Esquiva pode disputar título em 2018 no Brasil



 

Esquiva Falcão precisa vencer as duas próximas lutas e torcer por uma vitória do seu rival japonês para ter a possibilidade de disputar o título mundial dos médios, versão Associação Mundial de Boxe.

O medalha de prata em Londres-2012 luta neste sábado, em Los Angeles, diante do mexicano Norberto Gonzalez. Em caso de vitória, o brasileiro volta a se apresentar dia 11 de novembro, na Califórnia.

Com dois triunfos, Esquiva alcançaria a marca de 19 vitórias consecutivas e, segundo o conselheiro Sergio Batarelli, teria a promessa da empresa Top Rank de encarar o japonês Ryota Murata pelo cinturão mundial.

Primeiro, Murata precisa vencer a revanche contra o camaronês Hassam N’Dam de quem perdeu em Tóquio de forma muita discutida, por pontos, em 20 de maio. Os dois voltam a se enfrentar na capital japonesa em 22 de outubro.

“Se Murata e Esquiva vencerem suas lutas a Top Rank prometeu a luta”, disse Batarelli. “E poderá ser no Brasil.”

Esquiva e Murata são velhos conhecidos. Eles se enfrentaram duas vezes, sempre com vitória do japonês. A primeira foi na semifinal do Mundial de 2011. A segunda na disputa da medalha de ouro nos Jogos de Londres, quando o boxeador oriental venceu de forma polêmica por apenas um ponto.

Nesta sexta-feira ocorreu a pesagem para a luta entre Esquiva x Gonzalez. Os dois pugilistas pesaram o limite da categoria dos médios: 72,575 quilos.

O SporTV transmite a luta ao vivo a partir das 20h55.



MaisRecentes

Cala a boca, McGregor!!!



Continue Lendo

Yamaguchi e Esquiva sobem no ranking. Patrick é 28º



Continue Lendo

Maguila x Quebra-Ossos: 30 anos



Continue Lendo