‘Palmeiras não joga bem’. Sempre?



Palmeiras tem vantagem de seis pontos na liderança (foto: Luis Moura)

Palmeiras tem vantagem de seis pontos na liderança (foto: Luis Moura)

O Palmeiras está jogando bem? Não. O Palmeiras já jogou bem no Brasileirão? Várias vezes, a maioria delas no primeiro turno. É válido e muito pertinente o debate que tem acontecido na imprensa e entre torcedores sobre desempenho x resultado no futebol brasileiro. O líder do campeonato, por razões óbvias, passou a estar no centro da discussão, mesmo que a questão seja muito mais ampla. O Alviverde não é o campeão brasileiro de 2016, mas está perto disso. Se vencer, será melhor do que vários outros no conjunto da obra, seja por resultado, seja por desempenho. Não é uma novidade o líder ser contestado no Brasil, mas há exageros neste ano.

Listei 14 jogos em que o Palmeiras jogou muito bem nas 34 rodadas. Meu entendimento de jogar muito bem: defesa eficiente, capacidade de criação no ataque, adversário e local da partida. Futebol não é apenas planilhas, pranchetas e setas. É humano, envolve questões psicológicas e físicas. Jogar bem em casa é diferente de jogar bem fora. O contexto do campeonato também precisa ser considerado.

A edição de 2016, após 34 jogos, é a segunda na história com maior soma de pontos entre os quatro primeiros colocados. Palmeiras (70), Santos (64), Flamengo (63) e Atlético-MG (60) somam 257 pontos. Só em 2012, na atual rodada, o G4 era mais “gordo”, com 259: Fluminense (73), Atlético-MG (64), Grêmio (63) e São Paulo (59). O que isso significa? Times com maior força na caça ao líder. O primeiro turno virou com o Alviverde em primeiro, com 36 pontos. A diferença para o Grêmio, sexto, era de apenas quatro. Em 2015, o Corinthians virou com 40, nove a mais do que o sexto.

O próprio Timão, maior campeão dos pontos corridos com 20 clubes (81 pontos), não teve desempenho incontestável no primeiro turno do ano passado. Sofreu em vários jogos, inclusive contra o Palmeiras-15, que era pior do que o Palmeiras-16: fez um ponto contra o maior rival. O auge da equipe de Tite, o melhor treinador do Brasil, aconteceu no segundo turno e, em especial, na reta final, com atuações brilhantes contra o Atlético-MG e Atlético-PR, fora de casa, por exemplo. Tite, o melhor do país, que tinha dois meio-campistas acima da média para a realidade brasileira: Renato Augusto e Jadson.

O Palmeiras neste ano brilhou no primeiro turno. Curiosamente, é mais eficiente e tem mais resultados no segundo: a quatro jogos do fim, com tabela mais complicada do que na primeira parte do campeonato, já fez 34 pontos. Só perdeu uma vez no returno, contra cinco derrotas no turno. Os contextos são diferentes. Obstáculos duros surgiram na “virada” do campeonato. No meio da rota, o clube, que busca um título que não vem há 22 anos, perdeu um ídolo (Fernando Prass) e seu artilheiro, em sua melhor fase, por seis rodadas por conta da Olimpíada. Mina, um dos melhores do campeonato, sofreu grave lesão logo em seu início de trajetória no Palestra Itália. Pressão sobre o líder, que passou a ser testado e muitas vezes preferiu jogar para defender a liderança. Não jogou bem muitas vezes, mas demonstrou equilíbrio e eficiência com fortes adversários crescendo e buscando o topo.

Após superar perdas e oscilar, o Palmeiras encarou temida sequência de clássicos nacionais e regionais sem perder. Abriu a série pedreira JOGANDO BEM contra o Fluminense, em Brasília: 2 a 0. Empatou com Fla e Grêmio, jogando mal, e teve a ponta a ameaçada. Respondeu com um 2 a 0 diante do seu maior rival, em Itaquera. O Corinthians não chutou uma bola com direção à meta de Jailson na casa onde não perdia há mais de um ano. Mesmo mal em 2016, o Timão só perdeu duas vezes na Arena.

O Palmeiras pode jogar mais. Pode jogar como no primeiro turno. Mas será que pode jogar tão mais como alguns cobram? É um bom elenco, que se destaca por ter reservas do mesmo nível dos titulares. Mas não é uma reunião de vários atletas acima da média. Moisés fez grande primeiro turno. Sem uma pré-temporada ideal por conta de lesão, passou a sentir a questão física, chegou a jogar no sacrifício. É o principal jogador do meio de campo. Só três atletas no grupo já foram campeões brasileiros: Edu Dracena, Jean e Egídio. Apenas um é titular. É um time que nunca conviveu com a real chance de ser campeão do Brasileirão. Jailson, goleiro invicto na campanha, nunca tinha jogado a Série A. Entram os fatores psicológicos citados na abertura do texto. Afeta desempenho, não tenha dúvidas. Poderia estar jogando mais, até para ter os resultados de forma mais tranquila? Poderia, e diria que deveria. Mas às vezes não basta treinar e querer fazer. Ou você acha que Cuca não é qualificado e experiente o suficiente para treinar o time em busca de alternativas para vencer com facilidade? Futebol é humano, não é uma experiência química em que basta ter a fórmula correta para conseguir o objetivo de forma brilhante.

