A verdade sobre Ronaldo em 98



Como cobri a Copa de 1998 na França, muitos me perguntam até hoje o que aconteceu com Ronaldo antes daquela maldita final. Foi a Nike que exigiu sua presença em campo? Ele teve um ataque epilético antes do jogo? Uma convulsão? O que aconteceu no vestiário do Brasil? E na concentração? Os jogadores entregaram a partida para os franceses? A seleção trocou a Copa de 1998 pela de 2002 e pelo direito de o país receber o Mundial de 2014?

Enfim, a pergunta que até hoje não quer calar: O que de fato aconteceu com Ronaldo em 1998?

E eu respondo a vocês, eu que estive lá, como respondo a todos que me fazem essa pergunta: Não sei. Sinceramente não sei. Se soubesse, teria publicado!!!

Mas tenho minhas teorias. Que não são necessariamente a verdade. Não, são apenas minhas teorias.

Ronaldo teve uma crise nervosa antes da final. Para mim foi o que aconteceu. Tiro isso principalmente depois do que o jornalista e hoje editor de Esporte da “Folha”, José Henrique Mariante, apurou.

Ele ficou mais uma semana após a Copa na França indo ao hospital por onde Ronaldo passou antes da decisão, à concentração da seleção, conversando com funcionários do hotel, tentando chegar… ao que de fato aconteceu.

Pelo que apurou, Ronaldo teve mesmo uma crise nervosa, uma crise de ansiedade, não um ataque epilético. E é nisso que acredito.

Quando estamos sob forte pressão _e Ronaldo estava por uma série de motivos que vou enumerar abaixo_, isso pode acontecer.

Ronaldo, ainda garoto, era a grande esperança do Brasil, o mundo todo estava de olho nele e isso não é fácil enfrentar. Fora os problemas familiares que ele vivia na França. Alugou uma casa onde ficavam seus pais, que são separados, cada um com seu novo parceiro e divergências entre eles chegavam ao próprio Ronaldo _e o aborreciam, claro_, durante o Mundial.

Boatos sobre sua então namorada, Susana Werner, hospedada na mesma casa, segundo os quais estaria tendo um caso com o jornalista Pedro Bial, o que duvido. Depois de conversar muito com Bial, na Copa de 2006, colocaria a mão no fogo e afirmaria com convicção que o caso não existiu, mas os boatos não paravam. Pois quando eles começam parece impossível freá-los. Eles correm como uma peste.

Tudo isso afetou Ronaldo, tanto que na véspera da final a então mulher de Bial, Giulia Gam, minha colega de classe na Escola Nova Lourenço Castanho, escola cuja diretora era a mãe de Juca Kfouri, uma diretora encantadora, aliás, apareceu com o filho do casal para mostrar ao atacante que estava tudo bem entre ela _Giulia_ e o apresentador e que nada havia entre Bial e Susana.

A pressão sobre Ronaldo era imensa. A responsabilidade de vencer os franceses na casa deles, a difícil relação entre seus pais, os boatos sobre sua namorada, tudo isso, enfim, levou-o a uma situação de estresse. Não a uma convulsão ou a um ataque epilético. É assim que vejo o caso. E é por isso que os exames não acusaram nada.

Mais maduro, Ronaldo hoje consegue tirar a pressão de letra. Enfrentar as críticas, inclusive sobre sua vida pessoal. Que é dele e de mais ninguém. Ele tem, como todo mundo, direito à privacidade. Mas, quando invadida, aprendeu a se defender e a se preocupar menos, cada vez menos, com as opiniões alheias. E com os boatos, fofocas e comentários maldosos.

Há dois filmes _”Notas sobre um Escândalo” e “Dúvida”_ que tratam muito disso, de boatos, invasão à privacidade, maldade, fofocas, como elas se espalham e se tornam “verdade” (especialmente no segundo filme)… Ambos muito interessantes.

Mas voltando a Ronaldo hoje ele é outra pessoa, mais forte, evoluída e preparada. Não teria tido a mesma crise que teve em 1998, imagino. Pode ter outras, mas aquela não.

