CBF culpa Gabão por matéria



Ricardo Teixeira não gostou nada de matéria no “Jornal Nacional”, que chegou a exibir uma foto sua, sobre rombo nos cofres públicos por conta de um amistoso da seleção brasileira.

Segundo um empresário próximo de Teixeira e também de acordo com um ex-funcionário da Nike, o presidente da CBF diz que a Globo não gostou da escolha dos adversários para os próximos amistosos do Brasil, que são fraquíssimos e dariam pouca audiência.

Entre eles estão Gabão e Egito, mas também Costa Rica e México, que não estão no nível dos “grandes” que o dirigente dizia que a seleção enfrentaria.

Quando o Brasil perdeu para a Alemanha, o narrador Galvão Bueno demonstrava ansiedade para conhecer o próximo adversário da seleção. Para Teixeira, a emissora não teria gostado da escolha de seleções mais fracas e retaliado, o que a Globo nega, alegando independência do jornalismo de todos os veículos da organização.

A denúncia apresentada no “Jornal Nacional” não é nova, a novidade, porém, foi a ação de uma equipe de 12 policiais que foram ao Rio cumprir mandados de busca e apreensão na sede da Ailanto, empresa que promoveu o amistoso entre Brasil e Portugal, em 2008, causando rombo superior a 9 milhões de reais aos cofres do governo do Distrito Federal.

A empresa, aberta pouco mais de um mês antes do amistoso, seria de amigos de Teixeira e teria capital social inferior a 1 mil reais.

O ex-governador José Roberto Arruda, que era aliado de Teixeira, teria dado aval para que a Ailanto organizasse a festa do amistoso que custou mais de 9 milhões de reais. Preso no ano passado depois de uma série de denúncias de corrupção, Arruda foi cassado do cargo.

Ele se defende do caso do amistoso dizendo que não tinha como fazer licitação, enquanto a CBF alega que quem tem o direito de negociar os amistosos do Brasil é uma empresa da Arábia Saudita, embora os adversários sejam escolhidos pela entidade.

A decisão de enfrentar equipes mais fracas foi pessoal de Teixeira, que teme que sua imagem, já abalada com problemas de organização para a Copa de 2014, fique ainda mais prejudicada com o pífio desempenho da seleção.

Nas redes sociais cresce o movimento pela saída do dirigente e novas manifestações de rua, depois das que aconteceram no Rio e em SP, começam a ser programadas para as próximas semanas.



  • Johannes

    Bom Dia João Carlos,

    Dizia um antigo professor meu que salário de aluno era nota. Da mesma forma acho que a opinião pública tende a relevar o extra-campo quando os resultados aparecem em campo. A percepção do Ricardo Teixeira nesse caso é fundamentada. O fato de o Brasil ter ganho uma Copa depois de 24 anos sem vencer um Mundial em 1994, contribuiu para que o cartola ganhasse poder. Depois teve 2002. Aí vem a música da Ivete Sangalo com o tal do…e vai rolar a festa…, Zeca Pagodinho com o deixa a vida me levar…e a maioria deixou mesmo tudo pra lá, tem taça tá tudo bem….e a festa rolou. Se a seleção tivesse arrebentando em campo nao tenho dúvidas que parte da opinião pública acharia que está tudo muito bem e que a FIFA/CBF poderiam fazer farra com o nosso dinheiro. Isso seria lamentável é claro, mas creio que seria dessa forma. Quanto a vista grossa da Globo, creio que é a pressão da opinião publica e setores do jornalismo da própria emissora que estão aproveitando as condições propícias para deixar as coisas menos ocultas.

    • janca

      Bom dia, Johannes. Sabe que eu concordo com você em relação ao desempenho da seleção? Se o time vai bem, outras denúncias podem ficar esquecidas ou relegadas a um segundo plano pela sociedade. Só que não acho que a Globo faça vistas grossas, não. Trabalhei lá e tinha liberdade para falar o que quisesse _sobre Ricardo Teixeira, CBF, o que fosse_ contanto que estivesse fundamentado. Isso é importante de dizer. Grande abraço, João Carlos

