Fátima Bernardes



Já que um dos assuntos da semana é a saída de Fátima Bernardes do “Jornal Nacional”, único programa temido por Ricardo Teixeira, queria lembrar de um fato que ocorreu na Copa de 2006, quando ela cobria o Mundial para a Globo e eu fui pelo Sportv.

Quando cheguei à Alemanha com um grupo de mais de 30 profissionais da Globo, levei um susto ao descobrir que era o único da leva que tinha motorista particular e ainda ficaria em hotel distinto dos demais.

Ao entrar no carro, um pouco inquieto, perguntei o que se passava e a motorista respondeu que eu ficaria no Castelo, um hotel para poucos. Bons já não sei _risos.

Logo imaginei que deveria haver algum engano, especialmente quando ela perguntou se eu era famoso. Respondi que não e indaguei o porquê da questão. Ela explicou que era por eu ficar no Castelo. Que não era o de “Caras”, mas ainda assim era um castelo…

Quando perguntei quem mais ficaria por lá, a motorista respondeu que naquele dia, vindo de Paris, chegaria Fátima Bernardes. Como queria conhecer gente famosa _a motorista, não eu_, expliquei-lhe que esta sim era conhecida. Que apresentava o principal telejornal do país com o marido, tinha trigêmeos, blablablá blablablá…

No dia seguinte, quando fomos tomar café da manhã, apresentei-me à Fátima Bernardes, que foi extremamente atenciosa comigo, e comentou: “Não é que a motorista sabia tudo da minha vida???”. Antes que ela pudesse achar que o “JN” era famoso na Alemanha, expliquei: “É que eu contei pra ela…”

Logo depois, quando a responsável pela logística da Globo apareceu no hotel para dar as boas-vindas à apresentadora e sair com ela para fazer umas compras, já que fazia um frio inesperado, foi esclarecida minha situação. Eu estava no hotel com a elite da Globo _no domingo seguinte chegariam Galvão, Arnaldo e cia._ não por ser famoso, claro, mas porque não tinha equipe de reportagem comigo.

Foi um período divertido e da Fátima Bernardes fiquei com ótima impressão. Atenciosa com todos, bem-humorada, sem estrelismos… Uma pessoa bacana.



MaisRecentes

Briga por Alan Kardec



Continue Lendo

São Paulo em parafuso



Continue Lendo

Conversas com um jovem…



Continue Lendo