Saiba o que Tim Duncan tem a ver com a segunda temporada de Demolidor



Sucesso no Brasil ao longo das últimas semanas, a segunda temporada de Demolidor, série sobre o universo de heróis da Marvel criada para a Netflix, tem o Justiceiro como parte do enredo. Velho conhecido dos fãs de quadrinhos, o personagem tem Tim Duncan como fã mais famoso.

O astro do San Antonio Spurs, que está na NBA desde 1997 e nunca deixou de participar dos playoffs da liga – a partir de sábado, começará sua 19ª campanha na pré-temporada –, usa em seu joelho esquerdo um acessório com a caveira que é símbolo do Justiceiro.

Além disso, em uma das tradicionais festas à fantasia que os jogadores da NBA atendem na época do Halloween, o ala-pivô foi vestido como o herói.

A idolatria fez com que Duncan fosse personagem de uma participação especial nos quadrinhos da Marvel. Além de jogador de basquete, o ala-pivô é dono de uma oficina mecânica chamada BlackJack Speed Shop. Por isso, o ídolo do Spurs aparece “dando um trato” no carro do Justiceiro.

Nos quadrinhos, Duncan entrega chave do carro ao Justiceiro (Reprodução/Facebook/BlackJack Speed Shop)

Nos quadrinhos, Duncan entrega chave do carro ao Justiceiro (Reprodução/Facebook/BlackJack Speed Shop)

Na temporada, Duncan tem médias de 8,5 pontos e 7,3 rebotes em 25 minutos por exibição. Com ele, o Spurs está garantido nos playoffs como segundo melhor time da NBA e da Conferência Oeste, atrás apenas do Golden State Warriors. Assim, espera a definição de seu adversário na primeira rodada – Portland TrailBlazers, Memphis Grizzlies e Dallas Mavericks podem terminar a fase de classificação em sétimo.

No último jogo do Spurs, domingo, em casa, justamente contra o Warriors, Duncan foi poupado pelo técnico Gregg Popovich. O time californiano venceu por 92 a 86 e igualou o número de vitórias do Chicago Bulls de 1995/1996, equipe de melhor campanha da história da NBA.



MaisRecentes

Slam Dunk Contest trinta anos depois



Continue Lendo

Cristiano Felício aproveita caos do Bulls



Continue Lendo

Érika acha um lar adequado na WNBA



Continue Lendo