Tradução



– Eu não dou a mínima atenção para a seleção… Você gosta?

– Eu? Não ligo… faz tempo que nem me interesso mais. Nem em Copa do Mundo.

– É, eu também. Nesta última até assisti um pouco dos jogos, achei que o Brasil tinha boas chances, mas o time ficou… sei lá, meio estranho, insistiu muito pelo lado esquerdo.

– Também achei. Se bem que era natural, né? Com o Philippe Coutinho e o Neymar por ali. O que atrapalhou mesmo foi a ausência de um centroavante… o Tite tinha que ter levado um camisa nove.

– Claro, claro… e outras coisas também influenciaram. O Renato Augusto e o próprio Neymar não estavam nas melhores condições, e o time sentiu as mudanças que foram feitas na Copa.

– Falou tudo! O time das Eliminatórias era muito melhor! Era mais seguro no meio de campo, e a mobilidade do Neymar ajudava o Gabriel Jesus, que acabou fazendo uma Copa meio decepcionante.

– Você acha que ele volta?

– Ah, tem que voltar. O Tite disse que vai convocá-lo de novo…

– Nossa… e esse último amistoso contra El Salvador, você viu? Eu até ia assistir uma série, mas o jogo começou naquele gramado horrível…

– (interrompe, em voz mais alta) O que era aquilo?! Como podem levar a seleção brasileira para jogar num campo desses? Que absurdo… vergonha! Quando eu troquei de canal e vi aquilo, não acreditei. Chamei a minha mulher para mostrar e até ela, que não gosta de futebol, ficou impressionada…

– Fato. Palhaçada. Os caras da CBF perderam a vergonha, é tudo negócio. Aí levam o time para jogar onde for necessário. O que interessa é o cachê. Mas eu ia colocar a série na TV quando o juiz deu aquele pênalti logo no começo e…

– Você achou que foi? Não foi, né? O Richarlison sentiu o cara chegar e se jogou…

– Não achei, cara, achei que foi um rapa no pé direito dele. Eu marcaria.

– Bom… coitado de El Salvador… a noite já terminou antes de começar. Cinco a zero foi pouco.

– Ridículo, né? Não entendo por que não marcam amistosos contra seleções europeias. O que adianta jogar com esses pangarés? Não vale nada em termos de observação.

– É por causa dessa Liga das Nações que começou agora.

– Ah, tem razão. Esqueci disso. E o Neymar, você viu? Tentou cavar um pênalti num joguinho desses…

– O cara não aprende. Depois de tudo que aconteceu na Copa, toda a repercussão das simulações, ele vai lá e faz a mesma coisa no primeiro amistoso…

– (interrompe) Segundo.

– Segundo o quê?

– Segundo amistoso. O primeiro foi contra os Estados Unidos, na sexta-feira passada.

– Ah, é… Eu ando tão desinteressado pela seleção que me esqueci.



MaisRecentes

Escolhidos



Continue Lendo

Carente



Continue Lendo

Hoje tem



Continue Lendo