      • Johannes

        Bom João,

        É legal ouvir um depoimento de quem esteve lá, e certamente você sabe do que fala pois nada como a experiência de fazer parte de uma estrutura de trabalho pra saber como as coisas funcionam. Mas a parte das teorias conspiratórias e boatos que são comuns em meio a internet, e na sociedade de uma forma geral, aquelas velhas idéias prontas que a gente muitas vezes acaba repetindo e propagando por aí ,eu percebo uma certa apatia sim da parte da Globo. Hoje com o advento das tvs fechadas, e com a criação dos canais tipo Espn Brasil, Sportv, Sites de esporte com 24 horas on-line como é o caso aqui do Lance, acho que se reflete muito pouco sobre aspectos extra-campo em algumas midias, (não é o caso aqui do Lance). Na maior parte dos casos pode não haver uma censura prévia, mas não se percebe uma orientação no sentido de um jornalismo que além de se ater ao aspectos esportivos reflita um pouco sobre o curso da administração das coisas do esporte. Eu diria que fica meio manco em algumas mídias, com muita bola e nada de reflexão. O contrário também não acho saudável. Nesse particular então, embora siga com a mente aberta e tendo certeza que posso ter uma visão distorcida das coisas, e respeitando sua opinião, sigo pensando que falta vitamina no jornalismo esportivo da Globo, incluo aí a tv fechada, mesmo sabendo que lá há profissionais de capacidade e conhecimento superqualificado.

        • janca

          Claro, Johannes, opinião é opinião e eu respeito a sua. Quando estava no Sportv, a ideia era justamente fazer mais programas para discutir temas como administração do esporte e isso Cleber Machado, que na época comandava o “Arena”, fez várias vezes com diversos convidados. E o “Sportv Repórter” também. Na ESPN essa discussão está aí em diversos programas esportivos. E só para lembrar a CBN, que faz parte das organizações Globo, não sei se foi quem levantou o caso do amistoso lá atrás, do amistoso do Brasil que está sob investigação. No caso de TV aberta esse tipo de discussão _política esportiva, por exemplo_ fica mais de lado até por conta da audiência. Os canais fechados podem trabalhar esse tópico melhor, pois o público que se interessa por ele não é a grande massa. E TV, como jornais, revistas, mídia, em geral, é um negócio, não podemos nos esquecer disso, por mais que se fale em jornalismo independente aqui e acolá. Abs. João

          • Johannes

            Entendo o que você diz João, até porque é fácil cobrar das pessoas que ajam dessa ou daquela forma quando não se conhece a fundo todos os aspectos que involvem uma atividade. Sei que o público acaba formatando a programação das emissoras e que realmente a conjuntura é complexa e a muito o que se analisar nas questões que involvem a cobertura da impressa. O tema dá pra encher uma biblioteca, ou pelo menos uma boa estante dela. Agradeço pela atenção de sempre, seguimos acompanhando os temas ,sempre relevantes, do blog. Um grande abraço e um bom inicio de semana .

          • janca

            Pra você também, Johannes, e obrigado pelas contribuições de sempre. Abs.

    • milton

      Assim como os governantes, temos a impressa que merecemos, ou seja, conivente, coviteira, atolada com os corruptos, globo e você, nada a ver. E vcs ainda enaltecem essa emissora, que foi conivente com o governo da ditadura, e sempre é conivente com a situação corrupta, desde que não lhe tirem o patrimonio, ou não batam de frente com os seus interesses…realmente a imprensa é o quarto poder, mas que mer…de poder que temos com essa imprensa de quinta chamada globo.

  • Leonardo Martins

    O que me irrita é saber que o Arruda foi cassado por “tão pouco”, enquanto a gente assiste governadores fazendo coisas piores e nada acontecendo……Não queria desviar o foco da notícia, foi só pra constar! rs abs!!!!

    • janca

      Não acho que tenha sido por tão pouco, Leonardo, mas temos visto absurdos e mais absurdos e muitas vezes também fico com a sensação do nada acontecendo. Valeu pelo desabafo, João

    • Marcos Paulo Barletta Schiavon

      Leonardo, de fato nao é o foco, mas os desvios (de conduta e dinheiro) do Arruda nao foram poucos. Aliás, para mim nao há pouco ou muito nesses casos, apenas certo ou errado, seja para uma montanha de dinheiro ou para uma Fiat Elba (Collor). Tomara que possamos ver uma era de decência daqui pra frente!

      • janca

        Também acho Marcos Paulo. Abração e valeu pelo comentário, João

  • Lucas P9

    E tome maracutaia nos corredores da CBF!

