Liberta-17: 13 campeões, 6 estreantes e as fichas dos 47 clubes



Atlético Nacional é o atual campeão (foto: RAUL ARBOLEDA/AFP)

Atlético Nacional é o atual campeão (foto: RAUL ARBOLEDA/AFP)

A Copa Libertadores de 2017 está completa. São 28 clubes com classificação direta para a fase de grupos, sendo que seis deles são brasileiros: Palmeiras, Chapecoense, Grêmio, Flamengo, Santos e Atlético-MG não precisarão passar por preliminares. Botafogo e Atlético-PR garantiram seus lugares na nova segunda fase, que será disputada em dois mata-matas em fevereiro do ano que vem.

São 47 vagas na competição. A Libertadores do ano que vem terá 13 clubes que já conquistaram a Copa: Palmeiras, Grêmio, Flamengo, Santos, Atlético-MG, River Plate (ARG), Peñarol (URU), Nacional (URU), San Lorenzo (ARG), Estudiantes (ARG), Atlético Nacional (COL), Olimpia (PAR) e Colo-Colo (CHI). O River, campeão em 2015, foi o último a entrar, ao vencer a final sobre o Rosario Central e conquistar a Copa Argentina, em 15 de dezembro.

Seis estreantes estão na Libertadores: Chapecoense, Atlético Tucumán (ARG), Sport Boys Warnes (BOL), Zulia (VEN), Carabobo (VEN) e Deportivo Capiatá (PAR). Os uruguaios Nacional e Peñarol, pela 44ª vez na Copa, são os clubes que mais vezes disputaram a competição desde a sua criação, em 1960. O Peñarol é o clube com mais títulos (cinco) e finais (dez) nesta edição. O Santos é o brasileiro com mais conquistas: três. Peixe, Grêmio e Palmeiras são os brasileiros com mais finais: quatro cada.

Pela primeira vez, a Libertadores tem 13 clubes já classificados para uma preliminar, agora chamada de segunda fase: quatro se juntarão aos 28 para a formação dos oito grupos. Com a saída do México, a Conmebol definiu que seis clubes de Bolívia, Equador, Paraguai, Peru, Uruguai e Venezuela disputarão, em jogos de ida e volta, três lugares nessas preliminares, numa nova primeira fase. Eles se juntarão aos 13 já definidos na segunda. Assim, a Copa, que teria 44 clubes, passou a 47 com o novo ajuste. O sorteio dos jogos e grupos será realizado em 21 de dezembro.

O “mapa” da Libertadores tem 31 cidades dos dez países envolvidos. Confira as fichas dos 47 participantes:

NA FASE DE GRUPOS (28 CLUBES)

Palmeiras – atual campeão brasileiro – 102 anos
Cidade: São Paulo
Títulos da Copa: 1999
Número de finais: 4
Joga a Libertadores pela 17ª vez
Técnico: Eduardo Baptista

Chapecoense – campeã da Copa Sul-Americana – 43 anos
Cidade: Chapecó
Joga a Libertadores pela 1ª vez
Técnico: Vagner Mancini

Grêmio – campeão da Copa do Brasil – 113 anos
Cidade: Porto Alegre
Títulos da Copa: 1983 e 1995
Número de finais: 4
Joga a Libertadores pela 17ª vez
Técnico: Renato Gaúcho

Santos – vice-campeão brasileiro – 104 anos
Cidade: Santos
Títulos da Copa: 1962, 63 e 11
Número de finais: 4
Joga a Libertadores pela 13ª vez
Técnico: Dorival Júnior

Flamengo – 3º lugar no Brasileiro – 121 anos
Cidade: Rio de Janeiro
Títulos da Copa: 1981
Número de finais: 1
Joga a Libertadores pela 13ª vez
Técnico: Zé Ricardo

Atlético-MG – 4º lugar no Brasileiro – 108 anos
Cidade: Belo Horizonte
Títulos da Copa: 2013
Número de finais: 1
Joga a Libertadores pela 9ª vez
Técnico: Roger Machado

River Plate (ARG) – campeão da Copa Argentina – 115 anos
Cidade: Buenos Aires
Títulos da Copa: 1986, 1996 e 2015
Número de finais: 4
Joga a Libertadores pela 33ª vez
Técnico: Marcelo Gallardo

Lanús (ARG) – atual campeão argentino – 101 anos
Cidade: Lanús, situada na “grande Buenos Aires”
Títulos da Copa: –
Número de finais: –
Joga a Libertadores pela 6ª vez
Técnico: Jorge Almirón (ARG)

San Lorenzo (ARG) – vice-campeão argentino – 108 anos
Cidade: Buenos Aires, capital do país
Títulos da Copa: 2014
Número de finais: 1
Joga a Libertadores pela 16ª vez
Técnico: Diego Aguirre (URU)

Estudiantes (ARG) – 3º lugar no Argentino – 111 anos
Cidade: La Plata, a 60km da capital
Títulos da Copa: 1968, 69, 70 e 09
Número de finais: 5
Joga a Libertadores pela 14ª vez
Técnico: Nelson Vivas (ARG)

