Um homem simples



Chama a atenção a postura de Givanildo no comando do América-MG. Destoa da de outros técnicos do Brasileirão pela simplicidade. Mesmo sob os holofotes após as vitórias sobre o líder Corinthians e o Fluminense em pleno Engenhão, mantém a serenidade e segue humilde. Não é a falsa humildade a que estamos acostumados e que vemos no discurso de tantos que estão aí. É a humildade de quem quer apenas trabalhar e parece saber que a vida e a fama são passageiras.

Se me perguntarem se acredito na salvação do América-MG, continuo dizendo que não, está seis pontos atrás do primeiro time fora da zona de rebaixamento, o Cruzeiro, e faltam apenas quatro jogos a disputar. Mas que a determinação do elenco, incentivado por Givanildo, continue nas próximas rodadas e sirva de exemplo para a próxima temporada, esteja o América na Série A ou na B.

E amanhã, antes que me esqueça, é dia de protesto contra a corrupção nas principais cidades do país. Porque a política, queiramos ou não, faz parte da nossa vida. E o direito de protestar, desde que pacificamente, idem.

Uma boa segunda para quem emenda o feriado e para quem não emenda também, como é meu caso, hoje viajo a trabalho, viagem vapt-vupt, amanhã espero seguir na labuta nas teclas deste computador, João



  • nilu

    Bom dia chuvoso.
    Lendo tua entrevista na revista “Poder”com Ron Galella, paparazzi que começou nos anos 60, e pensando nas pessoas hoje, que fazem tudo para aparecer na mídia, ser simples e principalmente humilde, ficar na sua e fazer seu trabalho, isso.é saber do seu valor. Chuva é uma delícia. Nilú

    • janca

      Também acho e como você gosto de chuva. Mas não quando tenho que pegar avião _rs. Pelo menos hoje parece meio feriado… Uma ótima semana, João

      • Ainda não conseguiram roubar de nós a contemplação da chuva, coisa tão simples e que faz bem tanto aos olhos quanto à alma.

        Em Brasília, chove a cântaros desde há mais de duas horas. Espero que a água trague o mal e o leve com o lodo paras as bocas de lobo. Gente da estirpe do canalha da vez que ocupa o GDF, cujo patrimônio aumentou em 413% entre 2006 e 2010…

        Enfim, fiquemos com o Giva e sua adorável postura simples e provinciana, porém, universal – tal como a chuva.

        Abraço e boa viagem (se é que já não foi!),

        João Sassi

        • Johannes

          Cuidado Sassi, podem implantar o ICCH, imposto sobre contemplação da chuva, não dá idéia sobre imposto não porque aqui no Brasil pega….

          • nilu

            Grande Sassi, teu sobrenome em italiano significa “pedras”, no plural, mas vc está bem longe disso… A vida é simples, a gente é que complica. Agora ,aí na sua terra poderia chover pedra,na cabeça dos corruptos, que tal? Mas que a gente continue se encantando com coisas simples, como chuva, por de sol e chocolate, para ser um pouco materialista_rs. Johannes pense sempre no melhor,pelo filhote, e aí já sabe se é garoto ou garota? Abs pra vcs . Nilú

          • janca

            Também queria saber se é menino ou menina, Johannes. E seguimos na torcida. Putz, que a vida é simples e que é a gente que complica é a mais pura verdade, Nilú. Boa noite chuvosa de segunda pra você, João

          • janca

            É, só falta o Agnelo implantar esse imposto… E vai ter que explicar o patrimônio… Abs.

        • janca

          Fui e já voltei. Estive na Globosat do Rio e o pessoal de lá é incrível. Trabalhei quatro anos na casa, dois no Rio, dois em SP, o que fiz de amigos cariocas não está escrito. E eu adoro meus amigos!!! Se não adorasse, não seriam meus amigos. E concordo com o que você diz, é bonito. A postura do Givanildo é simples e provinciana, porém universal. Tal como a chuva. Achei isso demais. Grande abraço, Janca

          • Senti firmeza, xará! Admito que procurei poetizar na hora do comentário, e como me senti inspirado pela franzina figura do Giva, saiu a definição que, cabotinamente, também achei bonita.

            Assim como a amizade que você nutre pelos amigos; energia sincera e amorosa, se sente.

            Convido-o a dar um pulo lá “em casa” para dar uma sacada nas desventuras maltrapilhas, a ver se partilhamos outras boas definições que a vida nos ensina e dá.

