A bola e os fundos de gestão



Idealizador do Ministério do Esporte, que tanta confusão tem dado pelas denúncias de desvio de recursos, Hélio Viana prepara o lançamento de nova feira de esportes no Rio.

A ideia é realizá-la entre junho e setembro de 2012 no Jóquei Clube, na Zona Sul, e não no distante Rio Centro.

Ex-sócio de Pelé, com quem saiu brigado no início da década passada, Viana quer discutir a gestão dos clubes de futebol e o papel de fundos de investimento no esporte.

Acha que no Brasil eles são muito mal aproveitados no mundo da bola, ao contrário do que acontece na Europa.

No Velho Continente, porém, apesar de predominarem em países como Espanha, Inglaterra e Itália, hoje também têm sido discutidos devido à crise financeira e à escassez de recursos que colocam em risco à existência de quase 30% dos principais clubes dessas três nações.

Com ou sem fundos de gestão a situação anda feia pela falta de planejamento e excesso de gastos, entre outros.



MaisRecentes

Lucas Lima abalado



Continue Lendo

Rodriguinho fora?



Continue Lendo

A aposta do Santos



Continue Lendo