Quem caça o líder também não encanta. Desde maio, quando o campeonato começou, na média, nem Flamengo, nem Santos e nem Atlético-MG jogaram melhor do que o Palmeiras. Jogaram bem em alguns momentos, muito mal em outros. O Alviverde não é uma aberração na liderança. Em dez edições do Brasileirão com 20 clubes, seis deles foram líderes na 34ª rodada com pontuação igual, inferior, ou muito inferior: Cruzeiro-14 (70), Corinthians-11 (61), Fluminense-10 (61), São Paulo-09 (59), São Paulo-08 (65) e São Paulo-06 (70). Quem estava acima não estava muito acima, exceção ao Corinthians-15, que tinha 76 pontos: Cruzeiro-13 (74), Fluminense-12 (73), São Paulo-07, com 73 pontos.

Repete-se há anos que o campeonato por pontos corridos premia o melhor. “É a fórmula em que não há injustiça” (que fique claro que injustiça no futebol, a meu ver, é vencer com erro de arbitragem apenas). O Palmeiras lidera, por méritos, competência e jogando bem em muitos jogos, por 25 rodadas. Nunca um time com seis pontos de vantagem a quatro partidas do fim perdeu a taça (só um campeão não liderava na 34ª rodada: Fla-09, dois pontos atrás). Pode acontecer um feito inédito e histórico em 2016? Claro, é futebol. Até aqui, o Alviverde é um líder com todos os méritos. É o melhor em 34 rodadas. Em seis meses de Campeonato Brasileiro.

QUANDO O PALMEIRAS JOGOU BEM:

Palmeiras 4×0 Atlético-PR
Palmeiras 2×0 Fluminense
Palmeiras 4×3 Grêmio
Flamengo 1×2 Palmeiras
Palmeiras 1×0 Corinthians
Coritiba 2×2 Palmeiras
Palmeiras 3×1 Santa Cruz
Palmeiras 2×0 América-MG
Palmeiras 4×0 Figueirense
Sport 1×3 Palmeiras
Inter 0x1 Palmeiras
Atlético-PR 0x1 Palmeiras
Fluminense 0x2 Palmeiras
Corinthians 0x2 Palmeiras

QUANDO O PALMEIRAS FOI APENAS EFICIENTE:

Palmeiras 2×1 Vitória
Palmeiras 2×1 São Paulo
Palmeiras 2×1 Coritiba
Santa Cruz 2×3 Palmeiras
América-MG 0x2 Palmeiras
Figueirense 1×2 Palmeiras
Palmeiras 1×0 Inter



  • “Verde é a cor da inveja”

    Palmeiras tem 70 pontos, faltam 12 em disputa.. PALMEIRAS precisa ganhar + 7 pra ser ENEA .. Sabe o que isso significa?.. Que 87 é do Xport.. o Flalidão do rio não e Hexa porra nenhuma ,e que ainda não tem estádio e que segue sentindo o cheirinh0 da Linguiça de PORCO!

  • Joao Santana

    Boa análise. Apenas uma correção. O SP de 2006 tinha 70 pontos ao final da rodada 34 em 2006, e não 73 como diz o texto.

  • O FUTEBOL BRASILEIRO FEDE CORRUPÇÃO E PODRIDÃO!! LEIAM ABAIXO A ATITUDE VERGONHOSA DO MELIANTE DEL NERO,PRESIDENTE DA CBF A FAVOR DO PALMEIRAS!! Sindicato denuncia pressão de Del Nero por erro de juiz contra o Palmeiras161
    Vinicius Konchinski
    Do UOL, no Rio de Janeiro* 07/11/201617h05 > Atualizada 07/11/201621h09
    Ouvir texto

    BRASILEIRÃO
    Classificação e jogos
    O presidente do Sintrace-RJ (Sindicato dos Trabalhadores da Arbitragem Esportiva do Estado do Rio de Janeiro), Marçal Mendes, afirmou nesta segunda-feira (7) que árbitros brasileiros são pressionados para que não cometam erros em jogos do Palmeiras. Segundo ele, essa pressão vem da CBF (Confederação Brasileira de Futebol) e do próprio presidente da confederação, Marco Polo Del Nero, que também é conselheiro vitalício do Palmeiras e do sócio benemérito do clube.!!!

    “Se o árbitro erra contra o Palmeiras, lá dentro [do estádio do clube], fica fora da escala [para outros jogos]. Duvido que seja indicado para uma vaga da Fifa”, afirmou Mendes. “Todo mundo sabe o motivo. Sabe que Marco Polo é sócio benemérito do Palmeiras.” VERGONHA GANHAR TITULOS DESTA FORMA!!

    • Diego

      leia a reportagem completa e veja quantos erros teve contra o Palmeiras e a pena deles. Será que este presidente não é flamenguista?

