Convocado! Dilsinho comenta a amizade com Felipão e jogadores da Seleção Brasileira



Pagode e futebol é uma combinação que sempre dá certo. Apadrinhado pelo goleiro Júlio César e aprovadíssimo pelo técnico Felipão, o cantor Dilsinho é uma das provas de que essa parceria rende mesmo muito sucesso. Segundo o cantor, isso acontece porque os meninos normalmente sonham em ser jogador de futebol ou um pagodeiro de sucesso. Ambas as carreiras exigem talento, disciplina e uma pitadinha de sorte, mas as coincidências não param por aí.

O samba e o pagode estão sempre na boca dos boleiros, alguns vão mais além – Ronaldinho Gaúcho, por exemplo, lançou seu próprio hit e atacou de cantor – e inserem os ritmos no mundo da bola. Desse jeito, é comum ver Robinho batucando, Neymar puxando um pagodinho ou Marcelo cantando nas concentrações.

Em 2002, o samba “Deixa a vida me levar”, do Zeca Pagodinho, era mesmo o retrato da superação do atacante Ronaldo e da vontade de um grupo de guerreiros. A música virou o hino de uma Seleção vitoriosa e foi com muito samba que gritamos “Pentacampeão!”. Assim, não seria nada mal repetir a dose. Aliás, muito samba e o hexa é tudo o que a gente quer!

unnamed



MaisRecentes

Veja os melhores momentos da vitória do São Paulo sobre o Flamengo



Continue Lendo

Cristiano Ronaldo publica vídeo do filho fazendo belo gol; assista!



Continue Lendo

Breno é expulso por xingamentos ao árbitro em empate do Vasco; assista



Continue Lendo