Mais de R$ 1 bi no Maraca



A reforma do Maracanã deve sofrer novo aumento de custo e ultrapassar a casa de 1 bilhão de reais. Novo estudo sobre as obras será feito depois de quarta-feira, quando a Fifa apresentará suas últimas exigências para as arenas brasileiras. A elevação do preço, no entanto, é dada como quase certa na Secretaria de Obras do Estado do Rio.

Uma pena. O que o país irá gastar em estádios não está escrito. O do Corinthians nem saiu do papel e tem o orçamento cada vez mais inflado, contando agora com a possibilidade de receber uma bela ajuda da Prefeitura de São Paulo, enquanto a cidade carece de obras básicas e está em estado de abandono. A Fonte Nova, na Bahia, não deve atender às exigências da Fifa por menos de 600 milhões de reais.

O que fazer com estes estádios depois? E as obras básicas, a questão do transporte, da segurança, do sistema hoteleiro, como ficam? O real custo da Copa só saberemos depois de 2014. E serão anos para pagar a conta, como está ocorrendo com os sul-africanos e como ocorreu em outros grandes eventos, caso dos Jogos de Atenas, em 2004, com determinadas dívidas prorrogadas para 2024. Sim, 2024. E com a economia grega do jeito que está, então, já há quem ache 20 anos pouca coisa…

 



MaisRecentes

Briga por Alan Kardec



Continue Lendo

São Paulo em parafuso



Continue Lendo

Conversas com um jovem…



Continue Lendo