O racha no Atlético-PR



Ameaçado pela degola no Brasileirão, o Atlético-PR parece ter rachado de vez e os principais jogadores estão assustados com possível reação da torcida.

Pensam até em ir à Justiça contra o ex-presidente Mário Celso Petraglia, que divulgou o salário de 21 atletas do elenco. A diretoria não confirma os valores revelados e, segundo a assessoria de Petraglia, que organiza a oposição para as eleições presidenciais de dezembro, ele quis apenas mostrar que enquanto alguns ganham muito, na casa dos três dígitos, outros recebem bem pouco.

Claro que quem ganha mais torna-se alvo fácil da torcida. O que Petraglia fez é um ato, no mínimo, irresponsável. Se a situação está em mãos incompetentes, a oposição não fica atrás.

Até por isso já se pensa numa terceira opção, com Ênio Fornea concorrendo à presidência do Conselho Deliberativo, em disputa contra o próprio Petraglia. A situação ainda não definiu um nome para a eleição.

Detalhe curioso: tanto Fornea quanto Petraglia eram ligados a Marcos Malucelli, o atual presidente. O primeiro foi seu vice e o segundo, o maior responsável por sua eleição.

Malucelli, que comanda o clube, é íntimo amigo de Vanderlei Luxemburgo. Foi o técnico do Flamengo, aliás, quem recomendou o nome de Antônio Lopes para dirigir o time de futebol. Mas os resultados não vieram com Lopes e a crise está aí.



  • Johannes

    Bom Dia João Carlos,
    Me parece que a Série A têm perdoado cada vez menos os vacilos de equipes tradicionais, e que as equipes que sobem têm mais anticorpos do que antigamente…e quanto ao que fez o ex-presidente também não achei legal, provavelmente não vai ajudar o time, já combalido, nessa complicada reta final de brasileirão, …Uma boa semana de trabalho.

    • Cassiano da Baixada

      Johannes, não acho que as equipes que sobem tenham anticorpos. Veja o caso do América Mineiro, subiu, vai cair de novo. O que acontece no Atlético é que nossos dirigentes são muito fracos e não pensam no clube, tudo farinha do mesmo saco. O Petraglia é um oportunista amigo do Ricardo Teixeira. A terceira via que você fala aí Janca é igual as outras duas. Abraço pra vocês, Cassiano

      • janca

        Pelo que estou vendo, Cassiano, as três vias parecem “farinha do mesmo saco”, sim. Mas tem um ponto importante que o Johannes levantou sobre o Petraglia. O que ele fez é de alguém que parece não ter amor pelo Atlético-PR, afinal de contas só tende a piorar o ambiente de um time, como ele, Johannes, bem colocou, que está combalido nessa reta final do Brasileiro. Abs. e ótimo dia pra vocês dois, Janca

      • Johannes

        Cassiano, me permita discordar um pouco de você. Figueirense, Bahia e Coritiba devem permanecer esse ano, e não me lembro se houve um ano nos pontos corridos onde todos os “caçulas” ficaram…de cabeça não me lembro…o América Mineiro apesar da campanha ruim têm mostrado dignidade nesses jogos finais…a minha impresssão é que os clubes têm percebido melhor como se portar pra evitar a gangorra imediata….de qual forma um abraço e Boa Sorte ao Furacão,

        • Cassiano da Baixada

          O Bahia tenho minhas dúvidas. Sempre um time que subiu acaba caindo. Quem não cai é excessão, como o Figueirense. O Coxa tá mal das pernas e o problema do Furacão são os dirigentes mesmo, Johannes. Abraço

          • Atleticano Consciente

            Exceção é com ç, não com dois esses.

  • Cassiano da Baixada

    O Petraglia já foi até chefe da seleção brasileira. Abraço, fui

    • janca

      Salvo engano era o chefe da delegação quando o Brasil disputou e venceu a Copa América de 1999, no Paraguai. O time era dirigido pelo Luxemburgo e ficou concentrado em Foz do Iguaçu, no Paraná. Abs. Janca

  • Simone Miranda

    Janca e todos, qual o problema de divulgar salário de jogador? Não é público? Se não é deveria ser. Jogador ganhando 140 mil, 165 mil é um salário fora da realidade. Tem que corresponder em campo. Quem de vocês ganha tudo isso? Eu não.