  • CHINES: SHEWKUH SHAY CHANG

    ESSE ESSES REPORTERES FOSSE MAIS HOMENS DO QUE COVARDES, TERIAM FEITAS UM REBU
    E MAIS AS TORCIDAS, FAZENDO UMA GRANDE MANIFESTAÇÃO NA INTERNET E RUAS, ALEM DE
    SEREM FEITAS GRANDES FAIXAS NAS ARQUIBANCADAS PARA QUE APARECECEM NAS TVS NO MUNDO TODO O QUE NÓS BRASILEIROS REPUGNAMOS CONTRA ESSE SAFADO QUE SE APOSSOU
    DA CBFE MANDA COMO SE FOSSE DONO, SEM NINGUEM INTERFERINDO.

    • janca

      Sábado houve manifestação nas ruas de SP… Abs.

  • OPINIÃO:
    DEMOCRACIA ESTÁ FERIDA COM ESSA SITUAÇÃO.

    PRESIDENTE DA REPUBLICA FICA SÓ 4 ANOS.
    SENADORES E DEPUTADOS PREFEITOS VEREADORES,TAMBÉM.
    PRESIDENTE DE CLUBES IDEM….
    POR QUE NÃO NA CBF ????

    • janca

      Oi Hélio, a questão é que presidentes de clubes e federações não ficam quatro anos no poder, podem se reeleger quantas vezes quiserem, depende do estatuto de cada clube ou federação. Mas sou favorável, em todos os casos, inclusive na CBF, a um limite _no máximo uma reeleição. Lembrando que Ricardo Teixeira está no cargo desde 1989… E fica pelo menos até 2015. Abs. e valeu pelo comentário, João

      • kalango kid

        E depois de 2015 o enganador, braço direito do Ricardo, Andres Sanches (presidente do corinthians) coincidencia,não???? e quem veio antes dele???? Joaõ Havelange, quem também está cotada para assumir a vaga e tem cargo de Diretora executiva do COL, o comitê organizador do Mundial, “Você sabe quem é ela? Ela é neta do João Havelange, filha do Ricardo Teixeira” Parentesco e sobrenome não podem servir como palavra mágica.

        Vai ser sempre assim (Globo, CBF, Corinthians), brasileiros acostumem-se com isso, bahhhhhh!

        • janca

          Só falta Joana Havelange substituir o pai na CBF _risos. Mas temos que tomar cuidado com teorias da conspiração. Globo e Corinthians não têm nada a ver com isso. Quem tem é o Andrés Sanchez, que pelo jeito sonha em ocupar o lugar de Teixeira na CBF depois da Copa. E não o acho um bom dirigente, muito pelo contrário. Aliás bom dirigente é raro no nosso futebol… Outro que faz péssimo trabalho é Juvenal Juvêncio, no São Paulo, Palmeiras vive em briga política, Roberto Dinamite vai bem no Vasco, mas não pode se perpetuar no poder, o Fluminense está pegando fogo, o Atlético-MG, idem, assim como Grêmio… Nosso futebol não está em boas mãos há anos, há décadas, melhor dizendo. Abs.

  • paulo

    Sabe o que é pior, Joaõ? o ex office boy que em 20 anos se tornou presidente do corinthians dizer que o amiguinho dele presidente da cbf esta sendo injustiçado, fazendo a cama dele pra sucede-lo!

    nada contra a instituição corinbthians, mas poderiam escolher melhor quem dirige politicamente o clube, nao acha?

    • janca

      Sem dúvida, tenho péssima impressão do Andrés Sanchez. Nossos clubes mereciam dirigentes mais competentes… Andrés Sanchez tornou-se um dos principais aliados de Teixeira no ano passado, lembra? Abs. João

      • kalango kid

        Vai ser sempre assim (Globo, CBF, Corinthians), brasileiros acostumem-se com isso, bahhhhhh!

        • milton

          Meu amigo, não confunda o Corinthians com isso…o fato de dois safados se apossarem do clube (dualib e sanchez) não quer dizer que a instituição é suja…uma instituição que foi fundada por trabalhadores, e na sua maioria tem uma torcida de trabalhadores…assim também como todas as torcidas tem maus e bons dirigentes, bons e maus torcedores.

