Um bom sinal



Não sou fã de Aldo Rebelo, muitíssimo pelo contrário, mas tenho que admitir que aparentemente ele escolheu bem a nova cúpula do Ministério do Esporte.

Espero não estar enganado, mas que é um bom sinal escolher nomes técnicos no lugar de membros do PCdoB acho que é.

Pegou três profissionais do Banco Mundial (Paula Prini), Itamaraty (Carlos Henrique Cardim) e Aeronáutica (Afonso Barbosa).

Prini, que é economista, pretende montar uma equipe de primeira. Desejo que consiga, mas vai ser complicado varrer o PCdoB do Esporte. Até porque o partido considera a pasta sua e não dá pra dizer que não é num governo que lamentavelmente sucateou seus ministérios dividindo-os e aparelhando-os entre a base aliada.

Mas a bola da vez agora é Carlos Lupi, do Trabalho. E assim se esquecem de Orlando Silva e do Esporte, quando não deveriam. Não basta sair e pregar honestidade. Quanto de dinheiro público foi ou não foi desviado? E como será ressarcido, ou melhor, não será à União?



  • Gabriel

    Montar uma equipe de primeira no esporte impossível, Janca. Muito menos varrer o PCdoB.

    • ANDRÉ

      Você tá certo, Gabriel, gosto do blog do Janca mas nunca vão montar uma boa equipe com o ministério loteado deste jeito. Tô contigo e não abre.

      • janca

        Vocês têm razão, com o ministério loteado deste jeito fica impossível trabalhar. Mas vejo um bom sinal na indicação dos três primeiros nomes para “limpar” parte da cúpula do Esporte. Pelo menos, no caso da economista que citei, é um nome mais técnico, como o do diplomata também do que os que vinham ocupando funções tão importantes na pasta. Agora vamos ver com o tempo como as coisas caminham… Espero que melhorem um pouco, mas entendo a posição de vocês dois. Abs. Janca

  • Gabriel

    Por falar no governo você não acha que a Veja tem um informante que está detonando o governo e derrubando um ministro atrás do outro? O que estaria por trás disso?

    • janca

      Se alguém está passando informação pra “Veja”? Sim e ela está apresentando as denúncias. Com um governo sucateado há muitos interesses da própria base aliada contrariados, daí a aparecem denúncias é um passo. E já caíram cinco ministros por conta das acusações… Talvez caia mais um. Seriam sete em 11 meses, pois um saiu por divergências com a presidente. Abs.

  • ANDERSON

    Só uma pergunta: EM SP, OS CARGOS E SECRETARIAS NAO SAO DIVIDIDOS ENTRE A BASE ALIADA???

    Se nao sao divididos entre pessoas de partidos aliados, sao aliados de pessoas filiadas a estes partidos que ajudaram a eleger o governador do estado.

    E daí? Ninguem vai dizer nada??? Parece q loteamento de cargos só ocorre em Brasilia! É engraçado demais a hipocrisia…

    • Gabriel

      Então só porque ocorre em São Paulo você acha que não deveria acontecer em Brasília? Pra você São Paulo é a base de tudo? Só falta dizer que é contra nordestino. Você é muito hipócrita ou militante do PC do B ou da UNE. Se liga!

      • ANDRÉ

        Gabriel, este Anderson é dos que defendem a corrupção pela corrupção. Se roubam em São Paulo, podem roubar em Brasília. E eu que sou de Recife, o que tenho a ver com isso?

        • janca

          Corrupção pela corrupção não dá. Deveríamos procurar uma fórmula, seja em SP, seja no governo federal, seja em Pernambuco, enfim, para priorizar a meritocracia e não os conchavos políticos, André. Abs.

MaisRecentes

Santos em SP



Continue Lendo

Fuga de patrocínio



Continue Lendo

Verdão vai às compras



Continue Lendo