O desafio de Róger Machado no Palmeiras - Blog do Capretz

O desafio de Róger Machado no Palmeiras



Quem acompanha a fundo o futebol e gosta de discutir ideias e conceitos adora o técnico Róger Machado. Suas entrevistas são recheadas e embasadas pelos conhecimentos mais modernos que existem no mundo da bola.

Róger mostra dominar assuntos técnicos, táticos e até físicos profundamente. Em várias entrevistas, ele explicou convincentemente os comportamentos que suas equipes tem em campo e como faz para implementá-los através dos treinos.

Mas por que Róger ainda não emplacou? Por que muitos torcedores ainda o vêem com desconfiança?

É chover no molhado constatar que a nossa cultura é dominada pelos que vêem resultados e pouco se interessam por processos. De certa forma, a história brasileira no futebol foi forjada dessa maneira: repletos de excepcionais valores individuais não havia a necessidade de desenvolvermos grandes projetos coletivos. Bastava “distribuir os coletes”, “não atrapalhar” e ‘voilá’, as Copas eram conquistadas. Assim atuaram a maioria dos nossos técnicos.

Para Róger agradar essa galera ele precisa vencer. Ganhar títulos. Mostrar resultado. E aqui não há nenhuma crítica. Fica na história quem vence. Não adianta ter boas ideias e bons processos se eles não te levam ao resultado desejado.

Que Róger tenha no Palmeiras mais inteligência emocional e ambiental do que teve tanto no Grêmio como no Atlético-MG, clubes onde não conseguiu concluir seus projetos.

Bons conceitos de jogo se tornam excelentes quando você os adapta ao material humano que tem nas mãos.  Quando você entende o ambiente em que está inserido e usa as características e particularidades positivas, e até as negativas, do clube ao seu favor.

Talvez sejam as habilidades comportamentais e de execução de competências que faltem para Róger se tornar um técnico top. Mais uma vez, ele está com a faca e o queijo nas mãos.

 



MaisRecentes

Análise de desempenho sem ideia de jogo não é nada



Continue Lendo

Quando Raí vai cair?



Continue Lendo

Chapecoense: a força de um clube



Continue Lendo