Sugar x Hagler: 30 anos



Sugar Ray Leonard e Marvin Hagler foram os protagonistas de um dos combates mais sensacionais da história do boxe. Um dos maiores eventos esportivos de todos os tempos.

Há 30 anos, o mundo da nobre arte voltava todas as suas atenções para arena do Hotel Caesars Palace, em Las Vegas, onde 12.379 espectadores transbordavam ansiedade pelo início do combate. Cada um deles pagou de US$ 100 a US$ 700, proporcionando uma bilheteria de US$ 6,2 milhões. Outros 15.336 fãs ficaram do lado de fora e viram o combate por um telão.

Tanta expectativa para ver Hagler, campeão mundial dos médios pelo Conselho Mundial de Boxe, em sua 12ª defesa de título, e apontado pela revista The Ring como o melhor pugilista de 1987.

Frente a ao campeão olímpico em Montreal-1976: Sugar, ex-campeão dos meio-médios e médios-ligeiros, retornava aos ringues após três anos afastado por causa de uma lesão na retina do olho esquerdo.

Hagler, favorito nas apostas 3 por 1, ganhou uma bolsa de US$ 20 milhões, enquanto Sugar embolsou US$ 12 milhões. O evento teve a presença de 1,1 mil jornalistas credenciados. O canal HBO pagou US$ 3,1 milhões para passar o VT do combate por cinco vezes em sua programação na semana seguinte.

De acordo com o empresário Bob Arum, o evento gerou US$ 78 milhões.

Os dois 12 roundes foram eletrizantes. Leonard disparou 629 golpes e acertou 306 (49%). Hagler tentou 792 e conectou 291 (37%).

O duelo marcou a força de Hagler contra a habilidade de Sugar.

Hagler estava prestes a completar 33 anos, enquanto Sugar tinha 30 anos.

Hagler caçou Sugar o tempo todo e chegou a balançar o desafiante. Sugar, com um estilo maravilhoso de lutar, abusou do jogo de pernas, esquivas e até uma “manivela” foi usada no quarto round.

No fim, dois jurados deram vitória para Sugar: 115 a 113 e 118 a 110. Outro viu triunfo de Hagler: 115 a 113.

Hagler nunca mais lutou.

Sugar ainda foi campeão dos supermédios e meio-pesados. Pendurou as luvas em 1997.

Vale a pena ver de novo Sugar x Hagler.

 



MaisRecentes

Cala a boca, McGregor!!!



Continue Lendo

Yamaguchi e Esquiva sobem no ranking. Patrick é 28º



Continue Lendo

Maguila x Quebra-Ossos: 30 anos



Continue Lendo