Janeiro trará importantes definições no basquete olímpico



Os fãs de basquete esperam duas importantes definições no começo de 2016. No próximo dia 19 de janeiro, a Federação Internacional de Basquete (Fiba) vai divulgar os países-sedes dos Pré-Olímpicos feminino e masculino, que vai decidir os últimos classificados para os Jogos do Rio. Oito nações se inscreveram e vivem a expectativa do anúncio oficial.

O torneio feminino, que será disputado entre os dias 13 e 19 de junho, tem França e Espanha como candidatas a sede. Além das duas nações, Belarus, Turquia, Argentina, Cuba, Venezuela, Camarões, Nigéria, China, Coreia do Sul e Nova Zelândia vão participar do torneio, que dará cinco vagas olímpicas.

Brasil, Estados Unidos, Sérvia, Canadá, Austrália, Japão e Senegal são as sete seleções já classificadas para os Jogos Olímpicos deste ano na chave feminina.

No masculino, as coisas serão um pouco diferentes. O pré-olímpico será dividido em três torneios, que serão simultaneamente disputados entre os dias 4 e 10 de julho. O campeão de cada chave vai carimbar sua vaga no Rio.

Além das 15 nações classificadas para o Pré-Olímpico via torneios continentais, os três países sedes se juntarão à disputa. República Tcheca, Alemanha, Itália, Filipinas, Sérvia e Turquia querem sediar o torneio classificatório para o Rio.

Caso uma seleção já classificada seja escolhida como sede, um país de seu continente será puxado para o Pré-Olímpico de acordo com sua colocação no último torneio local.

França, Grécia, Sérvia, Itália, República Tcheca, Canadá, México, Porto Rico, Angola, Tunísia, Senegal, Filipinas, Irã, Japão e Nova Zelândia são as seleções que já estão garantidas na chave masculina da Olimpíada. Ou seja: italianos, tchecos e filipinos podem acabar classificando novas equipes.

As outras seleções que já garantiram classificação para os Jogos são Estados Unidos, Brasil, Austrália, Nigéria, Venezuela, Argentina, Espanha, Lituânia e China.

A escolha das sedes e a divisão das equipes serão fatores decisivos para que nível da disputa seja determinado.



MaisRecentes

Tiago Splitter joga para garantir futuro



Continue Lendo

MVP pode sair das mãos dos favoritos



Continue Lendo

Jogo das Estrelas e as opções da Seleção



Continue Lendo