          • janca

            Concordo com você, Milton, maus dirigentes não são um caso específico do Corinthians, há dezenas e dezenas de clubes com dirigentes ruins e incompetentes, para falarmos o mínimo. Você falou bem, há bons e maus dirigentes como bons e maus torcedores, abs. João Carlos

          • kalango kid

            Se me expressei mal, desculpem-me torcedores trabalhadores, mas quando citei (erroneamente) o Corinthians, quiz dizer “ANDRES”, A instituição CORINTHIANS é uma instituição de respeito e consagrada, torcedores de outras facções podem até “zoar”, mas é a mais pura verdade, o que estraga é quem as dirige, deveria haver mais respeito com as pessoas que ficam na fila e no sol em dia de jogo, sou Flamenguista, mas há de se reconhecido por todos que o CORINTHIANS é um dos maires times do mundo, quem for contrário, deve nunca sequer participar de debates sobre futebol.
            PS.: Corinthianos (verdadeiros) vamos vibrar muito até o final de ano a briga tá boa, boa a sorte e em Dezembro que vença o melhor!!!!

          • janca

            Tá explicado, quem nunca se expressou mal na vida que atire a primeira pedra. Valeu pelo seu comentário, abs. João

  • fa

    O que nos parece em primeira análise é a criação de entidades “ocultas” que tendem a gerenciar as atividades esportivas de maneira controversa aos valores legais. Uma solução viável, embora meramente improbe, seria uma ostensiva ação de fiscalização do Ministério Público, afinal, se o esporte deve ser pautado de forma menos importante do que outros pontos a se fiscalizar, o envolvimento de dinheiro público é sim um motivo para lhe incluir em pauta de extrema importância. Não se trata de julgar a “vista grossa” de um ou outro meios de comunicação, afinal de contas, o universo da mídia nada mais é do que um ambiente onde as empresas expõem seus produtos e esperam com isso resultados, mesmo que os meios para tal não sejam os mais saudáveis. Trata-se de relevar a necessidade de auditoria de meios e resultados, de criar padrões previstos em lei que não permitam brechas para eventuais artimanhas manipuladoras, artifícios legais que não se defasem por interpretações dúbias que lhes possam fazer passar por interpretatavivos e evasivos. À luz de toda nossa responsabilidade diante dos eventos que vamos sediar, é fundamental abrirmos nossos olhos a tudo que acontecerá nestes dias e nos anos que virão.

    • janca

      Também acho que o Ministério Público tem que ficar de olhos abertos, pois se trata de dinheiro público. E como você disse teremos Copa e Olimpíada logo mais… No Brasil. Abs.

  • luiz

    A policia federal ten que convida a presidente do Flamengo Patricia Amorim a dar um depoimento. O Presidente da CBF Ricardo Teixeira tentou ajudar o Flamengo dando o titulo de 1987 sobre ameaça da Patricia Amorim que iria denucialo ,que denucia são ésas?

    • janca

      Desculpe, mas confesso que não sei de nada disso. Abs.

    • raça fla

      é amigo o fla é o legítimo campeão de 87 jogou com os grandes… agora acho q quem foi ajudado foi palmeiras, santos, bostafogo… q ganharam títulos do brasileiro jogando 4 partidas…

      • kalango kid

        quem não tem o que falar, vem aqui para um blog sério e fala besteira…

        • kalango kid

          me refiro ao tal de luiz…deve ser algum torcedor infeliz com seu time e desconta em outros…

  • Davi Oliveira

    Pois é, o Ricardo Teixeira teria dito que “somente iria se preocupar se as denuncias fossem no jornal nacional”, pois bem, está feito!
    João, acho que um outro possivel motivo, foi a troca de horarios de jogos aos sabados. Esses jogos provavelmente atrapalhem a globo na grade de programação.
    Espero que o futebol Brasileiro acorde para a realidade, se continuar dessa forma, em 2014 vamos ser vitimas do maior bullying da história! rs

    Abraços

    • janca

      Isso foi noticiado pelo painel da “Folha” na edição de hoje, mas não tenho essa informação _de que a mudança nos horários dos jogos teria irritado a Globo. Mas Ricardo Teixeira de fato falou que só iria ficar preocupado se as denúncias aparecessem no “Jornal Nacional”. E agora apareceram… Abs.

