UFC Rio e o Coliseu



Não é que um evento no Rio tem sido comentadíssimo nos últimos dias? Acontece hoje o UFC, maior evento de MMA (Artes Marciais Mistas), com transmissão por TV aberta e TV a cabo.

É um dos esportes que mais crescem no país, talvez pelo sucesso que os brasileiros têm obtido, pelos cinturões que têm levantado nos últimos anos. Desde os primórdios do evento, aliás.

Mas é uma modalidade de que não gosto. E por mais que exija dos lutadores, que treinam como condenados, por mais que requeira tática e técnica apuradíssimas, não sei se pode ser considerada esporte.

Vocês podem perguntar: então por que o boxe pode? Também não sei se pode ou se deveria. Mesmo que muitos chamem o boxe de nobre arte, não é assim que ele é conhecido? E mesmo que o MMA não seja um vale-tudo, pois não é, tem uma série de regras a seguir.

Só que ainda me espanta observar o número de pessoas que adoram estes esportes, pois são considerados esportes, sim, querendo eu ou não.

Lembro até de uma polêmica na “Folha” entre dois brilhantes jornalistas, Eduardo Ohata, defensor do boxe, e Juca Kfouri, que apresentava restrições ao esporte. Eu também tenho as minhas.

O Coliseu de Roma, considerado um dos ícones da civilização, abrigou eventos bárbaros _o circo da política pão e circo. Gladiadores lutavam até a morte, leões esfacelavam seres humanos, homens eram castrados para o público ver e festejar a desgraça alheia, castrados como as estátuas no Vaticano, por ordem de um papa do século 19…

Essas lutas eram selvagens, como podem ser as de hoje no Rio. Muito sangue _e não gosto de sangue_, murros, finalizações, porrada. E muita audiência. Talvez esteja aí a chave da questão. Há dinheiro e público interessado. Mas ainda acho que existem batalhas mais importantes para o homem contemporâneo enfrentar. Muito mais importantes do que destruir seu oponente, às vezes até ele apagar. Não, não gosto de MMA, como tampouco gosto de boxe.



MaisRecentes

Tite questionado



Continue Lendo

A falta de um líder



Continue Lendo

Haja coração!!!



Continue Lendo