    • Renato Bastos

      Bom dia Amigo

      nao acho que deveria se publico nao, o seu salario é publico para todos na sua empresa ? o valor da folha do clube no geral é publico e deve ser, o que o dirigente fez foi colocar uns contra os outros….em um time que esta indo bem isso pouco faria diferença, agora em um time que esta indo mal e fazer isso a 10, 11 rodadas do fim …. como disseram acima o sr ex presidente nao pensou no clube…pensou somente em se reeleger….afinal de contas mostou a deficiencia da atual administraçao para todo mundo, mas com isso fez com que a torcida pegue no pé de alguns jogadores que ganham mt (mais do merecem quando a isso eu concordo com vc ) e fez com que os jogadores que ganham pouco se tornarem insatisfeitos… resultado ? provavelmente 2 divisao…que nao é bom para quem entrar na adm do clube, nao e bom para os jogadores pq se desvalorizam, não e bom para a torcida……. resumindo tudo em uma palavra so fez m…..!!! e quem vai pagar a conta e o clube….

      • Simone Miranda

        Se a empresa quiser divulgar o meu salário para meus colegas ela pode. Se paga 140 paus pra um, 165 pra outro, tem que esconder? Não, tem que divulgar pra gente pressionar os jogadores. Ganham muito tem que dar retorno. Pena que este blog só defende os times do Rio e de São Paulo e querem criticar times de outros estados. Você também, seu Renato Bastos. O problema do Atlético é a falta de comprometimento de algumas estrelas e a arbitragem. Vocês tem visto os jogos do Furacão? Não? Então fiquem calados. Bando de urubus!

        • Complô contra nóis

          Simone, você é mulher mas entende de bola. O Janca e seus colaboradores não tem visto os jogos do Furacão. O maior inimigo nosso é a arbitragem que ajuda os times de SP e do Rio. Você publicou um post sobre a Ladainha na Arena faz um tempo dizendo que a gente reclama do juiz. Reclama mesmo porque a CBf quer que o Atletico caia, assim o Petraglia fica com mais chances de voltar a comandar o clube. Acompanhe melhor os bastidores para entender o que fazem contra a gente, Janca. Renato Bastos também. Vocês dois estão por fora.

          • Renato Bastos

            Simone Miranda minha cara parece que vc nao entendeu mt bem oq eu quiz dizer…apesar de nao concordar com divulgar salarios individualmente….a questao foi a hora que o cara fez isso, faltando 10 rodadas para acabar o campeonato essa cobrança em cima dos jogadores vai adiantar de que ??? essa e hora de apoiar ..e to falando pq eu ja passei por isso meu time a 10 rodadas do fim era o ultimo colocado com 99% de chances ….pagando 500 mil para um jogador que se machucou o ano inteiro mas que jogou as ultimas 13 partidas fazendo 13 gols….Ele poderia se reeleger divulgar os salarios mandar embora os jogadores que ganham mt e nao fazem nada…..no meu modo de ver era o mais sensato…mas respeito a sua opiniao…..quando ao amigo Complô contra nóis disse nao merecia resposta pq nem nome vc colocou… eu acompanho futebol diariamente….e tento me antenar a todos os times sendo de qualquer estado…. vc pode culpa a arbitragem que é mais facil ou criticar a falta de postura dos dirigentes do seu clube que é oq esta levando ele para baixo….. ai fica a seu criteiro…..juizes erram para todos os lados a arbritagem está pessima….sobre a critica para rio e sao paulo..sao os maiores centros de referencia mesmo…cabe os outros a corres atras…abraço

  • Simone Miranda

    A torcida que paga ingresso tem direito de protestar e cobrar os jogadores. É o que acho. Vamos deixar de ser hipócritas, tá?

    • FURACÃO DE OURO

      To vom você, Simone. A imprensa tá cheia de hipocrisia. Se um jogador ganha quase 200 mil por mês tem que ser cobrado. A não ser que vocês também ganhem isos e não queriam cobrança.

      • Complô contra nóis

        Tem mais que ser cobrado. Os juízes também. Querem derrubar o Furacão. Também fui.

        • Atleticano Consciente

          É bom você ir mesmo, “Complô”, porque o problema do Atlético não é a arbitragem, o câncer do nosso time são os dirigentes. Muito fácil culpar a arbitragem, muito fácil.

