Ambiente do Flamengo não gera alta performance - Blog do Capretz

Ambiente do Flamengo não gera alta performance



O ambiente é fundamental para o desenvolvimento de qualquer profissional, time, empresa, instituição, etc.

No futebol, ele ajuda a compor o item emocional que combinado com a tríade técnico-tático-físico nos traz uma visão sistêmica do que acontece dentro das quatro linhas.

Não existe uma fórmula para ser campeão. Em muitos times, vemos se sobressair o aspecto técnico. Em outros o tático. A força mental também pode ser uma virtude de diferenciação. O fato é que combinar com inteligência e visão do todo esses quatro itens é a chave para se aproximar do sucesso nesse caos imprevisível que é o futebol.

E vendo a briga vergonhosa, baixa, infantil de Vizeu e Rodolfho no Flamengo fica difícil, praticamente impossível, imaginar que é bom o ambiente no clube.

Isso já estava escancarado com as recentes entrevistas do executivo Rodrigo Caetano e do próprio técnico Reinaldo Rueda.

Quem trabalha em um clube gigante como o Flamengo tem que saber lidar com a inevitável pressão. Sempre foi e sempre será assim.

Mas quando essa pressão que vem de fora, da torcida e da imprensa, e também de dentro do próprio clube, tem uma erupção pública dessa maneira entre dois elementos do sistema que deveriam estar embuídos do mesmo propósito não há elemento técnico, tático e físico que compense esse ‘gap’ emocional.

E, venhamos e convenhamos, o trabalho de Rueda por enquanto não tem surtido o efeito desejado. A equipe até apresenta algumas ideias e comportamentos. Mas a execução ainda deixa a desejar. Nada que compense esse péssimo ambiente.

Não consigo enxergar esse grupo ganhando a Sulamericana dentro desse contexto conturbado.

 

 



MaisRecentes

Análise de desempenho sem ideia de jogo não é nada



Continue Lendo

Quando Raí vai cair?



Continue Lendo

Chapecoense: a força de um clube



Continue Lendo