E mostrou ter evoluído quando, numa das CPIs sobre futebol no Congresso, um deputado lhe perguntou o porquê de o Brasil ter perdido para a França. Com muita categoria, Ronaldo respondeu algo como: “Porque a França marcou três gols e o Brasil nenhum.” Como no futebol ganha quem marca mais gols… Arrancou risadas da plateia e deixou constrangido o “interrogador”. Isso é saber se defender. E atacar no momento certo. E Ronaldo, pelo jeito, aprendeu. Fico feliz por ele. Boa quarta a todos, João



  • Ferdinando

    A verdade nós nunca vamos saber, mas suas hipóteses são interessantes. O que a maldade humana não é capaz de fazer, não? Boatos, fofocas, pressão, a sociedade não perdoa mesmo. Você tem razão. Neste ponto com certeza está certo. Sobre 1998 só quem estava lá dentro ou talvez só mesmo Ronaldo ou talvez nem mesmo ele saiba o que aconteceu. Ferdinando Rodrigues

    • janca

      Gostei do que você escreveu, Ferdinando. Talvez, de fato, nem ele próprio saiba o que aconteceu. Mas vida que segue, né? Abs. e valeu pelo comentário, João

  • Anderson

    O Brasil fez uma Copa com dois jogos memoráveis contra Dinamarca e Holanda mas foi um desastre na final. Temos que reconhecer os méritos da França também. E o que falar da seleção do Mano? Tá tendo uma convulsão por jogo? Só isso explica o desempenho medíocre do Brasil. O que falar do recorde de ter perdido quatro pênaltis em quatro cobranças contra o Paraguai? Dá licença, meu. Ney Franco pra seleção!

    • janca

      Sim, Zidane inclusive declarou isso. Muitas vezes falamos como se não houvesse ninguém do outro lado. E havia uma ótima seleção fazendo a final em casa. Sobre os jogos contra Dinamarca e Holanda inesquecíveis realmente. Memoráveis, como você colocou. Abs. João

  • Johannes

    Bom Dia João Carlos,

    Como de habitual, entre um despacho e outro aqui no bunker, dou uma passada na internet, que geralmente começa pelo teu blog.
    Diante dos fatos que você citou a hipótese é bem plausível. Muitos jogadores relataram em entrevistas, noites de sono perdidas em vésperas de jogos de Copa do Mundo, some-se a ansiedade, a importância do jogo, a pouca idade do Ronaldo na época e tudo que você citou, dá pro sujeito travar.
    Em relação aos boatos, penso que há um público consumidor ávido pela boataria, pelos fatos incertos e notícias sobre a vida privada das pessoas. A Inglaterra é um exemplo clássico disso. Há sempre alguém disposto a ouvir conversa pra boi dormir e alguém doido pra vender esse tipo de caldo de bila, haja vista a indústria dos Paparazzo. No futebol a coisa também não anda ficando muito longe, pois na ausência do campo, o extracampo têm sido um objeto de consumo tanto da mídia quanto do torcedor. Na maior parte do tempo isso é feito de forma inofensiva mas ás vezes extrapola o limite do bom senso e é feito de uma forma negativa.

    • janca

      Obrigado por prestigiar o blog, Johannes. Quanto aos boatos você tem toda razão. Há um público que adora ouvi-los e lê-los tanto que as revistas de fofocas _e na Inglaterra os tablóides_ estão aí para comprovar. Grande abraço pra você, João Carlos

      • Johannes

        É isso João, e apesar desse público existir, considero que espremendo essas revistas e tablóides não sai quase nada que valha a pena. A expressão caldo de bila em bom cearencês significa algo sem substância ou valor, comumente se diz: “fraco igual a caldo de bila” pra dizer que algo é de má qualidade. Bila por sua vez é o nome comum da bolinha de gude pra molecada de muitos estados do nordeste.

        • janca

          Não conhecia a expressão, vivendo e aprendendo. Mas também acho que espremendo não sai quase nada dessas revistas e jornais sensacionalistas ou que vivem do oba-oba, porque isso também existe na mídia. Que é, por sinal, reflexo da sociedade. Uma espelha a outra. Abs. João

  • André

    Não posso pensar como vocês. Tem algo por trás disso tudo que nunca vamos ficar sabendo, não é mera teoria da conspiração, tem algo por trás, certeza.

    • janca

      Eu acho que é teoria da conspiração, sim. E há várias. Mas como disse o que realmente aconteceu talvez nem o próprio Ronaldo saiba… Abs. João

    • Guilherme

      Concordo com André: algo aconteceu que nunca saberemos, e que afetou profundamente os jogadores que entraram em campo. Esses jogadores, que em partidas anteriores demonstraram talento, compenetracão e lucidez, na final contra a França pareciam dopados, sonolentos e sem habilidade.