          • janca

            Também não acho que o problema do Atlético é a arbitragem, acho que é sempre mais fácil achar um inimigo externo do que olhar para o próprio umbigo. Abs.

  • Atleticano Consciente

    Caro Renato Bastos, gostei muito do seu comentário. Acho que nós, atleticanos, choramos demais e deveríamos ver qual nosso real problema que não é a arbitragem. Você tem 100% de razão, tá certo mesmo. Como um dirigente vai divulgar o salário dos jogadores faltando poucas rodadas para o final? Serviu pra que? Pra tumultuar ainda mais o ambiente?

    • janca

      Atleticano, eu também concordo com o Renato Bastos. E discordo da Simone Miranda. Se um jogador ganha muito é porque algum dirigente aceitou, em nome do clube, pagar. Portanto quem tem de ser responsabilizado é o dirigente. O jogador pode ser cobrado, desde que respeitados os limites de convivência pacífica. Muito cuidado para ninguém extrapolar. Abs. Janca

  • Futebol ou ser Contra a Corrupção
    Agnelo Queiroz Manda Prender Todxs Xs Apoiadorxs do Santuário dos Pajés para Garantir a Destruição dos Indícios da Ocupação Tradicional dos Tapuya Fulni-o

    Numa operação que remete as invasões que a PM fez à UNB nos anos da ditadura militar no Brasil, o Governo petista de Agnelo Queiroz mandou quase 200 policiais militares hoje pela manhã ao Santuário dos Pajés, para prenderem todxs xs apoiadorxs do Santuário que há semanas estavam protegendo o cerrado nativo da área onde se encontram os indícios da ocupação tradicional de mais de 40 anos dos Tapuya Fulni-o na área. Cerca de 20 pessoas foram presas e levadas ao 2º DP por defender a natureza e os direitos indígenas, o que segundo Agnelo é Crime!Essa ação demonstra claramente que não há liberdade de manifestação no Distrito Federal, e que os mesmos que há pouco mais de 40 anos fizeram suas carreiras políticas oportunamente se autoproclamando defensores da liberdade e dos direitos humanos, quando não eram governo, e o brasil era governado pelos militares, hoje estão no governo destruindo a natureza, mandando a polícia espancar manifestantes, destruindo as história indígena, e defendendo única e exclusivamente os interesses dos que financiaram suas campanhas.

    Essa é a Ditadura Democrática de Direito. Onde só tem direito quem pode pagar por ele. Onde funcionários públicos empossados por cargos de confiança especialmente a senhora Maria Auxiliadora Cruz de Sá Leão, diretora de assuntos fundiários da Funai, o senhor Procurador-Geral da Funai, Dr. Antônio Salmeirão, e a senhora Giovana Acácia Tempesta, Coordenadora de Identificação e Delimitação de Terras Indígenas, podem por conta própria deslegitimar um Laudo Antropológico sem entrar no mérito da questão, dizendo apenas que não é suficiente, criando leis tiradas de suas próprias cabeças ao afirmarem que cada povo indígena só tem direito a uma terra tradicional, sem saber qual o marco legal estabelece tal celeuma.

    Nesse momento, as empreas Emplavi(financiadora da campanha de Agnelo), Brasal e João Fortes seguem destruindo o Santuário dos Pajés, no intuito de apagar os indícios de ocupação tradicional da área, para construir prédios onde uma kitinete chega custar meio milhão de reais, essa é a política de habitação do Governo Agnelo, investindo na especulação imobiliária, assumindo a corrupção de Arruda sem questionar, reafirmando todo o processo irregular de licenciamento e venda do setor noroeste, dando prosseguimento ao Plano de Ordenamento Territorial)PDOT que só foi aprovado por meio de propina, como aponta a operação caixa de pandora. E assim o Estado Colonial vai ativamente cumprindo sua função, fazendo a limpeza étnica na capital do Brasil, destruindo nossa memória ancestral, numa cruzada fascista para impor as pessoas uma história única, uma crença única, uma cultura única.

    http://www.midiaindependente.org/pt/blue/2011/11/499589.shtml

MaisRecentes

Felipe Melo titular



Continue Lendo

Liberta vira obrigação



Continue Lendo

Cobranças no Fla



Continue Lendo