Vaivém: saída de José Neto do Flamengo agita mercado do basquete

Vaivém: saída de José Neto do Flamengo agita mercado do basquete



José Neto

Foto: João Pires/LNB

O Flamengo anunciou na tarde desta terça-feira a saída do técnico José Neto — de comum acordo, segundo o clube. Além dele, deixam a Gávea o assistente técnico Rodrigo Carlos e o preparador físico Diego Falcão. Neto conquistou um Intercontinental, uma Liga das Américas, quatro NBBs e cinco estaduais em seis temporadas.

Habituado a mexer bastante na configuração do elenco em todas as janelas — independentemente de título, mas principalmente quando vai mal —, desta vez o FlaBasquete começou a mudança pela comissão técnica. Pesou a escassez de conquistas nas duas últimas temporadas, quando conquistou apenas um estadual (por WO).

Nos últimos meses, a queda precoce na Liga Sul-Americana e a forma categórica como o Mogi das Cruzes/Helbor se impôs na semifinal do NBB Caixa 10 foram o sinal do fim do ciclo.

Para atender a suas ambições, o Flamengo vai com oferta generosa para cima de algum nome de peso para o comando técnico, o que agita desde já o mercado basqueteiro, mesmo antes do fim do NBB.

Curta o BASQUETE BRASIL no Facebook:

Recém-eliminado do NBB, após um estupendo trabalho ajustando um elenco que sofreu com desfalques, Demétrius Ferracciú, do Sendi/Bauru Basket, já está com o nome no centro das especulações. Gustavinho De Conti certamente estará também, mas está focado na decisão do NBB — Guerrinha, o outro finalista, já renovou com Mogi.

Seja qual for a movimentação das peças, José Neto se torna nome forte para ocupar um lugar que vagar. Exemplo: se Gustavinho fosse para o Fla, Neto caberia no Paulistano, onde já trabalhou no início da carreira e onde o próprio De Conti foi seu auxiliar. Outro nome interessante para se encaixar em algum clube é Régis Marrelli, solto no mercado desde que o Universo/Vitória entrou em conflito.

Essa dança das cadeiras pode ser menor se o Flamengo optar por um estrangeiro — Sergio Hernández (ex-Brasília e seleção argentina) já circulando nos bastidores, segundo o Café Belgrado.

O desenvolvimento dessa dinâmica toda depende da pressa rubro-negra. Pelo anúncio da saída de Neto acontecer um mês antes do fim do contrato, o clube parece estar ansioso. O certo é que o mercadão do basquete começou pra valer.