      O fato é: quando saiu a lista oficial logo antes do jogo, não estava Ronaldo, mas estava Edmundo, e quando os jogadores entraram em campo estava Ronaldo e não estava Edmundo na fila para cantar o hino nacional.

      Ninguem desmerece a França, mas o fato incontestável é que o Brasil nesse jogo era diametralmente oposto em qualidade ao Brasil dos jogos anteriores. Porque???

      Perder para a França em 1998 na final, claro que possível, perder daquele jeito só com fato que dificilmente iremos conhecer, porque parece que todos juraram sigilo, até Edmundo, que acho que está doido pra cantar.

  • Marcelo Moraes

    O Ronaldo amarelou. Foi só isso que aconteceu. Acontece nas melhores famílias.

    • janca

      Não, não acho que tenha amarelado. E se amarelou, amarelou o time todo, não podemos colocar tudo nas costas de um jogador só, futebol é equipe. E jornalismo também. Abs.

  • Reinaldo Fogão

    O Fogão liquidou o Atlético Mineiro. Cuca cinco jogos, cinco derrotas, zero ponto em 15 disputados _quáquáquá. Ronaldo pode ter tomado bomba na Holanda porque voltou muito forte de lá, como quase todos os brasileiros que vão pra Europa. Viram a mudança no Pato? Isso mexe no metabolismo de qualquer um. A explicação para 1998 pode ser essa, é melhor do que a sua, Janca

    • janca

      É, Cuca está mal, já foi bem mal no Cruzeiro, agora está um desastre no Atlético-MG, embora ontem o time até que tenha jogado bem. Classificar não ia, mas merecia um melhor resultado. Sobre a mudança no físico dos brasileiros na Europa não acho que isso esteja por trás do que aconteceu em 1998. E Ronaldo deu a volta por cima, depois de sérias contusões, em 2002, não se esqueça disso. Abs.

  • Tarcísio Rezende

    Caro Janca, eu também pesquisei muito sobre o assunto do mico do Ronaldo em 1998, e posso dizer que possivelmente cheguei bem perto da verdade. Infelizmente não posso afirmar publicamente por falta de provas materiais ou testemunhas que assumirão o acontecido, mas que tem relação com conflitos dentro do grupo de jogadores e influências extra-campo, isso tem sim !
    Quem sabe um dia em uma mesa de boteco a gente fale sobre o assunto, kkk.
    Abração, Tarcísio Rezende.

    • janca

      Claro, Tarcísio, mas que houve um racha no grupo e um racha em que Leonardo teve participação tenho para mim que houve, sim. E isso influiu, com certeza, até deveria ter colocado no meu post. Pois futebol é jogo de equipe, de grupo… Mas um dia conversamos na mesa de um boteco, com certeza _rs. Grande abraço, João

      • Raul

        Agora eu também quero saber desse racha aí.

  • aristoteles silveira souza

    O futebol mundial é capitalista e o Brasil um grande fornecedor de materia prima chamada
    jogador de futebol e isto é fato.O que acontece a muitos anos, nós brasileiros,200 milhões
    de técnicos já sabemos, mas a HIPOCRISIA não mostra as verdades . Este rapaz é o símbo
    lo de tudo que ´todos nós sabemos. LIBERDADE..IGUALDADE..FRATERNIDADE….
    UMA VEZ COLÔNIA …SEMPRE COLÔNIA…..OUI………. !
    Acabou o encanto…… O futebol morreu… . A paixão morreu…com ataques epiléticos…..
    falcatruas….mentiras e hipocrisias eternas…..

  • Timão ê ô, Timão ê ô

    Acho que o Ronaldo amarelou em 98 e depois deu a volta por cima em 2002. E também deu a volta pro cima no Corinthians, mano. Ele preferiu o corinthians que o flamengo e vai ter sempre nossa admiração por isso.

    • janca

      Não acho que tenha amarelado, não. Era muita pressão e o grupo chegou à final com rachas internas, tudo isso influencia, fora que a França jogava em casa e não era um time qualquer, muito pelo contrário. Abs.

