Identidade de jogo - Blog do Capretz

Identidade de jogo



Defendo que todo clube deva ter uma identidade de jogo, um modelo padrão de atuar que integre  sua história, forças de caráter, atitudes mentais, conceitos de jogo e aspectos relacionados a sua torcida.

Que fique bem claro aqui que passo longe de abordar esquemas táticos: 1-4-3-3, 1-4-4-2, etc…isso é ocupação de espaço, a forma como os jogadores se distribuem dentro de campo. Como bem diz o mestre Pep Guardiola isso é “número de telefone”, em nada explica a dinâmica de um jogo de futebol.

Quando falo em identidade de jogo, me refiro a comportamentos. Nas quatro fases do jogo: defesa, ataque, transição defensiva e transição ofensiva. Procuro enxergar padrões com e sem a bola em cada um desses momentos.

E tudo isso para ser congruente e funcionar passa por aspectos culturais e ambientais. Por exemplo, você acredita que um dia o torcedor do Barcelona aceitará o seu time jogando todo na defesa, não propondo o jogo e só explorando o contra-ataque?

Um exemplo brasileiro: por que Levir Culpi teve problemas no Santos e sempre foi contestado mesmo chegando entre os oito melhores da Libertadores e mantendo o time no G-4? Porque o seu jogo reativo, com foco na defesa e não no ataque é contra a cultura santista.

Penso que essas premissas devam nortear a formação de uma comissão técnica e de um elenco durante os doze meses do ano. Mas sei reconhecer, também, exceções.

Como por exemplo, o atual Grêmio que privilegia o jogo apoiado, a circulação da bola e não a virilidade e a ‘imortalidade’.

Ou o melhor Corinthians que vi jogar, que era o leve time entre 98/99/00 que não era necessariamente uma equipe que como a torcida pede nas arquibancadas jogava com ‘raça e com o coração’.

Entendo que no final tudo envolve planejamento e processos onde a lei da causa-efeito impera. Não dá mais para vivermos de ‘acasos’ e ‘coincidências’. Inclusive e principalmente na maneira de jogar.

 



MaisRecentes

A queda do São Paulo



Continue Lendo

Estudar tudo o que envolve o resultado no futebol



Continue Lendo

Sabe o que vai decidir o Brasileirão, a Libertadores e a Copa do Brasil?



Continue Lendo