Guga, o polvo e o filme



Gustavo Kuerten sempre foi muito mais do que um “simples” jogador de tênis. Não é que graças ao instituto fundado por Guga temos visto uma série de benfeitorias para a população de Santa Catarina? A última tacada do tenista que leio na imprensa local é a ajuda que deu para 26 projetos em mais uma dezena de unidades da Apae no interior do Estado. Acho Guga sensacional desde que o conheci. Um sujeito com bom senso de humor, de bem com a vida, engajado, sem ser chato e cujo sucesso definitivamente não subiu à sua cabeça.

Leio também sobre a escolha do sucessor do polvo Paul, o vidente da Copa da África. Há coisas mais importantes do que isso. Mas o povo parece ainda precisar de pão e circo. E no circo o que não gosto é da forma como os animais são tratados. Parece que queremos humanizá-los, mas os humanizar significa, muitas vezes, maltratá-los. Domesticá-los para quê? Para termos alguns momentos de “diversão’? A que custo?

É hoje também a estreia do documentário de que participei com José Menezes, Lucas Justiniano e Arturo Hartmann aqui em Floripa, no Florianópolis Audiovisual Mercosul, sobre o qual já escrevi no post de ontem. Estou curioso para ver a reação do público. O olhar do outro pode incomodar, mas pode ser bem interessante. Abraços de Floripa, João



  • André

    Assino embaixo do que você escreveu, Janca. Guga aqui é rei. E mais uma vez boa sorte pro teu filme, cara. Abs. André

    • janca

      Valeu, André. Abração.

  • Flavio Miranda

    Quero ver o filme. Vai passar em Sampa? Quando? Tem em DVD?

    • janca

      Vamos nos inscrever na Mostra de SP. E iremos lançar em DVD, sim. Grande abraço e valeu pelo comentário, João

  • Nilu

    Joao eu ia comentar o post anterior,com calma, talvez ainda o faça, mas depois desse, tenho que dizer rapidamente… Joao que ser especial e contraditorio, ainda bem, parece ser vc! Muitas coisa se ve quando se le vc…

  • Nilu

    Vc esqueceu do L do polvo, se quer ou por algum motivo….” risos” Nilu

    • Nilu

      Leia-se ‘ sem querer’ errei tb. Odeio digitar no celular. Sorry!

      • Nilu

        Me atrapalhei inteira! Sao tantas coisas interessantes para comentar…que os meus dedos se antecipam aos meus pensamentos e acabo me colocando confusamente. Espero que tenha sido o maximo ai em Floripa!

    • janca

      Ops, vou corrigir agora mesmo. E valeu por tantos comentários. A estreia do filme foi muito bacana, sim. Abs. João

    • janca

      Oi Nilu, já corrigi, acho que foi um ato falho. Freud explica… Abs. e hoje vou colocar um post sobre a estreia, que é sempre uma experiência diferente e, para mim, como se trata do meu primeiro filme, participar de um festival é meio louco, mas interessante. E espero que muitos outros venham pela frente. Abs. e bom domingo, João

MaisRecentes

Nova zaga são-paulina



Continue Lendo

O futuro de CR7



Continue Lendo

Luxa sob pressão



Continue Lendo