Insatisfeito, pivô do Houston Rockets pode aquecer o mercado da NBA



A primeira grande movimentação do mercado na temporada 2013/2014 da NBA vem do Texas. De acordo com reportagem do jornal americano Houston Chronicle, o pivô Omer Asik, do Houston Rockets, está insatisfeito por ter perdido seu posto no quinteto titular da equipe e pediu para ser trocado. Dada a perícia defensiva do turco, certamente não deve demorar até que interessados comecem a pipocar.

Asik não está feliz como reserva (Foto: AFP)

Asik não está feliz como reserva (Foto: AFP)

Asik perdeu a vaga de titular por conta da chegada de Dwight Howard, talvez o pivô mais badalado da NBA. O sistema ofensivo do Rockets – que, como já explicado no blog, procura apenas arremessos de três pontos ou no aro, como bandejas e enterradas – funciona melhor com quatro homens abertos e apenas uma presença física no garrafão. O técnico Kevin McHale ainda tentou fazer adaptações no quinteto inicial para testar os dois juntos, mas não achou que os benefícios na defesa e nos rebotes tenham sido o bastante.

Assim, o turco, sem aceitar seu papel como apenas um reserva para os poucos minutos que sobram no descanso de Howard, já pensa em deixar Houston. E certamente tem mercado para isso graças à sua presença defensiva. Nesta temporada, de acordo com dados disponíveis no site oficial da NBA, Asik fez seus oponentes acertarem apenas 36,8% de seus arremessos feitos perto do aro. A marca o colocaria entre o sexto melhor entre os titulares da liga na sua posição. Compare na lista abaixo:

01. Larry Sanders (Milwaukee Bucks) – 25,0%
02. Tiago Splitter (San Antonio Spurs) – 26,8%
03. Joakim Noah (Chicago Bulls) – 30,6%
04. Brook Lopez (Brooklyn Nets) – 31,7%
05. Roy Hibbert (Indiana Pacers) – 33,8%
06. Kendrick Perkins (Oklahoma City Thunder) – 38,5%
07. Nikola Pekovic (Minnesota Timberwolves) – 38,9%
08. Miles Plumlee (Phoenix Suns) – 40,0%
09. Tyson Chandler (New York Knicks) – 40,5%
10. Pau Gasol (Los Angeles Lakers) – 44,4%
11. Al Horford (Atlanta Hawks) – 44,6%
12. Andrew Bogut (Golden State Warriors) – 45,0%
13. Jason Smith (New Orleans Pelicans) – 46,0%
14. Spencer Hawes (Philadelphia 76ers) – 46,3%
15. Dwight Howard (Houston Rockets) – 47,4%
15. Robin Lopez (Portland TrailBlazers) – 47,4%
17. Marc Gasol (Memphis Grizzlies) – 47,7%
18. Jonas Valanciunas (Toronto Raptors) – 48,4%
19. Andre Drummond (Detroit Pistons) – 50,0%
19. Enes Kanter (Utah Jazz) – 50,0%
21. Samuel Dalembert (Dallas Mavericks) – 52,5%
22. Nikola Vucevic (Orlando Magic) – 52,6%
23. J.J. Hickson (Denver Nuggets) – 54,5%
24. DeMarcus Cousins (Sacramento Kings) – 56,9%
25. Chris Bosh (Miami Heat) – 58,5%
26. Anderson Varejão (Cleveland Cavaliers) – 58,8%
27. DeAndre Jordan (Los Angeles Clippers) – 61,1%
28. Kelly Olynyk (Boston Celtics) – 62,0%
29. Marcin Gortat (Washington Wizards) – 62,8%
30. Al Jefferson (Charlotte Bobcats) – 65,4%

(Algumas observações precisam ser feitas sobre a lista. Líder, Sanders está machucado e disputou apenas duas partidas na temporada. Jefferson, o lanterna, se recuperou recentemente de lesão e só entrou em quadra três vezes. Ou seja: a amostragem dos dois é ainda menor do que a dos demais neste início da campeonato, e seus números podem sofrer alterações drásticas – o que valoriza ainda mais a posição do brasileiro Tiago Splitter. Seu compatriota Vitor Faverani, jogador do Celtics, perdeu seu posto como titular recentemente, mas estaria em décimo na classificação, com 44,3%).

Quando penso em possíveis destinos para Asik, a primeira possibilidade que me vem à cabeça é o Dallas Mavericks, também do Texas. O time foi campeão da temporada 2010/2011 com um sistema defensivo montado pelo técnico Rick Carlisle que dependia bastante da presença de Tyson Chandler no garrafão. Depois da saída do pivô, Chris Kaman e Samuel Dalembert, atual titular da posição, não tiveram o mesmo sucesso como âncoras do time.

Mas quem oferecer em troca? O Mavs poderia pensar em ceder Shawn Marion, promovendo o jovem Jae Crowder ao posto de ala titular, mais o novato Ricky Ledo. Assim, o Rockets ganharia mais um defensor de perímetro, que seria útil especialmente com Chandler Parsons fora da quadra, e poderia trabalhar o prospecto para ser um ala-armador de ofício reserva, algo que não existe atualmente no elenco.

No Twitter, Matheus Rodrigues e Thiarles Pedroso também sugeriram uma transação com o New Orleans Pelicans envolvendo Ryan Anderson. Para o Rockets seria ótimo: o ala-pivô e Howard produziram, juntos, 36,7 pontos e 22,2 rebotes por jogo no Orlando Magic da temporada 2011/2012 e foram os dois cestinhas daquele time, provando que se dão muito bem quando escalados juntos no garrafão.

O Pelicans, por sua vez, certamente teria um pivô melhor do que Smith para jogar ao lado de Anthony Davis no garrafão do time. Por outro lado, a equipe tenta atualmente apenas 12,3 bolas de três pontos por jogo, menor marca da NBA. Ceder seu melhor arremessador pode gerar problemas no espaçamento da quadra no futuro, principalmente com a utilização de dois jogadores de presença física no garrafão.

E vocês? Acham que Asik deve ir para qual time? Comentem!



  • Asik é um jogador confiável de garrafão para atuar mais de vinte minutos por um time, mas com Dwight o rockets não precisa mais do turco e ver os dois jogando juntos é triste, batem cabeça no atque o tempo todo, acho que pra uma troca a melhor opção é tentar trocá-lo com o mavericks que tem o Dalembert pra jogar com o nowitzki mas ele cansa rápido e só joga bem os primeiros quartos do jogo, Asik tem muito mais preparo físico que Dalembert…

MaisRecentes

Tiago Splitter joga para garantir futuro



Continue Lendo

MVP pode sair das mãos dos favoritos



Continue Lendo

Jogo das Estrelas e as opções da Seleção



Continue Lendo