A conquista contra-cultura do Grêmio - Blog do Capretz

A conquista contra-cultura do Grêmio



O tricampeonato da América é um feito gigantesco do Grêmio. Merecido e incontestável. Ninguém jogou nem mais e nem melhor nessa competição.

Ver essa contra-cultura gremista é ver uma quebra de paradigma. O ‘Imortal’ onde o seu torcedor ‘iria até a pé,’ a raça, a extrema virilidade deram lugar a um comportamento de posse de bola, mobilidade, troca de posição, um jogo apoiado, mas sempre em progressão ao gol.

Como não reconhecer em Renato Gaúcho os méritos de gestão de grupo, arraigando todo o seu capital simbólico no clube?!

E até mesmo a sua humildade em não fazer bruscas mudanças no modelo de jogo que já vinha sendo aperfeiçoado desde a época de Róger Machado?!

E a vitória pessoal, daquelas que só filmes e o próprio futebol podem dar a quem ontem estava bor baixo e hoje vai disputar o Mundial de Clubes? Edílson, Cortez, Barrios, Fernandinho e Cícero (esse não vai jogar o Mundial!!!).

Parabéns a torcida gremista! Após três anos sem chegar sequer a uma final de Libertadores, o Brasil volta a erguer esse caneco! Justo, impositivo e sem nenhuma mancha!

 



MaisRecentes

Análise de desempenho sem ideia de jogo não é nada



Continue Lendo

Quando Raí vai cair?



Continue Lendo

Chapecoense: a força de um clube



Continue Lendo