Nova geração de santistas



Como o assunto é Neymar, fico pensando na importância para o Santos de manter o jogador.

Na minha infância e adolescência, o time da Vila, que já foi o melhor do mundo com Pelé, Coutinho, Pepe e cia., parecia que ia virar uma Portuguesa, com todo respeito ao time do Canindé, claro.

A torcida começava a minguar, os títulos não vinham, pais e avós santistas começavam a ver filhos e netos torcendo para outros clubes, principalmente o São Paulo, que passou a ser o time da vez. Vitórias e títulos atraem torcedores.

Não é que de repente veio a geração de Robinho, os títulos voltaram, agora apareceu a turma de Neymar e o Santos voltou a estar com tudo? Vejo pais palmeirenses, corintianos e são-paulinos observando seus filhos admirarem o Santos. O que fazer? Respeitar a decisão da criança, que muitas vezes nem é definitiva, mas passageira. O passageiro pode até virar definitivo e um dos melhores presentes que podemos dar a nossos filhos é deixá-los torcer para quem quiserem. Respeitar a liberdade de escolha é um presentão que poucos pais estão dispostos a dar, querendo moldar seus filhos como eles, pais, acham melhor.

Assim como Marcos e Rogério Ceni fizeram a molecada ficar mais atenta à posição de goleiro, que quando eu era criança era ocupada pelo pior jogador na linha, Neymar faz a garotada ficar encantada com o Santos. Quer imitar seu corte de cabelo, suas risadas, seus dribles, até as faltas que sofre. E as que cava, um direito de Neymar, por que não?

No jogo do Santos contra o Internacional, aqueles 3 a 3 no Beira-Rio, não é que os meninos colorados que entraram com o time da casa assim que viram o santista se desvencilharam e foram acompanhá-lo, pedir um autógrafo, dar-lhe um oi, ficar perto de seu ídolo? Neymar é isso, um rapaz que espero não se perca no caminho, que tem de responder a mesma pergunta mil vezes,  mantém bom senso de humor e é um dos responsáveis pelo crescimento da torcida do Santos, que voltou ao lugar que merece.



MaisRecentes

A matemática do futebol



Continue Lendo

A melhor do mundo



Continue Lendo

Aprender a perder



Continue Lendo