Godoy Cruz (ARG) – 4º lugar no Argentino – 95 anos
Cidade: Godoy Cruz, província de Mendoza (1.200 km da capital)
Títulos da Copa: –
Número de finais: –
Joga a Libertadores pela 3ª vez
Técnico: Sebastian Méndez (ARG)

Peñarol (URU) – campeão uruguaio 2015/16 – 125 anos
Cidade: Montevidéu, capital do país
Títulos da Copa: 1960, 61, 66, 82 e 87
Número de finais: 10
Joga a Libertadores pela 44ª vez
Técnico: Fernando Curutchet (URU)

Nacional (URU) – vice-campeão uruguaio 2015/16 – 117 anos
Cidade: Montevidéu, capital do país
Títulos da Copa: 1971, 80 e 88
Número de finais: 6
Joga a Libertadores pela 44ª vez
Técnico: Martin Lasarte (URU)

Universidad Catolica (CHI) – bicampeã chilena – 79 anos
Cidade: Santiago, capital do país
Títulos da Copa: –
Número de finais: 1
Joga a Libertadores pela 25ª vez
Técnico: Mario Salas (CHI)

Deportes Iquique (CHI) – vice-campeão chileno 2016/17 – 38 anos
Cidade: Iquique, cidade litorânea a 1.800km da capital
Títulos da Copa: –
Número de finais: –
Joga a Libertadores pela 2ª vez
Técnico: Jaime Vera (CHI)

Atlético Nacional (COL) – atual campeão da Libertadores – 69 anos
Cidade: Medellín, a 440km da capital (1.500m de altitude)
Títulos da Copa: 1989 e 2016
Número de finais: 3
Joga a Libertadores pela 19ª vez
Técnico: Reinaldo Rueda (COL)

Independiente Santa Fe (COL) – atual campeão colombiano – 75 anos
Cidade: Bogotá, capital do país (2.600m de altitude)
Títulos da Copa: –
Número de finais: –
Joga a Libertadores pela 11ª vez
Técnico: Gustavo Costas (ARG)

Independiente Medellín (COL) – campeão Apertura 2016 – 103 anos
Cidade: Medellín, a 440km da capital (1.500m de altitude)
Títulos da Copa: –
Joga a Libertadores pela 7ª vez
Técnico: Leonel Álvarez (COL)

Libertad (PAR) – campeão do Apertura 2016 – 111 anos
Cidade: Assunção, capital do país
Títulos da Copa: –
Número de finais: –
Joga a Libertadores pela 16ª vez
Técnico: Eduardo Villalba (PAR)

Guaraní (PAR) – atual campeão paraguaio – 113 anos
Cidade: Assunção, capital do país
Títulos da Copa: –
Número de finais: –
Joga a Libertadores pela 16ª vez
Técnico: Daniel Garnero (ARG)

Sport Boys Warnes (BOL) – campeão Apertura 15/16 – 62 anos
Cidade: Warnes, cidade a 30km de Santa Cruz de La Sierra (sem altitude)
Joga a Libertadores pela 1ª vez
Técnico: Carlos Leeb (ARG)

Jorge Wilstermann (BOL) – campeão Clausura 15/16 – 67 anos
Cidade: Cochabamba, a 375km da capital La Paz (2.500m de altitude)
Títulos da Copa: –
Número de finais: –
Joga a Libertadores pela 17ª vez
Técnico: Julio Alberto Zamora (ARG)

Barcelona (ECU) – campeão equatoriano 2016 – 91 anos
Cidade: Guayaquil, cidade litorânea 425km da capital Quito
Títulos da Copa: –
Número de finais: 2
Joga a Libertadores pela 24ª vez
Técnico: Guillermo Alves (URU)

Emelec (ECU) – vice-campeão equatoriano – 87 anos
Cidade: Guayaquil, cidade litorânea 425km da capital Quito
Títulos da Copa: –
Número de finais: –
Joga a Libertadores pela 26ª vez
Técnico: Alferdo Arias (URU)

Sporting Cristal (PER) – campeão peruano – 61 anos
Cidade: Lima, capital do país (ao nível do mar)
Títulos da Copa: –
Número de finais: 1
Joga a Libertadores pela 33ª vez
Técnico: Mariano Soso (ARG)

Melgar (PER) – vice-campeão peruano – 101 anos
Cidade: Arequipa, a 1.000km de Lima (2.300m de altitude)
Títulos da Copa: –
Número de finais: –
Joga a Libertadores pela 4ª vez
Técnico: Juan Rynoso (PER)

Zamora (VEN) – campeão venezuelano – 39 anos
Cidade: Barinas, a 500km da capital Caracas
Títulos da Copa: –
Número de finais: –
Joga a Libertadores pela 4ª vez
Técnico: Noel Sanvicente (VEN)

Zulia (VEN) – vice-campeão venezuelano – 11 anos
Cidade: Maracaibo, a 700km de Caracas
Joga a Libertadores pela 1ª vez
Técnico: C. Marcano (VEN)