  • Lucas Moreno di Dio

    Bela análise !! Manda esse texto no e-mail do idiota do Sermani da Fox sports ! Carioca viado !!!

    Cara babaca !! Vamos verdão !!!!! Contra tudo e contra todos , faltam apenas 4 jogos . Hora da concentração , do coração na ponta da chuteira , e claro da humildade !!!

    • marco verdi

      di Dio, nada de humildade, esqueça este tipo de bravatas. Vamos jogar sem medo, sem respeitar ninguém, mas tendo conscieência de nosss limitações, e só. Meu nonno dixia que quem abaix demais mostra a bundA. ele tinha rzão, Vamos ser campeões e o resto que chore o wusnto devem chorar,

  • Giuliano

    Há de se compartilhar este texto, ótima análise.
    Clubismo e má vontade motivam os críticos com esses discursos, alguns claramente parciais e diretos criticando o futebol do Palmeiras, outros não menos parciais, mas cínicos, dizendo que o “futebol brasileiro” é mal jogado e feio… No fundo é muito clubismo, dor de cotovelo e incoerência, é o amadorismo que impera em todas as áreas do futebol brasileiro, não só na cartolagem, mas na dita imprensa esportiva também.
    Se fosse o Guardiola, Lancelotti, Mourinho, que tivessem feito muitas das coisas que o Cuca fez com esse time, apenas bom e nada extraordinário do Palmeiras, estariam todos os baba ovos da mídia endeusando os caras… Ô maldito complexo de vira-latas.
    Até porque, os principais campeonatos europeus são bem jogados tecnicamente, pois a nata dos jogadores está lá graças puramente ao poder econômico, brasileiros, argentinos e outros craques. E mesmo assim o equilíbrio de forças e da disputa do Brasileirão é muito maior do que as ligas européias, onde o domínio está com 2, ou no máximo 3, clubes por país.

    • marco verdi

      Bravo, Giuliano, É isso mesmo. Complexo de viralatas, imperio dos paraquedistAS. A tal La liga é uma grande mierda, uma mentira bem contada e muito mal jogada. Assim é o Francês e o Italiano. Uma vergonha ver que há times com 9 titulares estrangeiros e enganadores internacionais do tipo Cavani ou Di Maria e Higuain (que não pegam banco no Sampaio Correia). A Alemanha escapa desta vergonha uma vez que mantêm um bom número de alemães jogando e eles têm talento. Aos franceses não falta talento, mas faltam confiança e aittude;
      A Colômbia é uma França dos Trópicos, O lugar é um celeiro de bons jogadores e NUNCA ganham porcaria nenhuma. Falta atitude, falta cancha. Os espanhóis, neom esses têm 2 times mulimilionários e para por aí; Vou dormir. byes,

  • PALMEIRAS CAMPEÃO

    ÓTIMA ANÁLISE . PERFEITAS COLOCAÇÕES.

  • Allianz Nostra Casa !!!!

    Verdao o maior !!!!

  • jonis

    Por essas analises cai a tese de que jogando feio é eficiente.Qdo joga bem quase sempre ganha,além de não fazer ninguém passar por sofrimentos desnecessarios

  • jonis

    Outra discussão é por que o Verdao sempre que joga em Minas perde para o galo? Obvio que futebol e fase:ate pouco tempo o Verdao era o único que ganhava na vila.Hoje ele perde direto la,e senão tomar cuidado vira fregues do Santos,pois passara a perder fora também.O mesmo ocorria no beira rio e acontece também no Morumbi.Sabe como isso e quebrado? è jogar sem medo,marcar muito,principalmente aqueles que decidem,e sair em contra-ataques rápidos,nao fazer horas com a bola,ou errar passse bobos.Outra coisa,nao ser individualista,jogar coletivamente,e surgindo as chances,olhar para algum mais bem colocado e tocar a bola.Tambem é bom contratar jogadores prontos,capaz de decidir jogadas.como o galo,flamengo e outros fazem,mesmo não tando em boas condições financeiras já que eles darão bons retornos.Haja visto o Prato,quando o Verdao teve medo de pagar alguns milhoes.olha o valor que vale hoje?Bom precisaria de uma pagina para escrever tantos assuntos

    • Diego

      não pode jogar pelo empate, se fizer isto é meio caminho andado para uma derrota!

  • Dinheiro não compra MUNDIAL

    Fonte: www.fifa.com/clubworldcup

    • Diego

      copa toyota ou mundial não garante título no futuro!

      • E eu falei que garante?
        Eu hein…

        • Diego

          frustrado por seu time não estar disputando o título, né? aí fala mundial, mundial. Isto é coisa de frustrado que qualquer notícia do Palmeiras fala estas besteiras. Isto é coisa de criança mimada de 5 anos de idade!

  • WiLL

    o negócio é bola na rede e 3ponto na conta

    o resto…. é só resto

MaisRecentes

Vítima paga mais do que o agressor na ‘Nova Conmebol’



Continue Lendo

Ceni não entendeu nem o são-paulino



Continue Lendo

Que loucura, Palmeiras! Era óbvio, Palmeiras!



Continue Lendo