  • alex

    mas agora com essa situacao real e afirmada no futebol mundial as fraudes etc de resultados de jogos, algumas teorias do passado era vista como algo impensavel (sera mesmo),

  • Mara Maravilha

    O povo eh muito ingenuo. Essa porra foi vendida.
    Vms la:
    1º – Convencer os dirigentes de cada delegação:
    Isso é a coisa mais simples. Dinheiro. Nao precisa convencer gente. Se quiserem manipular, vao manipular. Nao tem que querer, se o dirigente X nao aceitar a manipulacao, vai morrer. É simples. Ou entra no esquema ou se vazar os rumores, que nao aceitou vai rodar. SIMPLES. AFF..
    2º – Convencer cada jogador de cada seleção perdedora:
    Cada jogador ta pouco se fudendo pro povo brasileiro. Eles ganham rios de dinheiro, tem todos os carros, comem todas as mulheres. E é aquilo de novo, ou entra no esquema, ou vai se fuder. Nao morrendo, mas exames de antidoping manipulados pra acabar com o jogador. SIMPLES
    3º – Envolver centenas de pessoas sem que ninguem descubra:
    Que centenas??? Oi???
    Tanto segredo, distribuído com tantas pessoas?! Duvidamos disso! É como diz o ditado: “Segredo entre três? Só matando dois.”
    ISSO É UM DITADO. dinheiro vale mais do que honestidade, e se voce que escreveu esse site, vamos supor que vc estivesse la na hora e vc nao aceitasse, o chefao da parada ia falar ” nao vai aceitar? ta bom, entao pense direitinho meu amigo, pq sua carreira vai acabar” vc ia na televisao jogar no ventilador??? vc ia ter dinheiro pra bater de frente com a FIFA que compra tudo que é advogado e tudo mais??? acorda meu amigo
    4º Por que a Nike estaria por trás da negociação, sendo que a patrocinadora da França era a Adidas?
    Isso é temporario. Primeiro a ADIDAS ganharia a copa98, 2002 NIKE,2006 Puma,2010 ADIDAS…é tudo um ciclo… 23 milhoes de dolares(em outro texto tem esse valor totalizando todos os envolvidos do brasil) nao eh nada. O que ADIDAS ganhou com a marca dela na final com a FRANÇA é absurdo, fazendo 23 milhoes virarem pinto ao lado do lucro que tiveram.
    Edmundo sabe da historia e é questao de tempo pra ele abrir a boca. Quando ele estiver mais velho, quase sem dinheiro, ele vai tocar o zaralho.
    Nao adianta, nós, aqui do lado de fora nao sabemos um grao de areia que acontece por tras dos bastidores. Se ate o milan entrou no esquema, sendo rebaixado, vcs acham mesmo que seleção nao ia entrar?? pensem: isso td é dinheiro, interesse politico.

    • Luiz Octávius

      Porquê será que sempre que o Brasil perde, o jogo foi fendido? 82,98, e até mesmo 2006?

      • Sol do Sul

        Luiz Octávius, continua com a mesma idéia de julho 2014 depois que a casa caiu FIFA,CBF e outras organizações, inclusive patrocinadores estão na m ira da CIA?

    • Sol do Sul

      Nada como um dia a pós outro. Demorou mas a casa caiu. FIFA, CBF vem fudendo todo mundo e ainda temos que ter padrão FIFa,

  • Gustavo Henrique Ostermann

    PATROCINADORES.

    Isto que aconteceu em 1998.
    O Ronaldo teve um ataque (epilético ou não) e foi FORÇADO a jogar por causa dos vários patrocínios que possuia.

    Mesma coisa que está acontecendo com o Neymar atualmente: pressão dos patrocinadores.
    Ele pode jogar mal como um jogador de várzea mas, mesmo assim, não vão tirá-lo do time.

    Você erra completamente no foco: não foi apenas a Nike que botou pressão. Foram vários patrocinadores juntos que exigiam a presença do Ronaldo na final.

  • Mauricio Rodrigues

    Foi pressão em cima de pressão, Ronaldo não conseguiu administrar , e, entrou em parafuso, questões familiares, com s pais , namorada, etc. Zagalo também teve sua parcela de culpa( mais tarde respondeu a uma CPI , contra a Nike e CBF). A verdade dita cara a cara, por quem estava lá, talvez jamais venha a tona, pois quem pode com a FIFA, NIKE, etc, é muito triste e vergonhoso, mas, quem terá carater de falar alguma coisa, quando milhões e milhões de dólares estão em jogo?

  • marcos

    Pois é, como você explica que o Ronaldo passa mal e a seleção que é composta de 22 jogadores mais o técnico não jogam nada na final da copa….um jogador consegue fazer todo o time jogar como um bando de amadores. Digamos que isso seja verdade……pobre dos esportes coletivos.

