No LANCE! de hoje



CUCA ABERTA

O técnico campeão brasileiro de 2016, o homem que conduziu o Palmeiras ao troféu após 22 anos, quer se atualizar. “(…) quero dar uma enriquecida, que não é em jogo, mas em treinamento. Quero olhar Inglaterra, Espanha, Alemanha. Antigamente tinha um sistema de treinamento, mas mudou e a tendência é você ir se aperfeiçoando para trazer um conhecimento maior”, disse Cuca, em entrevista ao SporTV.

Times de futebol jogam como treinam. Essa talvez seja uma das poucas verdades irrefutáveis do jogo. A ênfase em métodos de treinamento – entenda-se essa palavra como o conjunto global de todos os aspectos que preparam uma equipe para a competição – é, cada vez mais, o que separa times de potencial semelhante. O fato de Cuca não se satisfazer com seus sucessos recentes e entender que pode progredir na questão do dia-a-dia é bastante significativo.

A missão de treinadores de futebol é dar aos jogadores as melhores ferramentas que existem para que atinjam sua máxima capacidade, algo que só é possível com trabalho diário específico. Técnicos brasileiros que se aprofundaram nessa área em viagens à Europa, como Tite e Dorival Júnior, se convenceram de que a preparação de equipes está em constante evolução, e que obviamente é necessário acompanhá-la.

Nesse aspecto, as distâncias entre o futebol europeu de elite e o jogo que se pratica no Brasil são menores. Há muito conhecimento a ser absorvido, compreendido e aplicado na rotina de treinamento de clubes brasileiros, desde que, é claro, os profissionais envolvidos tenham essa intenção. Não é por outro motivo que Rogério Ceni, que hoje inicia sua etapa como técnico do São Paulo, escolheu trabalhar com dois assistentes estrangeiros.

A alternativa ao caminho do aprimoramento e do crescimento profissional é dar entrevistas exóticas e insistir na fantasia de que “não há nada de novo” no futebol, como Vanderlei Luxemburgo e Celso Roth fizeram recentemente, propagando ideias obsoletas que ajudam a explicar trabalhos malsucedidos. Com o troféu de campeão brasileiro ainda quente, Cuca tomou uma decisão pessoal que lhe permitirá se afastar por um período. Quando retornar, estará atualizado.

HISTÓRICO

Falando em atualização, que bom saber que o árbitro assistente de vídeo será utilizado no Mundial de Clubes da Fifa, que começa hoje. Colaborando para aumentar as possibilidades de resultados que respeitem o que aconteceu em campo, os testes durante o torneio no Japão serão mais um passo na direção de um futebol mais confiável no que diz respeito às decisões da arbitragem.

(publicada em 8/12/2016, no LANCE!)



  • Magnosama

    Renato Gaúcho discorda.

MaisRecentes

Acordo



Continue Lendo

Futilidade



Continue Lendo

Incoerente



Continue Lendo