Basquete pode copiar o futebol, mas desvalorizar seleções. Entenda!



Foi anunciada na quarta-feira pela Federação Internacional de Basquete (Fiba) uma medida polêmica em relação a uma das principais competições de seleções. A partir da próxima Copa do Mundo, marcada para 2019, o sistema classificatório se dará por meio de janelas nos campeonatos nacionais para jogos, como acontece no futebol com as datas Fifa, e não mais por meio dos torneios continentais.

De acordo com a Fiba, a mudança se dá, principalmente, para aumentar a visibilidade das seleções em seus países. Com o novo sistema, as equipes nacionais vão jogar constantemente diante de suas torcidas, o que acontece com somente uma nação continental por janela. Na opinião da entidade, a medida será benéfica por isso.

As Olimpíadas, por outro lado, seguem com seu sistema de classificação por meio de torneios continentais no ano que as antecedem.

O problema é que, diferentemente do acontece no futebol, as principais ligas de basquete do mundo não são geridas por entidades subordinadas à Fiba, e sim por ligas independentes de clubes. É quase impensável que as americanas NBA e NCAA, por exemplo, topem adaptar seu calendário e liberar seus jogadores nas janelas para seleções. E a própria Euroliga não parece, em primeiro momento, disposta a tomar tal atitude.

Com isso, os classificatórios para a Copa do Mundo devem, caso o sistema seja mesmo implantado, acontecer sem a presença dos principais jogadores do planeta. Além disso, os torneios continentais que os antecedem perdem valor por deixarem de dar vaga para a competição e devem ser esvaziados.

Por isso, a Fiba tem de pensar bem se pretende levar a ideia, apresentada aos jornalistas que cobrem o Eurobasket, adiante. Se considera as seleções seu principal produto, a entidade pode dar um grande passo para desvalorizá-las.



MaisRecentes

Jogo das Estrelas e as opções da Seleção



Continue Lendo

Dawn Staley e o Dia Internacional da Mulher



Continue Lendo

Marcelinho Huertas e o azar na NBA



Continue Lendo