            E também a Nilú, o quase xará Johannes et caterva. Aliás, Nilú, talvez por lá eu dê algumas pedradas aqui ou acolá… Sabe-se lá! (mas sempre se coração, claro)

            Espero que o Givanildo siga, serenamente, em voga, a ver se serve de exemplo a cálidos egos que permeiam o futebol brasileiro. E que siga vencendo, por que não, o América Mineiro!

            Como aqui, segue a chuva, ainda caindo… o dia inteiro.

          • janca

            Por aqui também chove, xará. E vou me deitar o direito de postar algo maluco logo mais. Abração e sua contribuição pra este blog tem sido muito legal. João

  • Paulo

    Sou fã do Givanildo desde que ele defendeu o Corinthians. Como jogador já era assim. Um cara bom que merece nosso respeito.

  • Paulo

    Ainda acho que o América Mineiro pode escapar. Nem precisa vencer os quatro jogos restantes. Vencendo três acho que dá e do jeito que está jogando escapa. Abraço, Paulo

    • janca

      Poder escapar pode, mas acho muuuuito difícil, ainda mais com a vitória do Cruzeiro ontem… Abs.

  • Johannes

    Bom Dia João Carlos,
    O Givanildo foi inclusive convocado para a seleção brasileira jogando pelo Santa Cruz, o que na década de 70 e ainda hoje não é comum para um jogador fora do eixo RJ-SP-MG-RS, na época o Santa Cruz tinha uma equipe muito forte e esteve próximo das finais do Brasileirão. E vamos as ruas nos manifestar pacificamente…

    • janca

      O Givanildo chegou a ser convocado pelo Osvaldo Brandão, que gostava muito do futebol dele, não? Boa manifestação pra você, Johannes, tô vendo que você é um cara de fibra. Abração, João Carlos

    • Não vai rolar manifestação por aqui, Johannes, pois não há quórum; as ruas da cidade estão vazias no “feriadão”, sabe como é… Parece que já são 40 cidades confirmadas, mas por aqui, só água.

      • janca

        Vamos ver como será por aqui, vou dar um pulo no centro amanhã _amanhã que já é hoje pra acompanhar o movimento e os protestos_, se bem que o que não falta é água. E agora que voltei de viagem confesso: nada como curtir uma boa madrugada de chuva…

        • Johannes

          Bom dia a todos,
          acho que pela quarta que vem já saberei se teremos um pequenino ou uma pequenina. Em relação a fibra João, creio que nós brasileiros desfrutamos hoje de muitas liberdades, apesar dos inúmeros problemas que podemos citar, creio que só nos fazemos dignos das liberdades e dos direitos que usufruimos e que ajudamos a manter.
          Fibra mesmo tiveram, em todas ás epocas, e em vários lugares no mundo, os homens e mulheres que nos permitiram ter as liberdades de crença, e de manifestação, que temos hoje, pois há alguns tempos atrás nós seriamos considerados subversivos por trocarmos as idéias que trocamos aqui no teu blog…e ao invés de eleições já tivemos(ainda temos)… reis ungidos pelo direito divino a coroa, elites que derrubavam reis e proclamavam repúblicas onde apenas homens de bem(de bens) podiam votar , ditadores de esquerda e direita, mulheres sem direito a voto,etc…Não é pouco o que a humanidade precisa conquistar, vivemos num mar de coisas tortas…mas não foi pouco o que foi conquistado aos inumeros trancos e barrancos…grande abraço e tão logo saiba do resultado terei satisfação em compartilhar..

    • GOBBA

      QUANDO O GIVANILDO FOI CONVOCADO JÁ ESTAVA NO CORINTHIANS EM 1.976. OSWALDO BRANDÃO LEVOU ELE E O WLADIMIR À SELEÇÃO. DEPOIS ELE CAIU COM EMPATE DE 0 x 0 FRENTE A COLÔMBIA PARA SE CONSAGRAR NO TÍTULO DO CORINTHIANS EM 1.977. O GIVANILDO FEZ ÓTIMO BRASILEIRO EM 1.975, CHEGANDO A SEMI.FINAL E SENDO DERROTADO PELO CRUZEIRO QUE ACABARIA VICE DO INTER NAQUELE ANO. DESTAQUE TAMBÉM DO SANTA CRUZ ERA O CENTROAVANTE NUNES QUE DEPOIS FARIA HISTÓRIA NO FLAMENGO.

  • TAO SIMPLES QUE O TIME ESTA CAINDO PRA SEGUNDA DIVISAO PORQUE SO AGORA ESTAO JOGANDO SERA QUE PORQUE APARECE NA TV

MaisRecentes

Santos na capital



Continue Lendo

O fico de Ceni



Continue Lendo

A vez de Cássio



Continue Lendo