O Maraca é de quem?



A reforma do Maracanã segue provocando polêmica. O governo do Rio espera aprovação da Alerj, a Assembleia Legislativa do Estado, para empréstimo de 126 milhões de dólares junto ao Banco de Desenvolvimento da América Latina. A justificativa é que o valor das obras, orçadas anteriormente em 705 milhões de reais, aumentaram graças a novas exigências da Fifa, dentre as quais a de demolir a cobertura do estádio.

Usando como parâmetro o câmbio de 1,8 real por dólar, o empréstimo representa cerca de 226 milhões de reais, diferença entre o orçamento inicial e um outro orçamento de 931 milhões de reais, considerado irregular pelo Tribunal de Contas da União.

Apesar de o orçamento ter recuado para 859 milhões de reais, a Secretaria de Obras do Rio explica que os recursos do Banco da América Latina continuam sendo necessários e não cobrem os empréstimos que o Estado precisa obter para a obra, que ainda terá 400 milhões de reais do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social, o BNDES.

Inconformado com a situação um grupo de cariocas formou uma organização para discutir as políticas públicas do Rio. O “Meu Rio”, movimento que objetiva aproximar o cidadão comum das decisões que afetam a cidade e o estado fluminense, faz campanha contra o empréstimo e pede maior discussão com a sociedade civil.

Segundo Leonardo Eloi, um dos fundadores do “Meu Rio”, “pisou no Maracanã, mexeu com o carioca”. Ele reclama que o plano inicial era reformar o estádio por meio de uma parceria público-privada, mas que ela está sendo paga com recursos do governo estadual e do BNDES. Diz ainda que após a Copa sua administração passará para a iniciativa privada, o que o governo não confirma, embora esteja negociando com Flamengo e Fluminense o gerenciamento da arena pós-2014.

Para Eloi, como se trata de dinheiro público o cidadão tem o direito de saber como serão aplicados os recursos obtidos com possível empréstimo junto ao Banco da América Latina. E como eles serão pagos depois. Reclama ainda de falta de transparência em todo o processo, já que o orçamento para a reforma do Maraca parece uma sanfona. Da casa dos 700 milhões de reais aproximou-se de 1 bi, com a perspectiva de ir para 1,1 bilhão de reais, e agora recuou para 859 milhões. Com o aumento do dólar não se sabe em que patamar terminará.

O “Meu Rio”, que protesta na Alerj contra o empréstimo, diz não receber apoio financeiro de empresas e órgãos públicos tampouco de partidos políticos e representantes eleitos. Alega que entrou na briga pelo Maraca porque o estádio é dos cariocas e não da Fifa e quem paga por ele são os contribuintes do Estado do Rio. A sorte está lançada. Faz algum tempo, aliás.



  • Maurício Ferraz

    Caro Janca, legítimo o governo pegar o empréstimo mesmo com a redução no orçamento de 931 para 859 milhões de reais. Legítimo porque uma parte do orçamento já está indo para o Maracanã então eu acho que quanto mais pegar emprestado melhor. Não sou contra o movimento, gosto muito da idéia, a sociedade tem que participar das decisões, mas como carioca fico do lado do nosso governo que quer o melhor pra cidade e pro estado do Rio. Abraços, Maurício Ferraz

    • janca

      Oi Maurício, entendo seu raciocínio, mas em nenhum momento disse que é ilegítimo contrair empréstimo. O problema é como pagar depois porque os recursos do estado também são limitados. Abs. e concordo com a importância de a sociedade civil participar de debates sobre políticas públicas, Janca

  • Johannes

    “Aproximar o cidadão comum das decisões que afetam a cidade e o estado fluminense” acho que essa é a grande questão não só para o Rio, mas como para todo o país, independentemente do que seja certo ou errado a sociedade deve estar consciente do que acontece e deve discutir o que é do interesse público, principalmente quando o povo paga a conta ou empresta o dinheiro…

    • janca

      É verdade, Johannes, e não só porque o povo paga a conta, mas também para definir prioridades. Falta verba para educação e saúde mas não para outros setores. Banqueiros, aliás, nunca ganharam tanto neste país. Abs. e valeu pelo comentário, João

      • Nilú

        Pois é, os baqueiros ganham muito, mas devem pagar mal seus funcionários, que já estão novamente em greve, atrapalhando com isso a nossa vida, e não estou discutindo aqui o direito deles. Acho também que o cidadão comum, para participar de decisões, deveria receber educação, instrução, só assim poderia formar uma opinião com base e ajudar a organizar este país, mas não é isso que acontece.É necessário que se estabelecer prioridades para os gastos públicos sim. Bom fim de tarde. Nilú

        • Johannes

          Face a responsabilidade que assumem, lidar com as finanças alheias, muitos dos funcionários de agência não são bem remunerados, …foi-se o tempo, anos 70, anos 80, onde os concursos para os bancos como Banco do Brasil ou Caixa Econômica eram ansiosamente aguardados, pois as carreiras eram boas e os salários muito bons.

          • janca

            E no final, Johannes e Nilú, o empréstimo foi aprovado pela Alerj. Abs. e ótimo dia pra vocês, João

  • Cicerio

    João boa tarde.

    E quanto a Abertura da copa ?? Será memso em SP ? já bateram o martelo??

    ABS

    • janca

      Acredito que será em SP sim, embora Minas continue na luta. A decisão sairá em outubro na reunião do Comitê Executivo da Fifa. Certo mesmo apenas que a final será no Maracanã. Abs.

  • renato sá

    O que tem em comum: África do Sul, Brasil, Rússia e Quatar?
    Mas pq eles tem isso em comum?
    Em pensar que a FIFA lucrou como nunca e impôs como nunca suas vontades no país do continente africano…

    • janca

      Na África do Sul você tem toda a razão, Renato, a Fifa fez a festa, baita lucro. E hoje cinco dos estádios da Copa estão quase às moscas… Abração, Janca

  • http://www.futebolcomoscurcinos.com
    ESCUTE NOSSO 6º PROGRAMA COM COMENTARIOS SOBRE A 26º RODADA DO BRASILEIRAO. PALPITES, HEROIS E VILOES DA RODADA, O QUADRO: A CULPA É DE QUEM??!, HUMOR E PAIXAO PELO FUTEBOL!E
    CURTA E DIVULGUE, PORQUE FUTEBOL COM OS CURCINOS FOI FEITO PRA VC! O MELHOR DO FUTEBOL BRASILEIRO!

MaisRecentes

Santos em SP



Continue Lendo

Fuga de patrocínio



Continue Lendo

Verdão vai às compras



Continue Lendo