  • queria saber quem era o artro da copa de 19998

    • Mohammed

      Ainda não vivemos o ano 19998.

  • alvaro

    bom dia! tb sempre achei que o problema de ronaldo foi psicologico, sofro de sindrome do pânico há muitos e sei o que um cerebro estressado pode fazer com o corpo, mas se ronaldo sentiu a pressão pela idade e por tudo que estava passando , fico imaginando a cabeça do neymar, com apenas 21 anos , camisa 10 da seleção , copa no brasil , ainda mais que já perdemos uma aqui, espero que o garoto não sinta como o ronaldo.

  • Marcos Figueiredo

    Ok…Ronaldo pode ter sofrido uma crise nervosa no vestiário, mas a seleção Brasileira era composta apenas de Ronaldos?
    Quer dizer então que se o Brasil tivesse sido campeão teria sido apenas o Ronaldo o responsável?
    Por TODA a seleção Brasileira voltou em campo engatinhando?
    Se Neymar soltar um pum no vestiário a copa de 2014 estará perdida?
    Gente…futebol é circo…por trás do futebol há uma empresa…toda empresa vende produtos para ter lucros…Derrotas ou vitórias nestas empresas são produtos com alto valor agregado. Lembram-se das lutas de Tele Catch? Futebol também é assim…

    • janca

      Talvez porque o elenco do Brasil e a comissão técnica racharam sobre o que fazer com Ronaldo naquela final. E a crise nervosa não foi no vestiário, foi na concentração. Depois ele chegou a ir ao hospital, fez exames e nenhuma anormalidade aparentemente foi encontrada.

  • João, talvez quando escreveu esse artigo voce ainda não havia lido o livro “Invasão de Campo”. Não que o livro seja taxativo, mas deixa clara a maior probabilidade do que deve ter acontecido em 1998. Quem vence os jogos é o dinheiro, a política, as marcas esportivas. Nem todo mundo sabe reagir a uma ordem do tipo “vc não vai jogar nada hoje, entendeu? eles tem que ganhar”.

    • janca

      Mas se tivesse havido essa ordem você não acha que um entre mais de uma dezena de jogadores e membros da comissão técnica teria falado? E não conheço esse livro não. Qual o autor?

    • Viviane, parabéns pela sua definição da copa de 1998, pois a verdade tem que ser dita e basta de mentiras!!….o pior é que tem pessoas que acreditam em histórias de carochinha! Desde essa data não torço para o Brasil como antes, agora só o desejo boa sorte.O futebol tem que respeitar seus torcedores e esse capitalismo maldito continua comprando o caráter das pessoas, pois infelizmente o dinheiro é a raiz de todos os males….mais vale o bolso cheio de dinheiro, do que uma nação vencedora e feliz!!

      • denise

        Concordo com a Viviane a voce Cristiane, e agora depois dessa Copa de 2014, foi muito surreal o que aconteceu com o Brasil na terca, ai tem um gamba, corrupcao e quem sabe ate ameacas.

  • HENRIQUES

    NA SUA OPINIÃO COMO PROFISSIONAL VC ACHA DIFÍCIL TER ARMAÇÃO NAS COMPETIÇÕES FUTEBOLÍSTICAS?

    • janca

      Difícil acho sim, impossível, não.

  • MALU

    e ai ronaldo? vendeu a copa porque? e dessa vez de novo venderemos a copa ja sabemos que nike pagou e espanhois bravos! vergonha nacional! to falando antes do jogo! dilma pagou quanto?

  • Helenaldo

    Com esses escândalos da FIFA vindo a tona logo saberemos por quanto o Brasil vendeu a final da copa de 98.

  • rodrigo moreira dias

    ano 218 copa do mundo fifa na russia. (ussr) russia e jamaica farao a final. Brasil levara 7 a1 da guatemala. Alemanha atual campea vai tomar 6 a 1 da bolivia (quartas de final). Argentina perdera de 8 a 3 pra el salvador. A copa da russia ta comprada. Pior o brasil eliminado na primeira fase e ultimo do grupo. Amigos queridos guardem bem minha profecia historica rezem contra fifa mafiosa e pt partido louco so quero ver os russos campeoes do mundo com uniforme nike thau gente.

MaisRecentes

Decepção são-paulina



Continue Lendo

Alessandro na frigideira



Continue Lendo

Del Nero na Rússia



Continue Lendo