Copas e Brasileiro, data a data: desafio inédito para 2017



Fim de temporada, hora de acelerar o planejamento para 2017. Planejamento este que deverá ter uma atenção especial principalmente para oito clubes da Série A: Palmeiras, Santos, Flamengo, Atlético-MG, Botafogo, Atlético-PR, Grêmio e Chapecoense. Quem optar por “abandonar” o Brasileirão durante mata-matas da Copa do Brasil e da Libertadores, como é comum de ser ver no Brasil, vai se complicar. A não ser que o elenco esteja muito bem preparado para jogar em alto nível com duas equipes. Vale o mesmo para os clubes que pretendem jogar com força a Copa Sul-Americana, com datas similares à Liberta – casos de Corinthians, Ponte, São Paulo, Cruzeiro, Fluminense e Sport.

Clubes brasileiros que vencem a Libertadores, normalmente em julho, tiram o pé no Brasileirão por cinco meses até o Mundial de Clubes. O Atlético-MG foi o oitavo colocado em 2013, o Corinthians ficou em sexto em 2012 e o Santos foi o décimo em 2011. Desde que a Copa do Brasil passou a terminar no fim da temporada, os campeões abriram mão da principal competição do país. Exceções para Cruzeiro e Atlético-MG, em 2014. Flamengo ficou em 16º em 2013, o Palmeiras e Grêmio ficaram em novo em 2015 e 2016, respectivamente. Os finalistas de 2014 foram bem no Brasileirão: campeão Galo ficou em quinto e a Raposa, vice, foi campeã brasileira. A temporada de 2017 será diferente.

Da primeira até a última rodada, o Brasileirão será disputado intercalando os mata-matas da Copa do Brasil da Libertadores, das oitavas até a final em ambas. Neste ano, a Libertadores terminou quando o Brasileirão estava na 16ª rodada. As oitavas da Copa nacional, fase em que entram os clubes que jogaram a competição sul-americana, começaram no início do returno (21ª rodada).

É claro que poupar jogadores na semana de uma grande decisão de mata-mata continuará sendo algo natural e fundamental até. Impossível ter o mesmo time com tantas competições. Mas os clubes precisarão entender que a campanha no Brasileirão ficará extremamente comprometida se a cultura não mudar. Antes mesmo de 2017 começar, é preciso esmiuçar o calendário e olhar com atenção o que vem pela frente. Os clubes que tiverem sucesso nas Copas terão mais “folga” apenas até a 10ª rodada (lembrando que a fase de grupos da Libertadores vai de 8 de março até o fim de junho). Confira:

Oitavas da Copa do Brasil – 5 datas – 26/4, 3/5, 17/5, 24/5 e 31/5
Disputada entre 1ª a 4ª rodadas do Brasileirão

Quartas da Copa do Brasil – 4 datas – 28/6, 5/7, 26/7, 9/8
Disputada entre 10ª e 20ª rodadas do Brasileirão

Oitavas da Libertadores – 2 datas – 5/7, 9/8
Disputada entre 11ª e 20ª rodadas do Brasileirão

Semi da Copa do Brasil – 2 datas – 16/8, 23/8
Disputada entre 21ª e 22ª rodadas do Brasileirão

Finais da Copa do Brasil – 2 datas – 7/9 e 12/10
Disputada entre 23ª e 28ª rodadas do Brasileirão

Quartas da Libertadores – 2 datas – 13/9 e 20/9
Disputada entre 23ª e 25ª rodadas do Brasileirão

Semis da Libertadores – 2 datas – 25/10 e 1/11
Disputada entre 30ª e 32ª rodadas do Brasileirão

Finais da Libertadores – 2 datas – 22/11 e 29/11
Disputada entre 36ª e 38ª rodadas do Brasileirão



  • Billy

    Gosto da Copa do Brasil. Tinham que tratar este campeonato com mais respeito. É o único campeonato nacional que tem finais!

  • Guile Power

    complicou ainda mais.

  • Verdadeiro

    Espero que a Conmebol e a CBF nao mude muito as datas definidas, afinal isso serve de balizamento especialmente pra quem mora em outras cidades e deseja ver o jogo do time do coração. AVANTI PALESTRA !!!!!!!!!!!!!!

MaisRecentes

Dois rivais, dois melhores turnos da história



Continue Lendo

Corinthians ‘finaliza’ 1º turno com a melhor defesa pela quinta vez seguida



Continue Lendo

Cuca agita a água de um Palmeiras mal planejado



Continue Lendo