NA SEGUNDA FASE (13 CLUBES)

Botafogo – 5º lugar no Brasileiro – 122 anos
Cidade: Rio de Janeiro
Títulos da Copa: –
Número finais: –
Joga a Libertadores pela 5ª vez
Técnico: Jair Ventura

Atlético-PR – 6º lugar no Brasileiro – 92 anos
Cidade: Curitiba
Títulos da Copa: –
Número de finais: 1
Joga a Libertadores pela 5ª vez
Técnico: Paulo Autuori

Olimpia (PAR) – 114 anos
Cidade: Assunção, capital do país
Títulos da Copa: 1979, 1990 e 2002
Número de finais: 7
Joga a Libertadores pela 39ª vez
Técnico: Fernando Jubero (PAR)

Colo-Colo (CHI) – campeão da Copa Chile – 91 anos
Cidade: Santiago, capital do país
Títulos da Copa: 1
Número de finais: 2
Joga a Libertadores pela 32ª vez
Técnico: Pablo Guede (ARG)

Unión Española (CHI) – 119 anos
Cidade: Santiago, capital do país
Títulos da Copa: –
Número de finais: 1
Joga a Libertadores pela 12ª vez
Técnico: Martín Palermo (ARG)

Millonarios (COL) – 79 anos
Cidade: Bogotá, capital do país (2.600m de altitude)
Títulos da Copa: –
Número de finais: –
Joga a Libertadores pela 16ª vez
Técnico: Diego Cocca (ARG)

Junior Barranquilla (COL) – 92 anos
Cidade: Barranquilla, a 980km da capital
Títulos da Copa: –
Número de finais: –
Joga a Libertadores pela 13ª vez
Técnico: Giovanni Hernández (COL)

Atlético Tucumán (ARG) – 5º lugar no Argentino – 114 anos
Cidade: Tucumán, a 1.200km de Buenos Aires
Joga a Libertadores pela 1ª vez
Técnico: Juan Manuel Azconzábal (ARG)

The Strongest (BOL) – 108 anos
Cidade: La Paz, capital (3.600m de altitude)
Títulos da Copa: –
Número de finais: –
Joga a Libertadores pela 23ª vez
Técnico: César Farias (VEN)

Carabobo (VEN) – 52 anos
Cidade: Valencia, 170km de Caracas
Joga a Libertadores pela 1ª vez
Técnico: Jose Luis Dolgetta (VEN)

Cerro (URU) – 93 anos
Cidade: Montevidéu, capital do país
Títulos da Copa: –
Número de finais: –
Joga a Libertadores pela 3ª vez
Técnico: Hugo Parga (URU)

El Nacional (ECU) – 52 anos
Cidade: Quito, capital do país (2.800m de altitude)
Títulos da Copa: –
Número de finais: –
Joga a Libertadores pela 24ª vez
Técnico: Rubén Insua (ARG)

Universitario (PER) – 92 anos
Cidade: Lima, capital do país (ao nível do mar)
Títulos da Copa: –
Número de finais: 1
Joga a Libertadores pela 29ª vez
Técnico: Roberto Challe (PER)

NA ‘NOVA’ PRIMEIRA FASE (6 CLUBES)

Montevideo Wanderers (URU) – 114 anos
Cidade: Montevidéu
Títulos da Copa: –
Número de finais: –
Joga a Libertadores pela 8ª vez
Técnico: Gastón Machado (URU)

Universitario de Sucre (BOL) – 55 anos
Cidade: Sucre, a 680km de La Paz (2.800m de altitude)
Títulos da Copa: –
Número de finais: –
Joga a Libertadores pela 3ª vez
Técnico: Javier Vega (BOL)

Deportivo Táchira (VEN) – 42 anos
Cidade: San Cristóbal, a 800km de Caracas
Títulos da Copa: –
Número de finais: –
Joga a Libertadores pela 21ª vez
Técnico: Carlos Maldonado (URU)

Independiente del Valle (ECU) – 58 anos
Cidade: Sangolquí, na “grande Quito” (2.800m de altitude)
Títulos da Copa: –
Números de finais: 1
Joga a Libertadores pela 4ª vez
Técnico: Franklin Tello (ECU)

Deportivo Municipal (PER) – 81 anos
Cidade: Lima, capital do país (ao nível do mar)
Títulos da Copa: –
Número de finais: –
Joga a Libertadores pela 2ª vez
Técnico: Roberto Pompei (ARG)

Deportivo Capiatá (PAR) – 8 anos
Cidade: Capiatá, a 21km de Assunção
Títulos da Copa: –
Número de finais: –
Joga a Libertadores pela 1ª vez
Técnico: Victor Renés (PAR)

*Atualizado em 18 de dezembro



MaisRecentes

Um voo de Copa e a frustração de um ‘quase jogador’ peruano



Continue Lendo

WTorre é procurada para repetir ‘modelo Palmeiras’ e diz não



Continue Lendo

Torcida gera receita recorde ao Palmeiras em 2017



Continue Lendo