Brasil 2 x 1 Colômbia



1 – A formação com dois atacantes pode ter surpreendido os jornalistas colombianos, mas não teve tempo de surpreender o Brasil. O gol de Miranda, no segundo minuto, imediatamente alterou o que Pekerman planejou para o jogo.

2 – Nada poderia ser melhor para a Seleção Brasileira. A vantagem alegrou o público e tranquilizou o time, que antecipava, em condições normais, ter de trabalhar para superar a defesa da Colômbia. Um escanteio, e tudo ficou diferente.

3 – Absoluto domínio brasileiro na meia hora inicial. Da bola e dos espaços. A organização defensiva propiciou recuperação rápida e controle do adversário, com a Seleção jogando no campo colombiano a maior parte do tempo.

4 – Mas o gol contra de Marquinhos não só igualou o marcador como devolveu a dinâmica do encontro ao plano original, em que o Brasil teria de construir seu caminho. Em jogo, o primeiro tempo se caracterizou por uma clara superioridade brasileira, que não se notou no placar.

5 – A principal dificuldade seria manter a pressão ofensiva e proteger o contra-ataque. O Brasil tinha chegado à área colombiana trocando passes em três ocasiões, quando Pekerman mandou Cuadrado ao campo para elevar a ameaça. 

6 – Phillippe Coutinho no lugar de Willian, aos 20 minutos.

7 – Giuliano no lugar de Paulinho, aos 25.

8 – Aos 30, Coutinho e Gabriel Jesus tramaram a jogada que chegou a Neymar, na área, em condições de concluir. O astro exibiu sua qualidade de finalizador nato com um chute cruzado de pé esquerdo: 2 x 1.

9 – Detalhe: o lance foi quebrado pela defesa colombiana, mas a pressão sobre a bola permitiu sua continuidade. 

10 – Boa atuação da Seleção Brasileira. O jogo ficou realmente perigoso a partir dos 15 minutos do segundo tempo, quando a Colômbia passou a ter espaço na intermediária ofensiva para fazer dano. O time merece um elogio por continuar jogando com coragem, e Casemiro, uma vez mais, foi central no trabalho de proteção.

11 – O Brasil concluiu a data Fifa saltando da sexta para a segunda posição nas Eliminatórias Sul-Americanas. 



  • Flávio Tomboly

    Gostei bastante da seleção ontem, só achei que o Willian foi pouco acionado e o Paulinho me pareceu “cansado”, chegando atrasado em alguns lances. O Philippe Coutinho entrou muito bem, deu outra dinâmica ao ataque Brasileiro.

MaisRecentes

Invasões bárbaras



Continue Lendo

Flamengo 1 x 1 Independiente



Continue Lendo

Relíquia



Continue Lendo