Vascaínos cobram mudanças no clube