Espanhóis vão a Santos



Quem lê o título deste post pode pensar que me refiro a dirigentes do Barça indo a Santos para levar Neymar, mas não é nada disso. Trata-se de representantes da federação espanhola que irão visitar a cidade e as condições do CT Rei Pelé antes do final do ano, pois cogitam fazer de Santos a base dos atuais campeões do mundo durante a Copa de 2014.

Santos é uma das cidades que devem abrigar uma das 32 seleções do Mundial e, para isso, quer aprimorar ainda mais as condições de seus centros de treinamento. Nada melhor do que o clube que teve o melhor jogador do mundo receber os atuais campeões, embora os espanhóis não sejam os únicos interessados em ficar no litoral paulista. A França também quer agendar uma visita à cidade.

Os franceses, assim como os holandeses, já visitaram Goiânia, outra cidade que quer abrigar uma das 32 delegações durante a Copa, e ficaram satisfeitos, embora queiram analisar mais opções.

Canoas, no Rio Grande do Sul, também saiu à luta e constituiu até comitê para divulgar as qualidades e benefícios que tem para oferecer. Atraiu interesse de russos e suecos, que preferem treinar em clima frio _a Copa começa em 12 de junho de 2014, perto do início oficial do inverno brasileiro.

Já os dinamarqueses, caso se classifiquem para a Copa _as eliminatórias europeias ainda nem começaram_, cogitam ficar entre o Sudeste (Belo Horizonte tem dois dos melhores CTs do Brasil) e  Nordeste, com preferência para a segunda região, a fim de se acostumar com temperaturas mais elevadas, especialmente se tiverem que jogar no Norte ou Nordeste do país.

As seleções africanas devem procurar mesmo como base, até por conta do clima, o Norte ou Nordeste. É o que pretendem os sul-africanos, que receberam a última Copa do Mundo, se se classificarem para 2014.

As cidades brasileiras, no entanto, terão a concorrência de Argentina e Uruguai, que começaram a fazer propaganda para receber a pré-temporada de seleções estrangeiras. Buenos Aires gostaria de abrigar a Alemanha antes do Mundial, mas a tendência é que os alemães, classificando-se para a Copa, fiquem em Santa Catarina ou no Paraná.

A Itália, por sua vez, já foi convidada para treinar em São Paulo devido à forte colonização italiana na cidade. A Arena Palmeiras poderia receber os italianos, enquanto os japoneses cogitam treinar no interior do Estado de SP ou mesmo do Paraná, que tem boa estrutura.

A pouco mais de mil dias da Copa as seleções, mesmo tendo que passar pelas eliminatórias para garantir sua vaga, já estão se mexendo. E as cidades brasileiras também.



MaisRecentes

Nova caminhada



Continue Lendo

O desabafo de Cuca (ainda)



Continue Lendo

As críticas de Cuca



Continue Lendo