O custo da Olimpíada



O Brasil e o Rio vão gastar mais do que os quase 29 bilhões de reais previstos quando da apresentação da candidatura carioca ao Comitê Olímpico Internacional.

Mas Henrique Meirelles, presidente do Conselho Superior da Autoridade Pública Olímpica e novo queridinho do prefeito Gilberto Kassab, prefere não revelar a nova cifra. Segue à risca cartilha de Carlos Arthur Nuzman, presidente do COB e do Comitê Organizador do Rio-2016, que quer evitar precipitações.

Precipitado não teria sido o comitê de candidatura que apresentou um orçamento defasado? Pelo sim, pelo não, mais realista, Márcio Fortes, que preside a APO, já declarou que o valor será superior a 40 bilhões de reais. Trabalha-se, nos bastidores, com a possibilidade de superar os 50 bi.

Não será surpresa se o valor final for o dobro do inicialmente planejado. Um “avanço” em relação ao Pan, cuja previsão de gastos era pouco superior a 400 milhões de reais, tendo a conta final fechado perto de 3,8 bilhões, quase dez vezes mais que o estipulado.



MaisRecentes

Nova caminhada



Continue Lendo

O desabafo de Cuca (ainda)



Continue Lendo

As críticas de Cuca



Continue Lendo