Kleber confessou. E daí?



Tanta besteira no mundo do futebol. Tudo bem, Kleber confessou que chegou a frequentar a Gaviões, que seu pai era corintiano, ele também… E daí?

Hoje Kleber é profissional e torce e luta pelo time que paga seu salário, em que ele está envolvido, onde interage com seus companheiros. Hoje é palmeirense e ponto. Amanhã, se for defender o São Paulo, é pelo São Paulo que vai torcer.

Tanta polêmica por nada… O ser humano gosta mesmo de uma confusão. E o futebol, como válvula de escape para as neuroses, parece perfeito. Perfeito até demais. Para desgosto de alguns, como é meu caso.



MaisRecentes

A matemática do futebol



Continue Lendo

A melhor do mundo



Continue Lendo

Aprender a perder



Continue Lendo