).

    • Kanka

      Isto foi uma pergunta ou uma afirmação? Tecnico retranqueiro, que vive na base do chuverinho na área.

      • janca

        Neste ponto concordamos. E eu vinha elogiando o Muricy, tenho que me penitenciar aqui e não apenas por conta deste jogo, não. Alguém disse que ele é seguidor do Telê, cobria o São Paulo pela “Folha” na época em que Telê era técnico, ajudando o competente Arnaldo Ribeiro, hoje na ESPN, e era perceptível a diferença enorme entre os dois. Enorme. Abs.

      • janca

        O que não quer dizer que o Muricy seja ruim. Mas já no São Paulo acabou se desgastando e não deixando uma base, anda meio retranqueiro mesmo, muito marrento, talvez tenha que começar a rever meus conceitos sobre ele. Repito que neste ponto você talvez tenha razão. Abs.

  • SANTOS SEMPRE SANTOS

    Pro Mundial o Neymar e o Ganso deveriam ter ido pra ganharem experiência como Ronaldo em 94 e Kaká em 2002.

    • Curinthiano Feliz da Vida

      Foram agora e não ganharam experiência nenhuma. VERGONHA, TIME DA VERGONHA!

  • Kanka

    Nossa, Janca. Que rancor. A culpa da mediocridade do futebol brasileiro é do Mano e do Andrés? Será que de fato está tudo errado ou foi o Santos que se borrou? Abçs

    • janca

      Calma, Kanka, já vi que você torceu contra o Santos, direito seu. E se lesse bem meus textos veria que Mano e Andrés apenas fazem parte da culpa dos males do futebol brasileiro. Há várias causas, vários dirigentes personalistas, técnicos que bajulam a cúpula para se manter no cargo, jornalistas que fazem de tudo para se aproximar dos poderosos, torcedores com mentalidade tacaha, problemas na gestão da CBF, dos clubes e da seleção brasileira… E isso não é de hoje. O Santos apenas perdeu um jogo em que não entrou em campo. O buraco definitivamente é mais embaixo. Abs.

  • Elio Larese

    O Torcedor, e diria também a Mídia, é Bipolar. Muitos que agora chamam o Santos de Time da Vergonha,aposto que estariam enaltecendo Neymar, Ganso, Muricy em caso de vitória santista. Vergonha? É Vergonha perder pro Maior Time do Mundo? E se o Neymar não tivesse perdido um gol inacreditavelmente fácil no início do jogo? Ao contrário deste jogo, no Flamengo 3 Liverpool 0, o time inglês não teve sequer uma chance de gol, será que lá em Liverpool chamaram os Reds de Shame Team? Aqui a gente passa facilmente do Céu pro Inferno e do Inferno pro Céu, não existe um “Purgatório”. Tem muita gente criticando os Brucutus, eu também os detesto, mas mestre Telê foi talvez o grande criador dessa galera após 1982, eu me lembro de Elzo na Seleção e Pintado e Doriva no São Paulo. O Brasil desaprendeu e Espanha e Alemanha são os Tops? Eu prefiro esperar Julho de 2014…

    • janca

      Os dois são bipolares, tanto o torcedor quanto a imprensa. Mas a mídia deveria ser um pouco mais racional, acha não? Abs.

      • Paulo Tricolor

        Não quando o assunto é seleção, o torcedor anda descontente com o Mano Menezes desde o início do ano. Ele não mostrou a que veio e não dá explicações pra galera. Um enrolador-mor.

  • William

    Vou dar meu pitaco aqui sobre esse jogo, que serve para o tema do tópico.
    O Barcelona tem um estilo de jogo comparável à Holanda de 74 no que concerne à movimentação dos jogadores, misturado com o estilo argentino de toque de bola.
    Em que pese o que o Guardiola falou (“fazemos o que os brasileiros sempre fizeram”), nós nunca tivemos esse estilo. Sempre tivemos jogadores habilidosos (na média, mais que do que o restante do mundo), e o nosso estilo sempre foi o de priorizar os dribles e lançamentos.
    O Barcelona é um time que promove o futebol coletivo. Parece mais um basquete jogado com os pés. Todo mundo se movimentando, todo mundo passando e todos jogando pelo bem do time.
    É um estilo que não é novo, mas que é raro, já que poucos times conseguem reunir 22 jogadores com a mesma mentalidade e com inteligência suficiente para praticar esse jogo coletivo.
    O Santos, como qualquer outro clube da América do Sul, não tem o poderio econômico dos clubes europeus, mas poderia ter vencido o jogo, como o Inter fez em 2006 e o Estudiantes quase fez em 2009 (estavam ganhando até 44 do segundo tempo e o time de 2009 era praticamente o mesmo desse de 2011).
    E outro dia mesmo o Barcelona perdeu para o Getafe.
    O grande problema do Santos não foi o Barcelonma, mas o próprio Santos.
    Nunca vi um time tão apático, tão apagado e tão patético.
    O Santos olhou o Barcelona jogar. Com 3 minutos de jogo, já estavm assustados com os toques e movimentação e pareciam querer que o jogo acabasse logo.
    Até pediam perdão quando faziam alguma falta.
    Todos exaltam o Barcelona e esse time merece mesmo ser exaltado. Mas o Santos jogou como se joga um casado x solteiros na praia depois de todos encherem a lata. Foi bisonho.
    E isso não me preocupa. O futebol brasileiro de hoje está como sempre esteve, dependente de craques!
    só que nessa geração atual, não temos Romário, Ronaldo, Pelé, Garrincha, Didi, enfim, craques em todas as posições. É uma entressafra.
    Nosso estilo de jogar bola não se treina, não se cria, como foi criado na Holanda e nesse Barcelona.
    Simplesmente, os jogadores nascem bons aqui. Só que estamos num período fraco, como estivemos em vários períodos da nossa história.
    Abs.

    • janca

      Penso exatamente como você, achei sua análise perfeita, William. Pra ver que podemos discordar sobre alguns tópicos, caso do MMA, mas estarmos de acordo quando o assunto é futebol. Ou até política. Grande abraço pra você, Janca

      • William

        Opa, valeu Janca!

        Abração!

MaisRecentes

Estrelismos no Verdão



Continue Lendo

Uma zaga para o Fla



Continue Lendo

Vanderlei na Seleção



Continue Lendo