Ceni x Leão



Emerson Leão quer novas vozes comandando o São Paulo dentro de campo, pois a de Rogério Ceni não é eterna.

Está certo. A insistência do goleiro em jogar mesmo contundido ou fora das condições ideias mais prejudica do que ajuda o São Paulo. Ajuda quem? O próprio Ceni, que passa para a torcida a imagem de que faz tudo pelo time, quando faz tudo por ele mesmo, não pelo Tricolor.

Com um técnico fraco como Adilson Batista, Ceni mandava e desmandava, poís é ídolo no Morumbi e um ótimo goleiro. Mas acho que jamais se colocou na pele de quem está no banco e sempre tive a impressão de que em primeiro lugar vinha sua própria imagem, em segundo, terceiro e quarto, idem. Só em quinto aparecia o São Paulo.

O problema é que Leão também é assim. Quer jogar para a torcida, por isso começou a falar grosso no Morumbi. Jogar a responsabilidade nos jogadores é fácil, quando ela cabe em parte a eles, mas não só. A diretoria tem grande parcela de culpa pelo que está ocorrendo _a principal, diria eu.

Achei desrespeitoso quando o técnico disse publicamente desconhecer o tom de voz de Cícero, insinuando que o jogador não se impõe dentro do gramado. Da mesma forma que Rogério Ceni não se coloca no lugar de Denis, o reserva para o gol, e nunca se colocou na pele de Bosco, que já deixou o Morumbi, para Leão pouco importa o que pensam ou sentem os outros. Sua preocupação é com o próprio umbigo. Nos campos de futebol sempre foi.



  • Fábio Tricolor

    O Leão foi uma péssima contratação. Os jogadores tem culpa menos o Rogério. Ele é ídolo e com ele ninguém mexe. Movimento Fora Leão

  • janca

    Não concorda quando você diz que os jogadores têm culpa, menos o Rogério. Assim fica fácil. Sem dúvida que o Ceni é ídolo, mas os grandes responsáveis pela atual temporada do time são os dirigentes e o presidente Juvenal Juvêncio. O time tem feito o possível, os técnicos não foram bem, Leão estreou mal também, pode até vencer o Vasco hoje no Rio, imagino que os jogadores vão lutar bastante, mas que a fase não está boa, não está. E repito: os maiores responsáveis são os dirigentes, não os jogadores. É o que acho. Abs. e bom domingo, João

  • Nilú

    Bom Dia João
    Vc sabe que minhas entradas aqui no seu blog são sempre para comentar outros assuntos, mas hoje tenho que dizer que concordo totalmente com o que vc pensa e colocou muito bem, figuras bem difíceis esses dois, só isso!! E vamos a guerra de egos._rs Ótimo domingo. Nilú

    • janca

      Sei bem o que você quer dizer com guerra de egos, ego exacerbado é uma coisa seríssima _rs. E de fato um problema para o São Paulo, mas de repente até uma solução, vamos ver… Bom final de domingo pra você, João

  • Leão deveria tomar aulas de humildade com Andrade, que já foi campeão no campo e no comando.
    Já o Ceni, era só dar um pulinho na casa do Marcos (que vive situação análoga, sendó um ídolo semi-aposentado) e ver como um homem consciente age.

    Bom domingo!

    • janca

      Também acho. Até gosto do Rogério Ceni pessoalmente, sempre foi simpático quando estive com ele, mas considero o Marcos mais autêntico, menos preocupado com a imagem e o próprio umbigo, isso é importante. E que Leão não é das personalidades mais fáceis, não é. Guerra no tricolor _rs. Abs. João

  • TRICOLOR MALUCO

    Denis tem de ser titular. Fechou o gol contra o Vasco. O Ceni foi o maior culpado pela derrota contra o Libertad, tá na hora de se aposentar e dar chance aos outros. Ficou até o final no Paraguai e levamos de 2 a 0. Hoje gostei do time. Gosto do Leão. Ainda acredito na Libertadores porque o título já era. Abraço

    • janca

      Fechou mesmo, mas daí a colocarmos tudo nas costas do Rogério Ceni também não acho justo. Vamos ver o que acontece, mas realmente acho que o São Paulo precisa de novos ares, inclusive no gol. Novas vozes, neste ponto Leão está certo. Abs.

  • Johannes

    Boa noite João Carlos,
    Roupa suja se lava em casa, e acho que dar puxões de orelha nos jogadores em público não é a melhor maneira de se criar um bom ambiente. Chega para o Cícero e pede pro cara falar mais, chega pro Rogério e diz que precisa de outras vozes, tudo lá, interno, com o seu grupo, assim seria o adequado, eu penso. Quanto ao Rogério, não acompanho muito o São Paulo, e não sei realmente que tipo de profissional ele é, e como ele interage com os treinadores do tricolor, por isso vou apenas anotar o que você disse e vou me abster de qualquer comentário especifico ao Rogério. Mas em termos gerais diria que num grupo cada um deve se ater a sua função sem extrapolar a sua alçada. Bom domingo a vocês.

  • janca

    É, Johannes, e pela importância do Rogério para a história recente do São Paulo ele muitas vezes acabava invadindo outras praias, como a de Adilson Batista, por exemplo. Em relação a broncas públicas acho muito desagradável o que Leão fez com o Cícero. Para mostrar seu valor não tem que humilhar A ou B. Bom final de domingo pra você, João Carlos

    • Johannes

      Invasão legal…só a de 76..rs

      • Nilú

        Oi Johannes, mas vc já tinha nascido nessa época?_rs
        Isso me fez lembrar que a primeira vez que fui num estádio de futebol fora de São Paulo, foi aí em Fortaleza, assistir Fortaleza e Ceará, em 1993, e fiquei assustada ao voltar pro Hotel, pois o povo saia da partida e andava com o carro na contramão voltando pra casa, doido isso.
        E João, acho que quem tem realmente valor e consciência dele, não humilha ninguém, muito menos diante de outras pessoas.
        Já presenciei cenas assim e são lamentáveis, tristes mesmo.
        Ótimo começo de semana pra vcs. Nilú

        • Johannes

          Nilu, Nasci em 74…mas a invasão do maracanã em 76 é um dos episódios marcantes do futebol brasileiro.. e em relação as maluquices que se fazem nos estádios… combinação de alcóol com falta de respeito pelos outros sempre causa cenas desse tipo…por isso eu raramente fui a estádios em tempos recentes…prefiro meus rachinhas…um abraço.

MaisRecentes

Oposição santista



Continue Lendo

Santos em SP



Continue Lendo

Fuga de patrocínio



Continue Lendo