Mais de R$ 1 bi no Maraca



A reforma do Maracanã deve sofrer novo aumento de custo e ultrapassar a casa de 1 bilhão de reais. Novo estudo sobre as obras será feito depois de quarta-feira, quando a Fifa apresentará suas últimas exigências para as arenas brasileiras. A elevação do preço, no entanto, é dada como quase certa na Secretaria de Obras do Estado do Rio.

Uma pena. O que o país irá gastar em estádios não está escrito. O do Corinthians nem saiu do papel e tem o orçamento cada vez mais inflado, contando agora com a possibilidade de receber uma bela ajuda da Prefeitura de São Paulo, enquanto a cidade carece de obras básicas e está em estado de abandono. A Fonte Nova, na Bahia, não deve atender às exigências da Fifa por menos de 600 milhões de reais.

O que fazer com estes estádios depois? E as obras básicas, a questão do transporte, da segurança, do sistema hoteleiro, como ficam? O real custo da Copa só saberemos depois de 2014. E serão anos para pagar a conta, como está ocorrendo com os sul-africanos e como ocorreu em outros grandes eventos, caso dos Jogos de Atenas, em 2004, com determinadas dívidas prorrogadas para 2024. Sim, 2024. E com a economia grega do jeito que está, então, já há quem ache 20 anos pouca coisa…

 



MaisRecentes

A situação de Loss



Continue Lendo

A matemática do futebol



Continue Lendo

A melhor do mundo



Continue Lendo