  • Vladimir

    João, não é interessante que depois de muito tempo a Globo venha mostrar uma matéria que expõe sériamente a CBF (a última foi um Globo Reporter de 2001…!!)??? Com tanta informação e com tantas denúncias contra o Sr. Ricardo Teixeira, é de se estranhar realmente. Mas enfim, vamos ver aonde isto vai dar.
    Como corinthiano não gostei de como as verbas foram disponibilizadas para a construção do estádio, mas tenho que dar o braço a torcer, de que como vizinho do futuro estádio, vai valorizar e muito a região. Gostaria que o estádio saísse de uma forma mais clara e com parceiros particulares, sem o dedo do governo. Gostei de ver a matéria no JN e gostaria de ter ido a passeata, que se não foi gigantesca, pelo menos teve um simbolismo muito forte. Abraço.

    • janca

      Oi Vladimir, eu entendo e até concordo com seu ponto de vista, mas não sou da Globo nem represento a emissora para responder sua pergunta. De resto, também não gostei como as verbas estão sendo disponibilizadas para a construção do Fielzão, o que já me rendeu muitas críticas neste blog, e espero que a região seja valorizada, sim, especialmente quando falamos de educação e saúde, escolas, ensino decente e bons postos e profissionais pagos dignamente para atender no setor de saúde. Também gostei de ver a matéria no JN e concorco com você sobre o simbolismo da passeata. Grande abraço e valeu pelo comentário, João

  • Gosto dessas denuncias do JN,agora quanto as manifestações na rua pra mim não tem validade alguma,um bando de desocupados que não tem noção por que do protesto,alguns seguem a onda de alguns por aí que gostariam de ter relações comerciais com a CBF…

  • sandrofla

    Enxergo como uma guerra fria entre Globo e Ricardo Teixeira. Outras retaliações de ambas as partes surgirão até a copa do mundo.
    Agora será um desastre Andrés Sanches assumir a CBF. Na última copa os vimos como coordenador de seleção e eu temi algum acordo sendo alinhavado ali, e foi o que aconteceu, hoje já se fala de uma possível “eleição” de Sanches a presidência da entidade máxima do futebol brasileiro.

    • janca

      Oi Sandro, não vejo como guerra fria, não, o JN apenas deu uma notícia relevante, mas também acho que o presidente corintiano assumindo a CBF seria um desastre só. Vamos ver os próximos passos… dessa guerra fria, como define você. Abs. João

  • vinicius leal

    Rede Globo e Ricardo Teixeira tem tudo haver, são aliados, os dois são um câncer no Brasil, um manipulando o povão com suas informações distorcidas ou pela falta de informação do que interessa ao povo, e o outro não preciso nem falar né.

  • Paulo Eduardo

    Agora sim, o time da Branca de Neve vai…………
    Gabão é a salvação da seleção hortifrutigranjeira…………
    Até o Egito, esta analisando se vale a pena………………………….
    Em falar em pena, após Ganso, Pato, só falta o frango da Sadia………….

  • Geraldo

    Esse senhor se acha, mesmo! Continua dando a entender que tem influência suficiente na Globo para calar o Depto. de Jornalismo, como disse em entrevista recente. Quer dizer que a Globo também manda na Policia Federal, a ponto de mandar fazer busca e apreensão na empresa do amigo dele? Quer dizer que jogar contra o Gabão seria motivo para romper uma relação que “vem dando certo” há tanto tempo quanto ele insinua? RIDICULO! Se fosse assim, ele teria sido derrubado em 2001, quando o Brasil quase ficou de fora nas eliminatórias e depois foi fazer amistosos contra os poderosos Andorra e Malásia. Sugstão para o Sr. Teixeira: Pega o seu banquinho e saia de mansinho.

    • janca

      Assino embaixo. Minha sugestão para ele é a mesma que a sua. Mas ele de fato se acha acima do bem e do mal. Você leu a entrevista que deu para a revista “Piauí”? Como diz o Juca Kfouri, o futebol deve muito ao perfil traçado na revista pela brilhante jornalista Daniela Pinheiro. Abs. e valeu pelo comentário, Janca

  • Alexandre

    A Globo veio tarde e veio tímida.
    Esta matéria do JN só reforça o quanto ela tem sido omissa, seja por interesse próprio, seja por deficiência editorial.

    • janca

      Fica registrada sua reclamação, Alexandre. Abs. João

MaisRecentes

A dívida do Verdão



Continue Lendo

O clima para Rodrigo Caio



Continue Lendo

Timão x Odebrecht



Continue Lendo