Discussão sobre calendário da NBA volta após lesão de Bledsoe



Melhor jogador do Phoenix Suns, Eric Bledsoe não vai mais jogar basquete nesta temporada. Por conta de uma lesão no menisco do joelho esquerdo, o armador teve de ser operado e não poderá retornar às quadras da NBA antes do início da temporada 2016/2017. A lesão reforça uma tendência dos últimos campeonatos e reacende uma antiga discussão em relação à liga profissional americana: a desgastante temporada regular.

Na fase de classificação, cada time joga 82 jogos. Depois de tudo isso, classificam-se para os playoffs 16 das 30 equipes. Parece muito para que menos da metade das equipes fique pelo caminho, certo? Se todos se enfrentassem em turno e returno, esse número cairia para 58 partidas, e, com um bom gerenciamento, ainda seria possível ter duelos de qualidade todo dia para satisfazer as televisões locais.

O Suns é uma equipe sem muitas pretensões na temporada. Mas os dois melhores times do campeonato até aqui também já tiveram seus astros afastados por conta de lesões: Stephen Curry, do Golden State Warriors, e Tim Duncan, do San Antonio Spurs, não estiveram em quadra nos últimos compromissos de suas equipes no ano passado.

O time texano, aliás, tem um treinador que protesta sem maiores pudores contra a desgastante temporada. Gregg Popovich costuma poupar seus astros – especialmente os experientes Tony Parker, Manu Ginobili e Tim Duncan – quando sua equipe tem de jogar duas partidas em dias consecutivos. Coincidentemente ou não, quase sempre preserva seus astros do duelo que seria transmitido em rede nacional, fazendo o interesse pelo confronto despencar.

No ano passado, o incontestável Warriors foi campeão com merecimento depois de sobrar na temporada regular e nos playoffs. Mas as lesões de jogadores importantes como Chris Paul, Kyrie Irving, Mike Conley e Kevin Love fez com que a pós-temporada fosse menos divertida do que poderia ter sido. Talvez seja hora da NBA repensar seu calendário para permitir que suas estrelas cheguem saudáveis com maior facilidade na hora que mais importa.



MaisRecentes

NBB é case para Atlético-PR, Coritiba e CBV



Continue Lendo

Slam Dunk Contest trinta anos depois



Continue Lendo

Cristiano Felício aproveita caos do Bulls



Continue Lendo