Elano, Pato, Roger e Neymar: a maldição das globais



O anúncio do término do namoro de Neymar e Bruna Marquezine serviu para reafirmar a “maldição das globais”. Entendam: quando um jogador de futebol fisga o coração de uma atriz, as chances do namoro dar certo são pequenas e digo isso baseada em fatos reais.

O casamento da atriz Deborah Secco e do ex-jogador Roger Flores durou quatro anos, mas os rumores de traição – por parte do boleiro – fizeram com que o relacionamento chegasse ao fim. Menos duradouro, mas não menos polêmico, está o casamento de Alexandre Pato e Sthefany Brito: a global ficou nove meses com o atacante e eles terminaram tão bem (só que não) que o processo de Sthefany – que pediu uma pensão de mais de R$ 100 mil inicialmente – está até hoje na Justiça. Em agosto do ano passado, as colunas sociais ainda divulgaram que Pato estaria envolvido com a atriz Isabelle Drummond, mas pelo visto era só fofoca, Pato não repetiria a dose, não é mesmo?

Elano também está vacinado. Em 2011, o meio-campo viveu um relacionamento conturbado com Nivea Stelmann – visto que Elano era casado (!!!) – e o desfecho não surpreendeu: Elano acusou a atriz de ter divulgado fotos íntimas dele e Nivea escreveu um livro contando que tem “dedo podre” para escolher – ou seria escalar? – namorados.

Bom, para provar que o amor sempre vence, Susana Werner e o goleiro Júlio César seguem casadíssimos desde 2002. Vale lembrar que antes do goleiro, a loira namorou o atacante Ronaldo. Ah, o amor…



MaisRecentes

Vasco mostra reações de Milton Mendes em primeiro jogo no comando da equipe



Continue Lendo

Real x Bayern: UEFA relembra gols de CR7, Ribery e Zidane



Continue Lendo

Barça sai da rotina e treina com cesta de basquete, bambolês e golzinhos



Continue Lendo