Convocação premia a boa temporada de Raulzinho



Crescendo mês a mês, Raulzinho foi recompensado pela temporada sólida que faz pelo Utah Jazz. Na quarta-feira, a NBA anunciou que o brasileiro fará parte do Desafio de Estrelas Ascendentes, evento do Fim de Semana das Estrelas que coloca em ação jogadores que estão no primeiro ou segundo ano na liga.

Raulzinho será um dos armadores do time internacional, que contará ainda com Emmanuel Mudiay, Bojan Bogdanovic, Mario Hezonja, Andrew Wiggins, Nikola Mirotic, Kristaps Porzingis, Dwight Powell, Clint Capela e Nikola Jokic. A equipe americana, por sua vez, terá D’Angelo Russell, Elfrid Payton, Marcus Smart, Jordan Clarkson, Zach LaVine, Rodney Hood, Jabari Parker, Nerlens Noel, Jahlil Okafor e Karl-Anthony Towns.

A convocação premia uma temporada sólida e de evolução constante de Raulzinho na NBA. Ninguém duvidava do potencial do jovem, de apenas 23 anos de idade. Mas poucos imaginavam que ele já chegasse assumindo o papel de titular – o que foi possível por conta da grave lesão do australiano Dante Exum, que se machucou jogando por sua seleção antes do início da temporada e ainda não voltou.

Aproveitando-se do espaço deixado por Exum e da dificuldade que Trey Burke tem para deslanchar, Raulzinho vai, aos poucos, se adaptando à NBA e se entrosando com os colegas. Após passar 16,8 minutos por jogo em quadra em novembro e 17,1 em dezembro, o brasileiro agora joga 22,3 por partida. No mês, os números de arremessos (6,1), arremessos de três (2,4), lances livres (1,1) e assistências (2,7) por jogo são os maiores de sua carreira na liga até aqui. Provas da evolução do armador, que fez por merecer sua presença no evento.



MaisRecentes

Jogo das Estrelas e as opções da Seleção



Continue Lendo

Dawn Staley e o Dia Internacional da Mulher



Continue Lendo

Marcelinho Huertas e o azar na NBA



Continue Lendo