Na despedida de Gabigol da Vila, He-man marca e Figueirense vence o Santos




O drama começou cedo. A primeira notícia do dia chegou às 10h da manhã: em sua despedida do Santos, Gabigol começava no banco por não ter condições físicas, já que se desgastou na viagem de volta da Itália, onde fechou sua transferência para a Inter de Milão. Ao entrar no começo do segundo tempo, viu o companheiro Thiago Maia fazer pênalti em Jefferson, e Rafael Moura marcar o gol do Figueirense. Um lance que estragou o que seria a festa de Gabriel para o “até logo”.



MaisRecentes

Anderson Silva e Gastelum fazem primeira encarada na China



Continue Lendo

Petros faz gol 2 mil do São Paulo no Brasileirão, mas afirma: ‘Trocaria pela vitória’



Continue Lendo