Jogo das Estrelas e as opções da Seleção



Se a Olimpíada do Rio de Janeiro marcou o fim do ciclo de uma geração na Seleção Brasileira masculina de basquete, as primeiras pistas da montagem dos próximos elencos podem estar em quadra neste domingo, no Jogo das Estrelas do NBB, que acontece no Ginásio do Ibirapuera, em São Paulo, a partir das 10h. Dos 12 escolhidos para o time NBB Brasil, que enfrenta o NBB Mundo na partida festiva, quatro têm idade para servir a equipe nacional por um bom tempo: Davi, Deryk, Georginho e Lucas Mariano.

Dos quatro, três são armadores. Davi, do Basquete Cearense, tem 25 anos de idade e médias de 14,8 pontos, 5,5 assistências e cinco rebotes em 32 minutos por exibição na temporada. Deryk, do Brasília, tem 22 anos de idade e médias de 11 pontos e três assistências em 28,9 minutos por exibição na temporada. Georginho, do Paulistano, por fim, tem 20 anos de idade e médias de 12 pontos, 4,3 assistências e 4,3 rebotes em 27,7 minutos por exibição na temporada.

Quem acompanha a Seleção imagina que o trio seja opção para a posição 1 ao lado de e Rafael Luz, do Laboral Kutxa (ESP), e Raulzinho, do Utah Jazz (ESP). Como o segundo não joga como armador clássico, assim como Deryk, pode-se imaginar até mesmo cenários em que mais de três destes cinco sejam convocados de uma vez.

O quarto dos jovens brasileiros do Jogo das Estrelas é Lucas Mariano, pivô do Brasília, que tem 23 anos e médias de 17,4 pontos e 6,5 rebotes em 28,3 minutos por exibição na temporada. O jogador pode se tornar uma das principais opções de garrafão para a Seleção nos próximos anos, mas é de se imaginar que Augusto Lima, do Zalgiris Kaunas (LIT), Cristiano Felício, do Chicago Bulls (EUA) e Lucas Bebê, do Toronto Raptors (CAN), estejam em vantagem.

Dois dos quatro brasileiros mais jovens do Jogo das Estrelas já despertam interesse de times importantes do exterior. Destaque para Georginho, que pode tentar a sorte no Draft da NBA neste ano. Boston Celtics, Brooklyn Nets, Dallas Mavericks, Houston Rockets, Los Angeles Lakers, Milwaukee Bucks, Oklahoma City Thunder e Philadelphia 76ers já enviaram representantes para observá-lo. Lucas Mariano, por sua vez, pode ganhar uma oportunidade na Summer League, assim como Lucas Dias, ala do Paulistano.

Mogi, ala-armador que também joga no Paulistano, e Michael Uchendu, pivô do Bauru, completam a lista de jogadores do NBB que estão no radar de franquias da NBA.



MaisRecentes

Tiago Splitter joga para garantir futuro



Continue Lendo

MVP pode sair das mãos dos favoritos



Continue Lendo

Dawn Staley e o Dia Internacional da Mulher



Continue Lendo