Mancini não julga como ‘milagre’ possível fuga do rebaixamento